Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.941,68
    +51,80 (+0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.463,55
    +320,55 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,07
    +0,98 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.857,30
    +3,40 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    28.987,99
    +189,69 (+0,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    625,79
    -3,71 (-0,59%)
     
  • S&P500

    4.158,24
    +100,40 (+2,47%)
     
  • DOW JONES

    33.212,96
    +575,77 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.585,46
    +20,54 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    20.697,36
    +581,16 (+2,89%)
     
  • NIKKEI

    26.781,68
    +176,84 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.717,50
    +438,25 (+3,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0751
    -0,0429 (-0,84%)
     

6G: nova tecnologia será discutida em evento na Espanha

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Tecnologia já está em desenvolvimento com ajuda de universidades de governos;

  • 6G será discutido durante o evento Mobile World Congress, na Espanha;

  • Principal obstáculo para o 6G tem sido a dificuldade de alcançar longas distâncias de transmissão.

Enquanto a infraestrutura do 5G está sendo construída ao redor do mundo, como aqui no Brasil e nos Estados Unidos, cientistas, autoridades e executivos se encontram para discutir a próxima geração, o 6G.

No dia 28 de fevereiro acontecerá o evento MWC (Mobile World Congress), na cidade de Barcelona na Espanha.

Com grandes empresas presentes, como a Samsung, a Microsoft, a Dell, o Google e a Meta, o evento irá discutir a atual implementação do 5G, seus impactos e as expectativas de realizações com a nova tecnologia.

Mais o que irá chamar mais atenção dos aficionados por tecnologia serão as discussões sobre a transição para a tecnologia 6G, que deve acontecer por volta do ano de 2030.

Atualmente já há laboratórios trabalhando no desenvolvimento do 6G. Por exemplo, na província de Jiangsu, na China, pesquisadores conseguiram uma pela primeira vez uma velocidade de 206,25 Gbps (gigabits por segundo).

Para comparação, a rede 4G atual atinge um máximo de 100 Mbps (megabytes por segundo).

Para que irá servir o 6G?

Ao contrário do que muitos pensam, uma internet mais rápida não terá a função de carregar páginas e sites mais velozmente. A ideia também não é realizar downloads e streamings com menor velocidade.

A ideia por trás do 6G será permitir o desenvolvimento de novas tecnologias que dependem da alta velocidade e baixa latência para funcionar, como telecirurgias, veículos autônomos e o metaverso.

Um dos maiores desafios para o desenvolvimento do 6G está na capacidade das ondas terahertz de alcançar longas distâncias. Apesar de menor velocidade, as ondas milimétricas do 5G conseguem ser transmitidas mais longe.

O teste chinês, por exemplo, só conseguiu uma velocidade tão boa desta forma por ter sido feito em um ambiente controlado. Em larga escala e na vida real, ainda não é possível garantir essas velocidades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos