Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    55.477,37
    -5.170,13 (-8,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

6 estrelas que foram rejeitadas pelo Real Madrid antes de 'explodirem' no esporte

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

O Real Madrid fez excelentes contratações ao longo de sua história, tendo contratado, por exemplo, Zinédine Zidane, Cristiano Ronaldo, Luka Modrić, Toni Kroos, Casemiro e tantas outras feras, isso apenas em um recorte recente das últimas décadas. Porém, os Galácticos também cometeram erros no mercado e em muitos casos por não terem investido. Veja abaixo 6 dos melhores jogadores que os Blancos rejeitaram antes da fama.

6. Eto'o

Eto'o brilhou pelo Barcelona. | Quality Sport Images/Getty Images
Eto'o brilhou pelo Barcelona. | Quality Sport Images/Getty Images

Um dos maiores jogadores africanos de todos os tempos, Samuel Eto'o foi contratado para o Real Madrid no final da década de 1990, mas não agradou e logo foi negociado. Posteriormente, ele fez sucesso no Barcelona e também na Inter de Milão. Uma pena para os madridistas.

5. Marcos Llorente

Sem espaço no Real Madrid, Llorente foi para o Atlético de Madrid. | Denis Doyle/Getty Images
Sem espaço no Real Madrid, Llorente foi para o Atlético de Madrid. | Denis Doyle/Getty Images

Formado no Real Madrid, Marcos Llorente foi emprestado ao Alavés e brilhou, tendo sido uma das revelações da LaLiga. Depois, já com mais moral no Bernabéu, ele foi integrado ao elenco de Zidane, mas não conseguiu convencer e novamente foi negociado. Hoje, aos 26 anos, ele é uma das estrelas do Atlético de Madrid.

4. Gabriel Milito

Gabriel Milito também foi para o Barcelona. | Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images
Gabriel Milito também foi para o Barcelona. | Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images

O Real Madrid encaminhou a contratação de Milito junto ao Independiente, da Argentina, no começo do século, mas o atacante não passou nos exames médicos e o negócio não avançou. De olho no mercado, o matador foi para o Zaragoza e tempos depois fechou com o Barcelona, onde se firmou na Europa.

3. David Silva

David Silva saiu da Espanha para brilhar na Inglaterra. | Eurasia Sport Images/Getty Images
David Silva saiu da Espanha para brilhar na Inglaterra. | Eurasia Sport Images/Getty Images

Grande destaque no Valencia, David Silva foi cobiçado pelo Real Madrid quando tinha apenas 24 anos, mas os rumores de que ele gostava muito de festejar o afastaram do Santiago Bernabéu. Sem os Merengues na corrida, o Manchester City o contratou facilmente e logo viu que fez um excelente negócio.

2. Neymar

Neymar virou ídolo no Barcelona. | Catherine Steenkeste/Getty Images
Neymar virou ídolo no Barcelona. | Catherine Steenkeste/Getty Images

Já pensou? Quando tinha apenas 13 anos, Neymar fez testes no Real Madrid e quase – um contrato chegou a ser redigido – foi parar no Santiago Bernabéu. Contudo, o então presidente do Santos, Marcelo Teixeira, não gostou da ideia e depositou R$ 1 milhão para o pai do camisa 10 para que ele continuasse na Vila Belmiro.

1. Pedri

Pedri foi rejeitado pelo Real Madrid e foi parar no Barcelona. | David Ramos/Getty Images
Pedri foi rejeitado pelo Real Madrid e foi parar no Barcelona. | David Ramos/Getty Images

O caso mais recente: Pedri. Aos 18 anos, o meia-atacante é visto como uma das maiores promessas da Espanha na atualidade, no entanto, o cenário não era tão favorável para ele tempos atrás, sobretudo quando foi rejeitado pelo Real Madrid: "Disseram que não tinha o nível, me levaram a um escritório e me disseram", revelou o atleta no ano passado. Hoje, no Barcelona, o jovem vem se destacando.