Mercado fechado

Black Friday | 6 dicas para fazer boas compras sem arrependimento

A aproximação da Black Friday traz uma expectativa de aquecimento da economia, devido ao aumento do número de compras, estimulado pelas ofertas que abrangem diversas categorias de produtos. Pela perspectiva do consumidor, entretanto, é importante permanecer atento para não cair em promoções falsas. Isso porque há lojas que aumentam os preços dos itens semanas antes do evento, para diminuí-los novamente no dia 25 de novembro.

Alguns cuidados podem ajudar a não cair em falsas promoções. Veja dicas para aproveitar a Black Friday da melhor maneira e sem prejuízos.

6 dicas para fazer boas compras na Black Friday

1. Faça uma lista

O primeiro passo é anotar os produtos que deseja comprar na Black Friday e seguir a lista à risca. “Épocas de promoções podem ser muito boas para o bolso, mas é preciso usar as ofertas com planejamento e organização. Se cumprir a lista e estipular um teto de gastos, não há riscos de endividamento”, diz Rogério Vairo, CEO da Eu Amo Cupons.

2. Pesquise com antecedência

É importante pesquisar os produtos da lista antes da Black Friday. Buscar as lojas que vendem os itens desejados e anotar os preços com antecedência permite ter certeza do desconto. Além disso, usar sites que comparam os valores ao longo do tempo, como o Zoom, é um passo que também pode ajudar a garantir ofertas reais.

Faça uma lista de itens que deseja comprar na Black Friday, pesquise e compare preços (Imagem: Nick Morrison/Unsplash)
Faça uma lista de itens que deseja comprar na Black Friday, pesquise e compare preços (Imagem: Nick Morrison/Unsplash)

3. Busque sites confiáveis

Ao escolher o local da compra, é importante ficar atento ao endereço virtual: veja se não há caracteres diferentes e confira se realmente se trata da página oficial e de um site seguro. Prefira sites em que já tem cadastro e que já tenha comprado antes. “Se for a primeira compra, busque informações sobre a loja nas redes sociais e no ReclameAqui”, ensina Vairo.

4. Aposte em cashback

O cashback permite ter parte do dinheiro pago na compra de volta. Ele pode, então, ser usado para comprar outro produto posteriormente ou até transformado em dinheiro.

5. Lembre-se dos cupons de descontos

Para economizar ainda mais na Black Friday, vale ficar de olho nas plataformas de cupons de descontos, como Eu amo Cupons, Cuponomia, Pelando, entre outros. Além disso, para receber dicas em primeira mão e promoções já “garimpadas” pela equipe do Canaltech Ofertas, você pode participar dos grupos de WhatsApp e Telegram.

Use também cupons de desconto para garantir os produtos desejados na Black Friday (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)
Use também cupons de desconto para garantir os produtos desejados na Black Friday (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)

6. Não esqueça o frete

Algumas lojas podem aumentar o preço do frete para compensar os descontos nos produtos. Por isso, é essencial calcular o valor da logística, para ter certeza de que o desconto está realmente valendo a pena. É importante, ainda, ficar atento ao prazo de entrega, já que a alta demanda pode torná-lo mais longo.

Use as dicas para organizar melhor o seu dia de compras. Com o planejamento prévio e um pouco de pesquisa, é possível conseguir descontos reais e aproveitar a Black Friday de 2022 sem arrependimentos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: