Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    48.137,27
    -6.875,31 (-12,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

6 dicas para fazer boas compras online durante a Black Friday

·2 min de leitura

A aproximação da Black Friday traz uma expectativa de aquecimento da economia. É importante, entretanto, ficar atento para não cair em ofertas falsas. Isso porque algumas lojas passaram a aumentar os preços dos produtos semanas antes da Black Friday para diminuí-los na data — ou seja, os descontos não existem.

Algumas atitudes podem ajudar a evitar ser vítima dessas situações. Veja, a seguir, seis dicas importantes.

1. Faça uma lista

O primeiro passo é anotar os produtos que deseja comprar na Black Friday e seguir a lista à risca a lista. “Épocas de promoções podem ser muito boas para o bolso, mas é preciso usar as ofertas com planejamento e organização. Se cumprir a lista e estipular um teto de gastos, não há riscos de endividamento”, diz Rogerio Vairo, CEO da Eu Amo Cupons, que oferece cupons de desconto em mais de mil lojas virtuais.

2. Pesquise com antecedência

É importante pesquisar os produtos da lista antes da Black Friday. Buscar as lojas que vendem os itens desejados e anotar os preços com antecedência permite ter certeza do desconto.

3. Busque sites confiáveis

URL segura com https (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)
URL segura com https (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Ao escolher o local da compra, é importante ficar atento ao endereço virtual: veja se não há caracteres diferentes e confira se se trata do site oficial. Prefira sites em que já tem cadastro e já comprado antes. “Se for a primeira compra, busque informações sobre a loja nas redes sociais e no ReclameAqui”, ensina Vairo.

4. Aposte em cashback

O cashback permite ter parte do dinheiro pago na compra de volta. Ele pode, então, ser usado para comprar outro produto posteriormente ou até transformado em dinheiro.

5. Lembrem-se dos cupons de descontos

Para economizar ainda mais na Black Friday, vale ficar de olho nas plataformas de cupons de descontos. “Na Eu Amo Cupons, por exemplo, é possível achar cupons para mais de mil lojas virtuais em todo país”, lembra Vairo.

6. Não esqueça o frete

Logística de entrega (Imagem: Reprodução/Pexels/Tima Miroshnichenko)
Logística de entrega (Imagem: Reprodução/Pexels/Tima Miroshnichenko)

Algumas lojas podem aumentar o preço do frete para compensar os descontos nos produtos. Por isso, é essencial calcular o valor da logística para ter certeza que o desconto está realmente valendo a pena. É importante, ainda, ficar atento ao prazo de entrega, já que a alta demanda pode torná-lo mais longo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos