Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,28
    +0,20 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.779,10
    -4,30 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    33.478,42
    +931,60 (+2,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    800,68
    -9,51 (-1,17%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.280,00
    +17,00 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9307
    +0,0109 (+0,18%)
     

6 dedos: Designer faz estudo sobre a utilização de polegar extra nas mãos

·1 minuto de leitura
6 dedos: Designer faz estudo sobre a utilização de polegar extra nas mãos
6 dedos: Designer faz estudo sobre a utilização de polegar extra nas mãos

Um experimento com 36 pessoas testou um terceiro polegar robótico e demonstrou a capacidade do cérebro humano de se adaptar a uma parte do corpo inteiramente nova.

A iniciativa se chama Third Thumb e começou como um projeto de graduação premiado no Royal College of Art em Londres, na Inglaterra.

A designer Dani Clode, que trabalha com projetos de próteses para braços, decidiu explorar as possibilidades de uso de um “polegar extra”..

A criação pode ter benefícios como auxiliar em tarefas repetitivas, difíceis e fisicamente exigentes ou beneficiar as pessoas que perderam permanente ou temporariamente o uso de uma das mãos. Também pode resultar em capacidades e atividades inteiramente novas.

O terceiro polegar é uma extensão de polegar impressa em 3D flexível para a mão, controlada com a ajuda dos pés.

Ao final dos testes, alguns dos participantes relataram que começaram a sentir que o polegar estava se tornando parte de seus corpos. Eles também tiveram os cérebros examinados antes e depois do experimento. Cientistas observaram evidências de plasticidade cerebral ao estudar como as próteses são representadas pelos usuários.

No futuro, a equipe pretende desenvolver um terceiro polegar que seja mais fácil de usar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos