Mercado fechado

6 cuidados para ter com o celular no Carnaval

Nathan Vieira

É evidente que o Carnaval está cada vez mais próximo. As pessoas já estão decorando o samba-enredo da escola do coração, confirmando presença em eventos do Facebook e até pensando em fazer as malas para viajar. No entanto, seja na rua, na praia ou no bloquinho, é importante prestar atenção no celular.

Utilizar o celular no carnaval já foi razão da tristeza de muitos, afinal, multidão acaba atraindo furtos, ou culminando em quedas e até outros tipos de exposições prejudiciais ao aparelho. Tendo isso em mente, trouxemos seis dicas para que você possa ficar com o celular no carnaval sem que haja consequências para o aparelho em questão.

1 - Glíter dentro do aparelho

Quando se pensa em Carnaval, a primeira coisa que vem à mente é o famigerado glíter. Justiça seja feita: é simplesmente delicioso se cobrir de glíter para complementar a fantasia (ou, ainda, improvisar uma) e compartilhar com os amigos para todo mundo ficar colorido e reluzente. No entanto, se for carregar consigo aqueles recipientes pequeninos que contém glíter ou ainda saquinhos com purpurina, evite deixá-los perto do celular.

Isso porque, se o conteúdo vazar, pode ser que entre glíter nos compartimentos do carregador e fone de ouvido, ocasionando na danificação do aparelho. Colocar esses recipientes ou saquinhos em uma necessaire pode ser a solução para não correr o risco de prejudicar o celular (ou de sujar simplesmente todas as suas coisas, o que também não é nada legal).

Se for levar o celular no carnaval, lembre-se de guardá-lo longe do glitter e da purpurina

2 - Exposição solar

Que a exposição aos raios solares pode ser prejudicial para a nossa saúde, todo mundo já sabe, por isso o protetor solar já é peça primordial na bagagem de quem vai viajar para a praia. No entanto, pode ser que você não saiba que o Sol também pode danificar o seu celular. Em época de Carnaval, que faz bastante calor mesmo em regiões longe do mar, vale proteger o celular dos raios UV’s para quem for passar muitas horas ao ar livre.

Acontece que ao ficar muito exposto ao sol, a bateria do celular pode superaquecer e chegar até mesmo a inchar e empurrar a tela, rachando o vidro. Com isso, uma dica é tirar a capinha do celular, por exemplo, para que ela não obstrua a saída de calor. Além disso, quando não estiver utilizando o smartphone, recomenda-se que o deixe guardado na bolsa debaixo da sombra.

Os raios UVs podem representar perigo para quem estiver utilizando o celular no Carnaval

3 - Líquidos

É importante checar o tipo de proteção contra líquidos que o celular possui

Mar e piscina sempre estão muito ligados ao Carnaval. Além disso, não precisa disfarçar: beber durante essa data comemorativa também é ligeiramente comum. Por essas razões, ficar atento à proteção contra líquidos que o seu celular possui pode te livrar de uma encrenca daquelas: os aparelhos com a certificação IP67 ou IP68 apresentam resistência à água doce, mas não, à água salgada, então vale ficar atento ao utilizá-lo perto do mar.

Derrubar o celular na água é um dos acidentes mais comuns em locais com praias e piscinas, e se os procedimentos corretos não forem seguidos, pode ser que o aparelho não tenha recuperação. Caso o aparelho em questão caia na piscina, é necessário mantê-lo desligado e levá-lo para uma assistência. Mas a água salgada é corrosiva e age como um ácido, podendo gerar efeitos que vão além da recuperação de uma assistência. O mesmo vale para bebidas alcoólicas.

4 - Areia

Levar o celular no Carnaval significa tomar alguns cuidados, e na praia eles ficam redobrados

Já que entramos no quesito praia, além do mar, também tem a areia, é claro, e ela não é nem um pouco inofensiva ao aparelho. Se você for curtir o Carnaval na praia, é preciso se atentar em não deixar o celular na areia em hipótese nenhuma, já que ele possui pequenos orifícios, como na entrada de fone de ouvido, saída de som e no conector de carga, que podem ficar entupidos.

Vale lembrar que a areia também pode arranhar a tela do dispositivo. Tendo em mente esse motivo (e o acima, inclusive), optar por uma capa protetora impermeável ou própria para mergulho pode representar uma boa ideia para manter a segurança do celular no Carnaval.

5 - Furtos

Bebedeira, festa e multidão. O Carnaval traz tudo isso junto, e é um prato cheio para quem almeja furtar os desatentos, então não seja um deles: carregue o aparelho sempre consigo, em um lugar que seja de difícil acesso. Bolso de trás? Nem pensar. Além disso, evite ao máximo andar com o celular à mostra em ruas de grande movimento e, principalmente, em transportes públicos.

Se você for tomar uma cerveja com os amigos no bar durante o Carnaval (ou em quaisquer outras ocasiões, para falar a verdade, então já fica a dica), é recomendável que você não deixe o celular sobre a mesa ou balcão, pois isso pode representar um alvo fácil para mal-intencionados. Se você estiver na rua pulando o Carnaval e o seu celular tocar, se possível, entre em um estabelecimento comercial para atendê-lo, assim você poderá conversar mais tranquilamente e não corre riscos.

Muitos aproveitam para furtar celular no Carnaval, por isso todo cuidado é pouco

6 - Quedas

Além dos furtos, outra razão pela qual muitas pessoas acabam voltando para casa sem o celular no Carnaval é a queda. Quando se está no bloquinho, o celular pode cair sem que você perceba, e como tem uma multidão aglomerada atrás do trio elétrico, o empurra-empurra também pode resultar na queda do aparelho, principalmente se no momento você estiver tirando fotos ou gravando.

Levar o celular no Carnaval pode resultar em quedas, graças à multidão, então vale tomar cuidado com isso

Aquela dica de atender o celular só em um estabelecimento e longe da multidão também é válida para esse caso: evitar as quedas. Não deixar o celular em um bolso muito pequeno - e principalmente na cintura, dentro do short, é essencial em ocasiões como o Carnaval. Para evitar que a tela rache com facilidade, vale investir naquelas escolhas de praxe: capinha e película resistentes. O famigerado popsocket também pode ser um aliado para tirar aquela selfie sem deixá-lo cair no momento de muita euforia por parte da multidão.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: