Mercado abrirá em 3 h 34 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,23
    +0,36 (+0,46%)
     
  • OURO

    1.939,50
    -5,80 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    23.026,18
    +59,71 (+0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.792,74
    +21,04 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.131,25
    -20,75 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5204
    +0,0048 (+0,09%)
     

As 6 carreiras mais requisitadas para 2023

Com a transformação digital acelerada, o mercado de trabalho está constantemente se renovando em busca de profissionais adaptados às inovações. Além da valorização de carreiras específicas do ramo, estão surgindo cada vez mais novas profissões para suprir as demandas. Segundo o estudo Projetando 2030, encomendado pela Dell, cerca de 85% das carreiras que existirão em 7 anos, ainda não existem.

Dessa maneira, cabe aos profissionais se manterem atualizados sobre as novas necessidades que surgem no mercado. Para Larissa DeLucca, CEO da Negócios Acelerados e Presidente da Fundação Mulheres Aceleradas, a chave é se manter presente e ficar em dia com os movimentos do mundo empresarial e suas tendências. "Fazer cursos, ler a respeito e procurar por grupos são alguns dos principais meios de acompanhar as constantes mudanças", aconselha.

Para auxiliar pessoas que desejam iniciar uma carreira ou migrar de área, a executiva listou as principais profissões procuradas pelo mercado nos próximos anos. Confira:

6 carreiras mais requisitadas para 2023

Cerca de 85% das carreiras que existirão em 2030, ainda não existem. (Imagem: Pexels/Andrea Piacquadio)
Cerca de 85% das carreiras que existirão em 2030, ainda não existem. (Imagem: Pexels/Andrea Piacquadio)

1. Engenharias

“Sempre se renovando e atualizando, a engenharia acompanha a evolução da sociedade há milênios, sendo responsável por diversas inovações da sociedade moderna", pontua DeLucca.

Atualmente, as profissões mais requisitadas da engenharia são as associadas ao mundo digital, como a engenharia de dados, que cresceu meteoricamente e já está consolidado como uma maneira eficiente de analisar dados de uma empresa.

"Já o Engenheiro de ESG - sigla que estabelece diretrizes de objetivos sociais para empresas - é uma promessa de demanda ainda maior nos próximos anos", revela.

2. Finanças

Segundo a executiva, o Brasil está constantemente abrindo novas empresas — demandando profissionais dos setores de finanças e contabilidade que saibam lidar com as novidades e entendam que, no futuro, o sucesso não estará necessariamente ligado aos lucros.

"Além disso, o consumidor futuro vai exigir outras práticas das empresas, como sustentabilidade e responsabilidade social”, explica.

3. Jurídico

Um levantamento realizado pela Robert Half, empresa especializada em recrutamento, mostrou que os setores que mais empregam juristas no momento são: tecnologia, varejo e e-commerce, serviços, bens de consumo e agronegócio. Conforme explica DeLucca, essa demanda deve crescer ainda mais com a chegada de novos avanços tecnológicos, como o metaverso.

"As dificuldades da internet incentivam a presença de órgãos jurídicos também nessa área, que deve continuar seu crescimento", pontua a executiva.

4. Recursos Humanos

Devido ao aumento da conscientização e percepção sobre assuntos relacionados à saúde mental, a procura por profissionais qualificados na área cresceu exponencialmente. "Em linhas parecidas, colaboradores especializados em onboarding e comunicação interna estão sendo mais requisitados, mostrando a clara procura por quem sabe se comunicar com colaboradores", explica DeLucca.

5. Tecnologia

O mercado de tecnologia se estabeleceu como o mais lucrativo desde o início do século e não saiu mais do topo. As empresas de tecnologia são atualmente as mais valiosas da modernidade, com a Apple sendo avaliada em US$ 1 trilhão — cerca de R$ 5,14 trilhões na cotação atual.

Além disso, diversos setores estão se digitalizando, de maneira que desenvolvedores, programadores e técnicos de TI devem ganhar cada vez mais espaço no mercado.

6. Empreendedorismo

Segundo a executiva, o empreendedorismo passou a ser uma alternativa para milhões de brasileiros "fazerem suas vidas". O setor, que está em constante crescimento no país, exige apenas "uma boa ideia, dedicação e força de vontade para começar seu próprio negócio".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: