Mercado abrirá em 3 h 43 min
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    -0,44 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.765,70
    +9,00 (+0,51%)
     
  • BTC-USD

    47.811,43
    -310,02 (-0,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.221,02
    -12,27 (-1,00%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.056,60
    +29,12 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.515,75
    -2,00 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2050
    +0,0202 (+0,33%)
     

55% dos brasileiros gastam mais do que ganham

·1 minuto de leitura
Real - Brazilian Currency. Money, Dinheiro, Brasil, Reais. A group of Real Banknotes and Real coins on a table.
Pesquisa realizada com a classe trabalhadora mostrou a dificuldade no planejamento financeiro (Getty Image)
  • Pesquisa foi realizada com 700 trabalhadores 

  • Resultado mostrou descontrole no cuidado com as finanças 

  • Dívidas são o principal problema dos entrevistados 

Terminar o mês no vermelho é comum em mais de metade dos lares brasileiros. Uma pesquisa realizada com funcionários de empresas brasileiras mostrou que 55% gastam mais do que recebem. 

Leia também:

Os 700 trabalhadores de 16 companhias revelaram na pesquisa da fintech Leve desconhecimento sobre o uso consciente do dinheiro. Entre os ouvidos, apenas 35% disseram que conseguiriam manter o mesmo estilo de vida caso ficassem sem salário. 

Menos da metade dos entrevistados têm dividas sob controle e um 25% afirmaram ter dividas superiores a valores que conseguiriam quitar. 

Traçar o perfil financeiro da classe trabalhadora foi o objetivo do levantamento. O resultado do estudo mostrou que que os brasileiros têm uma relação conflituosa com o dinheiro gerada pelo descontrole e falta de planejamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos