Mercado abrirá em 3 h 32 min
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,61
    -0,16 (-0,30%)
     
  • OURO

    1.855,80
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    31.785,25
    -583,03 (-1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    642,36
    -34,54 (-5,10%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.671,25
    +32,40 (+0,49%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.546,18
    -276,11 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.413,25
    -62,25 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6920
    +0,0558 (+0,84%)
     

5 youtubers brasileiros que ensinam a desenhar muito mais que boneco de palito

Nathan Vieira
·8 minuto de leitura

Já faz alguns meses que estamos em regime de quarentena, ficando em casa o máximo possível. Com isso, uma boa ideia pode ser aprender algo novo, como desenhar, por exemplo. E é justamente tendo isso em mente que trazemos uma lista com youtubers brasileiros que manjam muito do assunto e podem te ensinar. Acredite ou não, mas o YouTube pode se mostrar como uma enorme sala de aula.

Mariana Cagnin

Quem abre nossa lista de youtubers brasileiros é a ilustradora e quadrinista Mariana Cagnin. Autora dos quadrinhos Vidas Imperfeitas, Black Silence e da webcomic Bittersweet, Mariana ministra cursos online e presenciais, na esperança de poder inspirar artistas e aspirantes. Seu canal já conta com mais de 200 mil inscritos, e é dedicado a produção de conteúdo inspiracional, bem como dicas, tutoriais e processos de desenho e pintura. Em seus vídeos, Mariana ensina desde o básico: como desenhar determinadas partes do corpo, por exemplo. A criadora de conteúdo também realiza lives intituladas "Aulão de desenho".

Conversando com Mariana, descobrimos que ela começou a desenhar quando era criança e, desde aquela época, já gostava de criar personagens e universos, sendo que o desenho era uma forma de colocá-los no mundo. "Sempre consumi muito conteúdo de arte, especialmente no Youtube e em meados de 2013, decidi postar um processo de pintura em aquarela no canal. Lembro de alguns colegas vindo me falar que gostaram do vídeo, que acharam terapêutico e que eu deveria continuar. Desde então nunca mais parei", conta.

Questionada sobre as melhores e as piores partes de ser uma youtuber, Mariana opina: "As principais dificuldades são os algoritmos que limitam demais o alcance dos vídeos, o que acaba desanimando bastante, e ter de lidar com trolls e haters. A melhor parte é poder compartilhar conhecimentos e experiências com o mundo e interagir com o público que me acompanha. Os relatos e mensagens que recebo são o que mais me motiva a continuar".

Já quanto ao cenário brasileiro, Mariana aponta que não só é possível viver como ilustrador no Brasil, como de fato muita gente vive disso. "A desvalorização infelizmente é bem comum no nosso ramo, especialmente quando há pouco incentivo à cultura. As pessoas tratam arte como algo supérfluo e não sabem que praticamente tudo que permeia a vida delas teve mãos de algum profissional criativo, como um desenhista, um fotógrafo, um designer, e por aí vai", diz a artista.

Para Mariana, seja na busca pela profissionalização ou apenas como hobbie, a arte é acima de tudo uma forma de expressão, uma forma de se comunicar com nós mesmos e com o próximo, além da sensação de satisfação de ter criado algo novo. A ilustradora ainda acrescenta que, com a tecnologia e a ascensão da ilustração digital, desenhar se tornou uma tarefa mais prática. "A arte digital traz mais praticidade pra rotina de um ilustrador, mas é um erro comum acreditar que uma ferramenta vai fazer você automaticamente desenhar melhor".

Para quem almeja começar a desenhar, os conselhos da ilustradora são os seguintes: "Determine dias e horários para estudar e mantenha a frequência, pois o desenho se desenvolve com o treino e a prática. Tente não se comparar com outros artistas, pois isso acaba causando muita frustração e cada um teu seu próprio tempo e curva de aprendizado".

VC Desenhos World

O canal VC Desenhos World já une mais de 100 mil inscritos em busca de dicas e ensinamentos. O ilustrador e professor de desenho Victor Carvalho, responsável pelo canal, conta que no começo a ideia era que o espaço no YouTube fosse apenas uma vitrine para divulgar seus serviços de ilustrador, isso lá em 2011. No entanto, depois de postar a primeira aula de desenho, Victor viu seu canal crescer.

Na visão de Victor, é possível viver muito bem sendo ilustrador. "Os desenhistas são muito desvalorizados, mas isso também começa em casa, pela falta de informação, por não ter grandes exemplos de que o desenhista também consegue ter uma boa vida. Quanto à possibilidade de viver sendo desenhista, é que muitos acham que ser desenhista é só sobre aprender a desenhar, e é muito mais sobre empreender do que qualquer outra coisa.

Victor conta que depois que começou a se aprofundar mais nas técnicas, acabou por desenvolver uma percepção diferente para poder, assim, melhorar seus desenhos, mas como efeito colateral, acabou por enxergar uma vida totalmente diferente, e é esse impacto que espera ter com suas aulas. Já em relação à tecnologia e a ascensão da ilustração digital, o professor diz que pode ser sinônimo de benefícios, mas apenas para aqueles que focam em técnicas.

"Além de poder montar um estúdio com investimento relativamente baixo porque com uma tablet por exemplo e um software instalado, eu tenho acesso a todas as cores e materiais que existem no mundo todo, outra coisa é a forma que conseguimos contactar e encontrar novos clientes é totalmente diferente do relacionamento que tínhamos há 10 anos atrás. Hoje, eu não preciso sair de casa com uma pasta debaixo do braço tentando prospectar novos clientes", relata o youtuber.

As maiores dificuldades que Victor percebe que as pessoas têm, para aprender a desenhar, envolvem desistência na primeira tentativa, sobrecarga de informações, pouco tempo investindo na prática e a utilização de técnicas erradas. Aos leitores do Canaltech que querem aprender a desenhar, o criador de conteúdo aconselha definir metas e desenhar todos os dias. "As metas vão te ajudar a traçar caminhos até seu objetivo principal, que é ser um desenhista. Defina uma agenda para bater o maior desafio, desenhar todos os dias e evoluir constantemente".

Caneta & Grafite

Mas se a sua vontade é aprender a fazer especificamente desenhos de moda, croquis e tudo o mais, Caneta & Grafite é o canal certo para te ensinar, uma vez que grande parte do canal é relacionada a esse assunto. O canal é administrado pela designer de moda Raquel Melo, e já une cerca de 160 mil inscritos. Em entrevista ao Canaltech, Raquel conta que seu interesse pelos desenhos surgiu desde muito nova. "Eu adorava ler revistas e gibis, e isso me despertou o interesse e amor pelo desenho. Resolvi criar o canal primeiramente para divulgar meu desenhos. Pouquissimas pessoas sabiam que eu desenhava, e depois vi que faltava conteúdo desse tipo no YouTube", relata.

Na visão de Raquel, trazer conteúdos relevantes com frequência e investir na qualidade dos vídeos são os principais desafios de sua carreira como youtuber. No entanto, é uma profissão qe traz muitos pontos positivos: "Ajudar as pessoas, fazer novos amigos e trabalhar com o que amo", menciona. Já em relação à importância da arte em geral, a designer acredita no seguinte: "A arte nos torna pessoas mais expressivas, que sabem expor as ideias e formas de pensar através dela".

Na visão da artista, a tecnologia ajuda a deixar o trabalho mais descomplicado e confortável, mas de nada adianta ter tecnologia e não saber administrar as técnicas de ilustração para aplicar. Mas de qualquer forma, a youtuber incentiva as pessoas a colocarem o desenho em prática: "Comece! Não espere ter materiais caros, não ache que só 'quem tem dom' é capaz. Todos somos capazes de desenhar! Basta ter foco, persistência e dedicação", aconselha.

Mia GB

Outra youtuber brasileira que pode te ajudar nessa jornada de aprender a desenhar é Mia GB, que trabalha com ilustração, tatuagem e quadrinhos. Seus vídeos envolvem speed drawings, speed paintings, tutoriais e outras coisas relacionadas a arte. Questionada sobre o cenário brasileiro, a youtuber aponta: "Desvalorização existe, mas não pensem que isso é problema do Brasil ou um problema da arte. As indústrias de ilustração, quadrinhos, etc. têm muito espaço para crescer ainda no Brasil, mas já demos grandes passos na última década".

Segundo Mia, a internet também tem ajudado muito os artistas, não só a aparecerem no cenário nacional, mas até para buscarem oportunidades em empresas internacionais que hoje conseguem contratar artistas do mundo todo. "Artistas, olhem para o lado positivo, busquem e disseminem conteúdo nacional de qualidade. A transformação tem que partir da nossa comunidade", indica a ilustradora.

Mia cita que o interesse pela arte já existe, já temos pessoas sonhando com essa carreira e toda uma indústria disposta a pagar por esses artistas. O necessário é gerar a conexão entre ambos e um entendimento de como essa indústria funciona.

Já quanto à relação entre arte e tecnologia, Mia aponta que só o fato de abrir o leque de possibilidades dos artistas já é um grande avanço. "Temos novas ferramentas, novas formas de resolver velhos problemas, novos resultados a alcançar. Em termos profissionais, a internet também revolucionou a carreira dos artistas. Também ampliou os horizontes, abriu portas da oportunidade e criou toda uma comunidade de gente se ajudando, disseminando conhecimento e democratizando os espaços que há 30 anos eram limitados a um grupo muito seleto de pessoas", conta.

Aos leitores do Canaltech que querem começar a desenhar, Mia aconselha ter muita paciência. "Muito iniciante desiste porque não alcança o resultado desejado depois de dois a três meses. É bem fácil de se frustrar vendo artes impecáveis da galera na internet, mas, dificilmente a gente tem acesso aos anos de estudo, os desenhos que deram errado, às pinturas que ficaram feias. Todo artista que você admira um dia esteve no seu lugar, começando, com um longo caminho a trilhar".

Crás Conversa

Encerramos a nossa lista com o canal Crás Conversa, coordenado pelo professor Thiago Spyked. O canal acumula 387 mil inscritos. Entre o conteúdo, o youtuber traz dicas tanto para desenhistas iniciantes quanto aqueles que já têm alguma base. O canal também traz lives mostrando determinadas técnicas de desenho e ainda passa por temas como anime e quadrinhos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: