Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,47
    +0,70 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.863,90
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    29.609,08
    +457,05 (+1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    659,77
    +3,95 (+0,60%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.484,35
    -29,09 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    20.112,10
    -357,96 (-1,75%)
     
  • NIKKEI

    26.694,16
    -53,98 (-0,20%)
     
  • NASDAQ

    11.819,25
    +48,25 (+0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1660
    -0,0062 (-0,12%)
     

5 tipos de investimentos para começar com pouco dinheiro

·4 min de leitura
Listamos 5 tipos de investimentos que permitem investir com baixo custo e risco. Foto: Getty Images.
Listamos 5 tipos de investimentos que permitem investir com baixo custo e risco. Foto: Getty Images.

Muitos brasileiros ainda têm receio de iniciar um investimento. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Reclame Aqui revelou que 71,8% dos entrevistados não aplicam dinheiro. De acordo com o estudo, isso se deve ao perfil mais conservador do consumidor, que apontou alguns motivos para não investir, como: não ter renda suficiente (40,5%), não gostar de arriscar (33,3%), falta de conhecimento (17,1%) e medo de perder dinheiro (9%).

O estudo também mostrou que aqueles que investem, são em sua maioria jovens entre 18 e 30 anos que buscam estabilidade financeira, querem garantir o futuro e acham que o dinheiro rende mais sendo investido do que parado na poupança.

Para quem tem o desejo de investir, mas acredita não ser possível por não ter capital suficiente, há boas opções seguras e rentáveis, que exigem valores iniciais bem abaixo dos altos valores do mercado financeiro. É possível investir a partir de R$ 30, por exemplo, em títulos públicos.

Antes de saber qual a modalidade de investimento mais em conta, é importante organizar as finanças, estabelecer metas de curto, médio e longo prazo, além de definir um valor para ser aplicado mensalmente. Feito isto, estude as possibilidades de investimento que melhor se enquadram na sua realidade financeira. Listamos a seguir 5 modalidades que permitem investir com baixo custo e risco, confira:

  1. Títulos públicos do Tesouro Direto

  2. Fundos de Investimento

  3. CDB

  4. LCA e LCI

  5. Ações no mercado fracionário

Títulos públicos do Tesouro Direto

Os títulos públicos do Tesouro Direto são uma opção acessível, segura e rentável para quem quer começar a investir com pouco dinheiro. Com apenas R$ 30,15 é possível investir nessa modalidade de aplicação financeira. Para investir no Tesouro Direto é preciso ter um CPF regularizado e uma conta em um dos bancos ou corretoras habilitadas. A lista com as instituições pode ser vista no site oficial do Tesouro.

Para esse tipo de investimento, são disponibilizados três papéis: Tesouro Selic que acompanha a variação da taxa básica de juros Selic para indicar o rendimento; Tesouro prefixado cujo rendimento é definido no momento da aplicação; Tesouro IPCA+, papel em que a remuneração é baseada na variação do IPCA (índice que mede a inflação no Brasil) somada a taxa de juros do momento da compra do título.

Fundos de Investimento

Os Fundos de Investimentos são uma excelente opção para quem busca segurança e diversificação para as aplicações. Com R$ 50 é possível investir em um fundo. Diversos investidores se unem para juntar o seu capital e aplicar o dinheiro de forma única. O grupo escolhe um gestor que será responsável por selecionar as melhores opções de investimento com maior rentabilidade.

CDB

Ao lado da caderneta de poupança, o Certificado de Depósito Bancário - conhecido pela sigla CDB - é um dos investimentos mais populares. Trata-se de um título emitido pelos bancos para captar recursos. É uma aplicação do tipo renda fixa e seu funcionamento consiste em o investidor “emprestar” dinheiro aos bancos que irão, a partir do prazo do vencimento do título, devolver a quantia aplicada com um rendimento.

O valor mínimo para começar a investir nessa modalidade varia conforme a instituição financeira. Em bancos de pequeno e médio porte, é possível começar a aplicar com R$ 100. Em instituições maiores, o valor fica em torno de R$ 500.

O CDB apresenta cobrança de Imposto de Renda com base na tabela regressiva. A cobertura do FGC (Fundo de Garantia de Créditos) garante o pagamento do dinheiro aplicado em caso de falência.

LCA e LCI

Funcionando de forma parecida com o Tesouro Direto, as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) e as Letras de Crédito Imobiliários (LCI) são títulos emitidos por instituições financeiras. A vantagem dessas modalidades é que elas são isentas de cobrança de Imposto de Renda.

As LCAs são direcionadas para financiar as atividades do agronegócio e outros serviços relacionados à atividade agropecuária. A rentabilidade pode ser pré fixada, pós-fixada ou híbrida. No caso das LCIs, o financiamento é direcionado para empréstimos que foram realizados por pessoas físicas ou jurídicas para reformar, comprar ou construir imóveis.

É possível dar um valor inicial de aplicação a partir de R$ 500 e ambas as Letras de Crédito contam com a proteção do FGC.

Ações no mercado fracionário

O mercado fracionário é uma alternativa para quem quer investir na Bolsa de Valores mas não possui muito dinheiro. Para aplicar na Bolsa pelo mercado tradicional, é preciso aplicar em lotes de 100 ações. No mercado fracionário, o investidor pode adquirir uma ou mais ações, sem precisar comprar o lote completo.

Essa modalidade de aplicação também garante a diversificação da carteira de investimentos, uma vez que é possível usar o dinheiro para comprar ações de empresas diferentes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos