Mercado fechado

As 5 notícias mais quentes da semana sobre web, redes sociais e apps (13/08)

Para fechar essa semana recheada de novidades, vem aí mais um resumo semanal do Canaltech. A edição de hoje ajudará você a ficar em dia com as notícias mais quentes dos últimos dias.

Neste sábado, vale destacar a treta do CEO do Telegram com a Apple, a possibilidade de esconder o status "Online" no WhatsApp, a ideia de Elon Musk de criar a própria rede social e as novidades da One UI ressaltadas pela Samsung. Confere tudo aí embaixo.

Esconder o status “Online” do WhatsApp

Finalmente, o WhatsApp implementou uma forma de esconder o status “Online” de outras pessoas no aplicativo. A opção de privacidade funcionará seguindo as preferências determinadas pelo “Visto por último”, isto é, visível para “Todos”, “Meus contatos”, “Meus contatos, exceto” e “Ninguém”. A novidade é acompanhada pela "saída discreta" de grupos e o bloqueio de prints em fotos e vídeos autodestrutivos.

O WhatsApp anunciou três novidades que devem incrementar a privacidade no app (Imagem: Reprodução/WhatsApp)
O WhatsApp anunciou três novidades que devem incrementar a privacidade no app (Imagem: Reprodução/WhatsApp)

Pois emojis nunca são demais no Telegram

Nesta sexta (12), o Telegram anunciou que prepara a chegada de emojis animados ao app. A novidade dá mais vida às tradicionais figurinhas da plataforma com animações rápidas e divertidas e pode incrementar sua expressividade no chat de texto.

One UI 5 está entre nós

A versão personalizada do Android 13 da Samsung foi disponibilizada para testes na semana passada e, recentemente, a empresa listou as principais mudanças do sistema. Sem entrar muito em detalhes, algumas delas são os novos “super widgets” para tela principal, melhorias nas Cores Dinâmicas, notificações mais “diretas ao ponto” e configurações refinadas de sons e vibração.

Smart Widgets continuam na One UI 5 — agora, melhores (Imagem: Reprodução/Samsung)
Smart Widgets continuam na One UI 5 — agora, melhores (Imagem: Reprodução/Samsung)

Elon Musk contra o Twitter

Após ter desistido oficialmente de comprar o Twitter, Elon Musk sinalizou que vai querer disputar terreno com a plataforma. Possivelmente chamada “X.com”, a nova rede social provavelmente vai ser regida pelo princípio de “liberdade expressão” tão defendida pelo bilionário. Não há previsão de lançamento e nem uma confirmação de que vai acontecer.

Maçã faz mal?

O CEO do Telegram, Pavel Durov, mostrou para o mundo sua insatisfação contra o sistema de avaliações de apps da Apple. Na quinta (11), o executivo afirmou que teve uma atualização do mensageiro retida por duas semanas devido a “análise” da big tech “sem explicação ou qualquer feedback”.

Apple teria "prendido" uma atualização do Telegram por duas semanas (Imagem: Pixabay/imnamlas)
Apple teria "prendido" uma atualização do Telegram por duas semanas (Imagem: Pixabay/imnamlas)

Vale a pena conferir

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: