Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,38 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,32 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,13
    +0,60 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.790,40
    -7,70 (-0,43%)
     
  • BTC-USD

    23.917,78
    -98,05 (-0,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,15
    -2,76 (-0,48%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,61 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,38 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.663,50
    -17,75 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2318
    +0,0533 (+1,03%)
     

5 motivos para NÃO comprar o JAC E-JS1 EXT

O JAC E-JS1 EXT é lindo, econômico, ágil e invocado. Prova disso é que a reportagem do Canaltech “desafiou as regras” e colocou o compacto elétrico chinês na estrada, mesmo com a recomendação da montadora de que se trata de um carro quase que exclusivamente para uso urbano.

Como toda moeda tem dois lados, no entanto, o modelo da montadora chinesa também tem alguns pontos que podem ser melhorados, além da já citada autonomia. Separamos, então, 5 motivos para NÃO comprar o JAC E-JS1 EXT.

5. Autonomia

Fruto da bateria de apenas 30,2 kW, a autonomia é o ponto fraco do JAC E-JS1 EXT, principalmente se o proprietário for “chegado” a encarar a estrada vez ou outra. Afinal, em rodovias, a tendência do “breca, acelera” é muito menor do que na cidade, e este recurso é um dos que ajudam o carro a regenerar energia.

Por conta disso, a autonomia abre a listinha e vai para a coluna de motivos para NÃO comprar o JAC E-JS1 EXT, versão aventureira do compacto chinês produzido em parceria pela montadora chinesa com a Volkswagen.

JAC E-JS1 EXT roda 302 quilômetros por carga, consumo bom para cidade, mas ruim para estrada (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
JAC E-JS1 EXT roda 302 quilômetros por carga, consumo bom para cidade, mas ruim para estrada (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

4. Velocidade máxima

O segundo ponto que pode pesar na hora de o consumidor definir se compra ou não o JAC E-JS1 EXT é a velocidade máxima. E, mais uma vez, ele está intrinsecamente ligado ao local em que o compacto será utilizado na maior parte do tempo.

A JAC Motors informa que o E-JS1 EXT, assim como a variante normal, tem velocidade máxima limitada eletronicamente a 110 km/h (na descida chegou a 111), tanto por motivos de segurança quanto para preservação da vida útil da bateria.

Em perímetro urbano, até por conta dos limites estabelecidos por lei, o número é mais do que suficiente, mas, em rodovias, a reportagem do Canaltech já sentiu na pele os apuros que a limitação pode causar.

3. Preço do seguro

Assim como no E-JS1, no T40, e em outros carros da JAC Motors, elétricos ou a combustão, o preço do seguro é um sério problema. O E-JS1 EXT não foge à regra e, por isso, tem neste item mais um entre os 5 motivos para você não comprar o carro.

A reportagem fez cotações em três companhias diferentes, e os valores entre R$ 4.875 e, pasmem, R$ 7.432. Vale pontuar, porém, que os preços foram calculados em cima do perfil de um motorista do sexo masculino, acima dos 50 anos e com CEP iniciado em 03. Os valores podem, portanto, ser menores ou maiores do que estes, dependendo do perfil do segurado.

Preço do seguro é um dos 5 motivos para NÃO comprar o JAC E-JS1 EXT (Imagem: Joel Santana Joelfotos/Pixabay)
Preço do seguro é um dos 5 motivos para NÃO comprar o JAC E-JS1 EXT (Imagem: Joel Santana Joelfotos/Pixabay)

2. Ausência de console central

O JAC E-JS1 EXT tem um interior minimalista, e isso pode ser considerado um problema e um dos 5 motivos para NÃO comprar o compacto chinês, principalmente se a pessoa interessada em um compacto elétrico gostar de carregar acessórios com ela.

Afinal, o modelo da JAC não tem um console central com espaço para colocar chaves, óculos escuros, fones de ouvido ou mesmo um pacotinho de balas. O espaço que divide os bancos é formado por um apoio para o braço e por um carregador de celular por indução. Na frente, há dois compartimentos destinados para garrafas ou copos d’água e um outro, pequeno, onde conseguimos encaixar os óculos escuros.

JAC E-JS1 EXT não tem console central para guardar objetos, mas tem dois porta-copos (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
JAC E-JS1 EXT não tem console central para guardar objetos, mas tem dois porta-copos (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

1. Sem Android Auto e Apple CarPlay

Fechando a lista de 5 motivos para NÃO comprar o JAC E-JS1 EXT está a ausência de pareamento da boa central multimídia de 10,25 polegadas com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay. O dono tem a oportunidade de parear o smartphone com a central via Bluetooth, mas sem espelhamento.

Caso queira espelhar o smartphone na tela da central, o proprietário do JAC E-JS1 EXT precisará fazer o download de um aplicativo específico, o Easy Link. Mesmo assim, o aparelho precisará estar sempre na horizontal para que o espelhamento ocupe toda a tela da central do carro.

Central multimídia oferece conexão via Bluetooth com smartphone, mas sem Android Auto ou Apple CarPlay (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
Central multimídia oferece conexão via Bluetooth com smartphone, mas sem Android Auto ou Apple CarPlay (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos