Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,60
    -0,11 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.631,60
    -1,80 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    19.146,61
    +277,59 (+1,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    438,96
    +5,86 (+1,35%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.317,75
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1666
    +0,0690 (+1,35%)
     

5 motivos para NÃO comprar o Jaguar F-Pace SVR

A experiência com o Jaguar F-Pace SVR foi uma das melhores que já tivemos com um automóvel aqui no Canaltech. Mas, claro, temos que passar aos leitores tudo o que cerca ter um carro desse nível, mesmo que seus "defeitos", por assim dizer, não sejam escancarados e sejam meros detalhes.

Por vezes, quem está disposto a pagar quase R$ 800 mil em um carro vai, sim, ser mais criterioso e é com esses olhos que tentaremos trazer aqui alguns pontos de reflexão sobre este SUV maravilhoso. Por isso, veja os cinco motivos para você NÃO comprar o Jaguar F-Pace SVR.

5. Não é um carro para o dia-a-dia

O Jaguar F-Pace é o maior SUV da montadora britânica. Suas medidas são de 4,76m de comprimento, 1,93m de largura e 1,67m de altura, com 21cm de vão-livre do solo. Não tem como reclamar de espaço com ele, principalmente se considerarmos sua distância entre-eixos de 2,87m e o ótimo porta-malas de 650 litros, mas o dia-a-dia com ele requer atenção.

Além de ser um produto extremamente caro e que qualquer arranhão pode custar caro (quem compra um desses não está preocupado com isso, claro), não nos sentimos muito à vontade em todos os estabelecimentos que fomos com ele justamente pela questão do porte, sobretudo a largura. As vagas de garagem em supermercados e shoppings são bem acanhadas para o F-Pace.

Praticidade não é bem uma qualidade do F-Pace (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Praticidade não é bem uma qualidade do F-Pace (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

4. Cansativo

Ser um SUV disfarçado de esportivo cobra o seu preço. O Jaguar F-Pace tem arrancadas vigorosas, mesmo quando nos esforçamos para sair bem de leve. Até aí, tudo bem. Mas o acerto de suspensão claramente não é pensado para as ruas brasileiras. Portanto, vai chacoalhar bastante e, no fim do dia, você vai se sentir meio cansado de dirigir o SUV.

Vale a pena? Claro que vale! Mas outros SUVs de preço e desempenho parecidos conseguem lidar melhor com isso, como o Porsche Cayenne e até mesmo as versões "convencionais" do F-Pace.

Perfil esportivo do SUV lhe prejudica no conforto ao rodar (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Perfil esportivo do SUV lhe prejudica no conforto ao rodar (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

3. Visibilidade traseira

O belo formato do Jaguar F-Pace, que mais lembra um fastback do que propriamente um SUV, exigiu alguns sacrifícios sob a nossa ótica. A visibilidade traseira não é das melhores, tanto que a Jaguar colocou um retrovisor interno com câmera em alta resolução para mitigar esse problema.

Visibilidade traseira do Jaguar F-Pace não é das melhores, mas pode ser contornada com ajuda da tecnologia (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Visibilidade traseira do Jaguar F-Pace não é das melhores, mas pode ser contornada com ajuda da tecnologia (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

2. Cinco lugares?

O ótimo espaço interno do Jaguar F-Pace SVR e inegável, mas há um ponto que nos incomodou. Os excelentes bancos que compõem a versão topo de gama do SUV são "separados", ou seja, é como se cada um tivesse seu próprio assento na fileira traseira — menos o passageiro do meio.

E como o SUV tem tração integral, há um enorme túnel central que passa bem ao centro do carro, limitando, e muito, a presença de mais um adulto por ali. Então, na prática, cinco lugares dentro do F-Pace SVR só se um deles for para uma criança pequena.

Interior do Jaguar F-Pace SVR (Imagem: Divulgação/ Jaguar Land Rover)
Interior do Jaguar F-Pace SVR (Imagem: Divulgação/ Jaguar Land Rover)

1. Consumo

Vamos novamente entrar na seara do "quem compra um carro desses não vai ligar para isso". Mas, temos que passar os números de consumo para quem quiser se aventurar com o maravilhoso V8 Supercharger de 550cv do Jaguar F-Pace SVR. Em nossos testes em circuito urbano, a marca com gasolina não passou de 4,5 km/l, enquanto na estrada fomos até que bem, com 9 km/l. A autonomia, segundo a Jaguar, é de 460km, já que o tanque tem 82 litros.

O concorrente mais próximo, o Porsche Cayenne, oferece a mesma potência, mas com o benefício da motorização híbrida, lhe conferindo consumo absurdo de quase 15 km/l na cidade e 16 km/l na estrada. Há, também, o recém-lançado F-Pace plug-in hybrid, que tem ótimo desempenho e, certamente, consumo bem melhor do que o irmão V8.

O cofre com o motor V8 e a insígnia SVR indicam: prepare o bolso para encher o tanque do Jaguar F-Pace (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
O cofre com o motor V8 e a insígnia SVR indicam: prepare o bolso para encher o tanque do Jaguar F-Pace (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: