Mercado fechará em 5 mins
  • BOVESPA

    110.039,11
    +1.388,06 (+1,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.814,85
    +573,04 (+1,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,69
    +1,19 (+1,31%)
     
  • OURO

    1.805,40
    -6,90 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    23.613,76
    +524,52 (+2,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    556,75
    +25,53 (+4,81%)
     
  • S&P500

    4.207,37
    +84,90 (+2,06%)
     
  • DOW JONES

    33.272,79
    +498,38 (+1,52%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.610,84
    -392,60 (-1,96%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.397,25
    +365,75 (+2,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2409
    +0,0082 (+0,16%)
     

5 motivos para comprar um carro chinês

·3 min de leitura

Se você é daqueles que torce o nariz quando ouve falar que um conhecido resolveu comprar um carro chinês ou que um novo modelo foi lançado no mercado - algo cada vez mais comum atualmente -, então esta lista de 5 motivos para comprar um carro chinês que o Canaltech preparou tem seu nome escrito nela.

Montadoras como JAC Motors, Great Wall Motors, BYD e Caoa Chery são cada vez mais conhecidas pelo público brasileiro, que estão cada vez mais acostumados com a presença delas no mercado. Ainda assim, muita gente ainda se pergunta "por que comprar um carro de uma marca chinesa em vez de uma marca tradicional?". E é justamente para responder a essa pergunta que estamos aqui hoje.

5. Preço competitivo

Os carros no Brasil estão mais caros do que nunca, mas, dentro dessa nova realidade, os com “selo” chinês parecem levar vantagem sobre os concorrentes. Apesar de também terem sofrido reajustes de preços, modelos “completões” das principais montadoras da China às vezes são mais baratos do que versões intermediárias de rivais nacionais.

Carros chineses da BYD chegarão com preços à altura dos rivais (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
Carros chineses da BYD chegarão com preços à altura dos rivais (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

A BYD, por exemplo, chega ao Brasil com dois modelos que o Canaltechteve a oportunidade de andar: o Han, sedã superesportivo; e o Tan, SUV de 7 lugares. Os dois carros elétricos, segundo a marca, terão preços entre R$ 400 mil e R$ 500 mil. Salgados, sem dúvida, mas mais em conta do que similares da Audi, BMW e Mercedes-Benz, por exemplo.

4. Pouca manutenção

Carros chineses, como o E-JS4, não costumam dar muita manutenção (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
Carros chineses, como o E-JS4, não costumam dar muita manutenção (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Assim como os veículos de marcas japonesas, é fato que carro chinês dificilmente quebra. Se o dono for cuidadoso com o carro (e quem gosta, cuida, não é mesmo?), os custos normalmente ficarão restritos às revisões obrigatórias para não perder a garantia.

3. Longa garantia

E por falar em garantia, ela é o terceiro ponto em nossa lista de motivos que provavelmente farão você pensar em comprar um carro chinês no futuro. As marcas que já estão por aqui, como JAC e Caoa Chery, têm no tempo de garantia de fábrica uma atração.

Enquanto a marca chinesa, parceira da Volkswagen no desenvolvimento de carros elétricos, oferece 6 anos de garantia total, sem limite de quilometragem, dá 3 anos de garantia total, tempo que se estende para 5 anos em relação aos problemas no motor e no câmbio.

2. Tecnologia

Central multimídia do BYD Han impressiona pelo tamanho e qualidade (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
Central multimídia do BYD Han impressiona pelo tamanho e qualidade (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Você já viu por aqui que a central multimídia do BYD Han é um show à parte, né? Além de ter um tamanho de tela diferenciado (15,6 polegadas), ela é giratória e tem recursos para comandar praticamente todo o carro por meio do touchscreen.

O Tiggo 7 Pro, que também teve seu lançamento acompanhado pelo Canaltech, é outro SUV com raízes chinesas com muita tecnologia embarcada, com destaque para os pacotes de segurança.

Carros de marca nacional, principalmente, ainda ficam devendo nesse quesito ou, quando disponibilizam parte dessas tecnologias aos clientes, acabam encarecendo demais o preço final do produto.

1. Design

Tiggo 7 Pro apostou em nova identidade visual para conquistar o mercado (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
Tiggo 7 Pro apostou em nova identidade visual para conquistar o mercado (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Se em um passado não muito distante o design de carros chineses, como o Chery QQ (antes da junção com a Caoa) ou o JAC J3 eram questionáveis, o mesmo não pode ser dito dos modelos lançados recentemente e que chegarão em breve ao Brasil.

Tiggo 7 Pro, BYD Han e os futuros modelos da Great Wall Motors, como o Haval H6 Hybrid, não deixam nada a desejar para os carros mais cobiçados das marcas tradicionais, sejam elas nacionais ou europeias, de luxo.

E aí: gostou dos 5 motivos que separamos para você comprar, ou pelo menos pensar em comprar um carro chinês? Faltou algum? Ainda tem dúvidas se vale ou não a pena investir em alguma dessas marcas? Comente conosco em nossas redes sociais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos