Mercado abrirá em 58 mins
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,16
    -0,58 (-0,74%)
     
  • OURO

    1.647,30
    -8,30 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    18.880,51
    -243,37 (-1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    432,57
    -11,96 (-2,69%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    6.977,06
    -41,54 (-0,59%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.309,50
    -67,25 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0742
    -0,0234 (-0,46%)
     

5 motivos para COMPRAR a Fiat Strada Ranch CVT

A Fiat Strada é um acerto estrondoso da Fiat no Brasil e os números comprovam isso. É o carro mais vendido do país em 2022, com 61.942 unidades vendidas até o final de julho. Em termos de volume, obviamente as versões de trabalho são as mais procuradas, mas é nas de passeio que percebemos o quão bom e atraente é esse projeto.

A versão Ranch, lançada no final do ano passado, estreou na linha da picape compacta o câmbio automático do tipo CVT, o mesmo que equipa o SUV Fiat Pulse. Essa transmissão está sempre atrelada ao motor 1.3 aspirado de 107cv e 13,7 kgf/m de torque e deu nova vida ao carro, o tornando, de fato, uma alternativa real à Fiat Toro ou até mesmo a Renault Oroch.

Mas, não é só isso que torna a Strada um carro legal para se ter na garagem. Por isso, o Canaltech separou cinco motivos para você COMPRAR a Fiat Strada Ranch CVT.

5. Design

Conforme abordamos em nossa análise no lançamento da nova geração da picape em 2020, a nova Fiat Strada Ranch CVT está ainda mais bonita com relação à variante Volcano. Novas rodas, cor e adereços a tornaram mais parrudinha e invocada, fazendo jus ao apelido de mini-Toro.

Não foram poucas as vezes em que fomos abordados na rua para saber de qual carro se tratava. O bom vão-livre do solo e a musculatura da picape, além do conjunto óptico Full-LED deram um charme interessante para este bólido, que merece demais a nossa atenção.

A Fiat Strada lembra muito a Fiat Toro em alguns momentos (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
A Fiat Strada lembra muito a Fiat Toro em alguns momentos (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

4. Dirigibilidade e rodagem

Com vão livre do solo em quase 20cm (196mm), a Fiat Strada Ranch CVT nos passou a impressão de, por vezes, estarmos em um SUV. E para quem não quiser comprar um carro desse tipo e se aventurar na picapinha, pode ir sem medo: ela encara a buraqueira da cidade com maestria.

Seu acerto de suspensão é mais voltado ao conforto, mas não é molenga, o que ajuda também em curvas e outras situações de trânsito. Ao final do dia, você não vai ficar cansado de dirigir a Strada. Além disso, seu campo de visão é excelente e passa muita segurança, inclusive em manobras.

Não há dúvidas: o melhor lugar da Strada Ranch, é ao volante (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
Não há dúvidas: o melhor lugar da Strada Ranch, é ao volante (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

3. Consumo

O casamento entre o propulsor 1.3 aspirado de 107cv e 13,7 kgf/m, o mesmo que equipa o Fiat Cronos, Fiat Pulse e Fiat Argo, vai muito bem também na pesadinha (1.235kg) Fiat Strada Ranch CVT. Em nossas medições, ela marcou médias de 9 km/l na cidade e 12 km/l na estrada com etanol. Um absurdo de bom.

Isso acontece porque, além do torque vir relativamente cedo com esse motor, o câmbio CVT que simula sete marchas trabalha de maneira muito fluida, baixando as rotações sempre que necessário. O resultado: esse consumo excelente acima.

Apertar o modo Sport vai atrapalhar o consumo. Não faça isso (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Apertar o modo Sport vai atrapalhar o consumo. Não faça isso (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

2. Caçamba

Equipada de série com uma capota marítima, a Fiat Strada Ranch CVT pode ser transformada em uma espécie de sedã graças a essa cobertura de sua enorme caçamba de 844 litros. Para efeito de comparação, o sedã da marca, o Cronos, tem 521 litros de capacidade no bagageiro.

Com isso, além de ser utilizada no trabalho, a Strada te proporciona uma série de situações vantajosas para viagem e uso cotidiano. Como o espaço na cabine estendida não é dos melhores, use e abuse da caçamba. Há, inclusive, a venda de acessórios que ajudam as suas compras não ficarem indo para lá e para cá dentro dela. Vale a pena.

O volume da caçamba é um atrativo a mais da Strada Ranch, mesmo que ela seja um carro de passeio (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
O volume da caçamba é um atrativo a mais da Strada Ranch, mesmo que ela seja um carro de passeio (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

1. Câmbio Automático CVT

A principal razão para você comprar uma Fiat Strada Ranch CVT é justamente o câmbio automático do tipo CVT que equipa a picape compacta. Essa transmissão, que estreou no Fiat Pulse, é fabricada pela japonesa Aisin e é de extrema confiabilidade, proporcionando viagens tranquilas e confortáveis.

O câmbio automático não apenas transformou a Strada em um carro melhor, como a colocou na rota de compra que pessoas que buscavam SUVs, mas que não precisavam de carros tão grandes e desengonçados. Além disso, seu porte razoável e a caçamba enorme podem fazer com que você a escolha em vez da Toro ou da Oroch.

O câmbio do tipo CVT deu outra vida à Strada (Imagem: Divulgação/Stellantis)
O câmbio do tipo CVT deu outra vida à Strada (Imagem: Divulgação/Stellantis)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: