Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.785,50
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.479,23
    -3.406,41 (-5,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

5 motivos para assistir Maradona: Conquista de um Sonho

·4 min de leitura

Finalmente saíram do forno os primeiros episódios da aguardada série biográfica de Diego Armando Maradona, Maradona: Conquista de um Sonho. O lendário jogador de futebol argentino, apontado por muitos como o maior atleta do esporte de todos os tempos, terá sua história romanceada em 10 episódios no Amazon Prime Video, com metade deles já disponível.

Se ainda há dúvidas sobre se vale a pena ou não se aventurar pelas glórias e desventuras de Dieguito em Maradona: Conquista de um Sonho, aqui vão cinco motivos para você dar o play e conhecer um pouco mais sobre a controversa vida do camisa 10 argentino.

5. Contexto histórico

Um dos pontos que mais chama a atenção da produção do Amazon Prime Video é a contextualização histórica que serve de pano de fundo. A Argentina dos anos 1970 e 1980, assim como boa parte dos países latino-americanos, vivia uma ditadura sob as botas dos militares, o que não foi esquecido pela trama.

Ali é possível ver tanto os esforços da mais recente ditadura argentina para usar o futebol para fins políticos quanto os efeitos nefastos da Guerra das Malvinas na alma do país vizinho. De certa forma, Maradona também foi impactado por isso, portanto seria impensável deixar tais fatos de fora da série.

Juan Cruz Romero é Maradona criança na série (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)
Juan Cruz Romero é Maradona criança na série (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)

4. Imagens reais

Ver os atores que interpretam Maradona gambeteando seus adversários como se a bola estivesse grudada em seus pés parece coisa da ficção. Quem nunca viu vídeos do craque argentino poderia achar que tudo não passa de exagero da série, mas Conquista de um Sonho por vezes usa imagens reais do Pibe de Oro para reforçar que aquilo foi a mais pura verdade.

Assim, em diversos momentos, o que se vê são imagens antigas, de 30 ou 40 anos atrás, que mostram o camisa 10 argentino deixando pencas de rivais para trás e pelo chão rumo a mais um golaço. Além disso, essa escolha acaba por reduzir a estranheza típica das produções televisivas e cinematográficas envolvendo futebol.

O Maradona adolescente é vivido por Nicolas Goldschmidt (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)
O Maradona adolescente é vivido por Nicolas Goldschmidt (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)

3. Caracterização

A série foca em quatro fases da vida de Maradona: a infância na Villa Fiorito e na várzea; a adolescência, quando ele desponta no Argentinos Juniors e realiza o sonho de jogar no Boca Juniors, seu time do coração; a vida adulta, com as desventuras e a glória eterna na Europa e na Seleção Argentina; e a aposentadoria, quando se agravam seus problemas com drogas e sobrepeso.

Nas diferentes etapas, Diego é muito bem representado por Juan Cruz Romero, Nicolas Goldschmidt, Nazareno Casero e Juan Palomino, respectivamente, que conseguem reproduzir os trejeitos, o jeito de falar e até a ginga típicos do craque da Copa de 1986.

Amantes do futebol terão ainda um deleite à parte ao ver na tela reproduções bem fiéis das camisas vestidas por Diego ao longo de sua trajetória futebolística. A produção foi bastante feliz na reconstrução dos mantos de Argentinos Juniors, Boca Juniors, Barcelona, Napoli e, claro da Seleção Argentina.

Nicolas Goldschmidt vive a fase mais gloriosa e conturbada de Diego enquanto atleta (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)
Nicolas Goldschmidt vive a fase mais gloriosa e conturbada de Diego enquanto atleta (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)

2. Montagem

A escolha da produção da série foi a de fazer uma "linearidade não linear”, digamos assim. Ela começa com um evento traumático na vida de Maradona no início dos anos 2000 e então vai intercalando o presente (esse começo do século) com toda a história pregressa do atleta. Isso se mostra um acerto especialmente por retratar um personagem que teve quase toda a vida sempre escancarada em tabloides e jornais de todo o planeta, então acaba dando foco certo às controvérsias. Aliás, esse também é um ponto legal: a série não tenta (ao menos na primeira metade) amenizar a figura de Maradona.

1. Trilha sonora

Existem dezenas e dezenas de canções feitas dentro e fora da Argentina em homenagem a Diego Armando Maradona. A série já começa com uma delas, “Santa Maradona”, da histórica banda francesa Mano Negra, e, apesar de pisar no freio e não lotar a produção com músicas que falam diretamente do craque argentino, não poupa belíssimas canções para contextualizar a obra, seja do ponto de vista histórico e político, seja do ponto de vista cultural.

Maradona: Conquista de um Sonho mostra um grande acerto também na parte musical e soa agradável para quem se liga no aspecto sonoro das produções audiovisuais.

A última fase da vida de Maradona é interpretada por Juan Palomino (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)
A última fase da vida de Maradona é interpretada por Juan Palomino (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)

Bônus: Douglas Silva como Pelé

É quase impossível contar a história de Maradona sem citar o Rei do Futebol, afinal o jogador argentino desde muito cedo foi apontado como “o novo Pelé”, já teve algumas desavenças públicas com o jogador brasileiro, mas ambos sempre prestaram muitas homenagens e comentaram publicamente sobre sua amizade.

Na série, por razões óbvias, a participação do brasileiro é pequena, mas muito bem executada por Douglas Silva (que ficou famoso ao interpretar Dadinho/Zé Pequeno criança no filme Cidade de Deus). A cena do encontro entre Maradona e Pelé é um tanto pitoresca, mas dá o tom certo da relação de carinho que havia entre os maiores jogadores de futebol da História.

Maradona: Conquista de um Sonho está disponível no catálogo do Amazon Prime Video para todos os assinantes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos