Mercado fechará em 1 min
  • BOVESPA

    125.009,80
    -1.136,86 (-0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.227,45
    -13,06 (-0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,05
    +0,14 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.801,90
    -3,50 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    32.284,20
    -101,59 (-0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    780,52
    -13,21 (-1,66%)
     
  • S&P500

    4.411,77
    +44,29 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.060,05
    +236,70 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.106,25
    +177,75 (+1,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1346
    +0,0144 (+0,24%)
     

5 melhores aplicativos para alfabetização

·5 minuto de leitura

O celular é uma ferramenta com muito potencial para ajudar com o ensino infantil. A diversidade de aplicativos e ferramentas interativas atrai a atenção das crianças e rende um tempo de tela educativo. Por isso, celulares e tablets podem ser úteis nos primeiros passos para a alfabetização.

Os aplicativos abordam o alfabeto de diferentes maneiras: registrando o progresso, com gamificação e com exercícios lúdicos para conhecer letras, fonemas e significados. Cada exercício ou atividade também é adaptada para diferentes faixas estárias. Veja, a seguir, opções que podem ser baixadas nas lojas de apps e vão ajudar com a alfabetização infantil!

1. EduEdu

  • Compatibilidade: Android

  • Preço: gratuito

O EduEdu é um aplicativo desenvolvido pelo Instituto ABCD para ensinar língua portuguesa a crianças de 5 a 9 anos de idade. A experiência no app é personalizada e funciona a partir de um teste preparatório para descobrir o nível de conhecimento do aluno. A partir desse momento, os exercícios e materiais de apoio são adaptados para cada situação.

Aplicativo cria uma rotina personalizada para o aprendizado (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Aplicativo cria uma rotina personalizada para o aprendizado (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O aplicativo traz todo o registro do progresso desde o primeiro exercício, personalizando atividades de acordo com o avanço nos estudos. Existem diferentes formas de controle para pais e professores, com acesso rápido aos resultados. Os exercícios são variados e incluem o ensino de letras, rimas, fonemas e interpretação de texto para níveis mais experientes.

A plataforma conta com espaços para ajudar com o uso, como uma guia de tutoriais e outra aba com vídeos educativos. Além disso, disponibiliza uma área socioemocional, na qual crianças e adultos podem comentar sobre os próprios sentimentos.

2. GraphoGame

O aplicativo GraphoGame faz parte do programa Tempo de Aprender, pertencente ao Plano Nacional de Alfabetização pelo Ministério da Educação do Brasil. Adaptado de um modelo finlandês, foi feito em colaboração por cientistas e professores, trazendo ferramentas que auxiliam com o ensino remoto e no desenvolvimento das habilidades de leitura e ortografia para crianças de até 12 anos de idade.

Aplicativo faz parte de projeto do Ministério da Educação (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Aplicativo faz parte de projeto do Ministério da Educação (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Para utilizar o GraphoGame, a criança cria o próprio personagem virtual, utilizado para explorar todas as atividades e locais do mapa 3D do aplicativo. Existem duas experiências diferentes: uma voltada para uso escolar, divididos em sequências que abordam diferentes níveis do aprendizado; a segunda é direcionada ao uso doméstico, com a presença de um mapa aberto para exploração com atividades diversas.

Os exercícios ensinam o uso das letras com fonemas, aplicações em palavras e outros significados. Pais e responsáveis podem monitorar o tempo de uso e acompanhar a evolução com a pontuação em cada atividade e sequência.

3. Bini ABC

  • Compatibilidade: Android, iOS

  • Preço: gratuito com anúncios (R$ 6,99 para removê-los)

O Bini ABC, indicado para crianças de 3 a 6 anos, reúne uma série de jogos com o objetivo de ensinar o alfabeto. A experiência lúdica aborda uma letra de cada vez, com atividades e brincadeiras segmentadas para reforçar o aprendizado.

Pratique brincadeiras envolvendo cada letra (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Pratique brincadeiras envolvendo cada letra (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O aplicativo destaca-se pela variedade de exercícios. Para incentivar a prática da ortografia, é necessário desenhar o formato da letra, que compõe o corpo do personagem virtual. Os jogos envolvem, por exemplo, estourar bolhas com a respectiva letra, montar palavras com letras variadas e associar cada uma delas com um significado através de quebra-cabeças.

O Bini ABC possui um foco maior nos jogos e não oferece tantas ferramentas para monitorar o progresso da criança. A experiência também pode ser afetada pela grande quantidade de anúncios, que podem ser removidos com um pagamento de R$ 6,99 nas lojas de apps.

4. Papumba

  • Compatibilidade: Android, iOS

  • Preço: instalação gratuita com recursos pagos (R$ 25,99 ao mês ou R$ 229,99 ao ano)

O Papumba é um serviço de assinatura de jogos infantis. Com mais de 500 atividades e aplicações diferentes, é indicado para crianças de 2 a 7 anos e possui exercícios para diferentes áreas de aprendizado, incluindo a alfabetização.

Serviço possui mais de 500 jogos voltados para a educação infantil (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Serviço possui mais de 500 jogos voltados para a educação infantil (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

A experiência é personalizada de acordo com cada usuário. Durante a configuração inicial, os pais ou responsáveis precisam informar a idade da criança, quais os objetivos de aprendizado e quais são as atividades favoritas dela, como pintar e colorir ou cantar músicas. A partir disso, o aplicativo separa as principais recomendações para ensinar a alfabetização conforme as brincadeiras mencionadas.

A versão gratuita é limitada para alguns dias de testes. A assinatura completa do serviço garante o acesso a todos os jogos já publicados, remove anúncios e insere novas brincadeiras a cada mês.

5. ABC Dino

  • Compatibilidade: Android, iOS

  • Preço: instalação gratuita com opções pagas (R$ 12,99 para liberar todos os recursos)

O ABC Dino é mais um aplicativo que utiliza jogos e brincadeiras para reforçar o processo de aprendizado. Com o selo de recomendação de professores na Google Play Store, é indicado para crianças entre 3 a 7 anos de idade e envolve exercícios para leitura e escrita.

Avance entre os níveis para aprender (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Avance entre os níveis para aprender (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O app cria uma jornada de aventuras utilizando o mascote Finn em uma batalha contra ogros. Em cada nível diferente, são disponibilizados exercícios para uma etapa específica do aprendizado, como conhecer as vogais ou praticar a escrita de cada letra. Existe também uma área própria de quebra-cabeças para quem quiser acessar os exercícios sem seguir a progressão dos níveis.

A versão gratuita possui anúncios e algumas limitações entre os níveis de aprendizado. A versão paga remove anúncios, libera todos os níveis e ainda desbloqueia novos personagens para uso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos