Mercado fechará em 1 h 32 min
  • BOVESPA

    111.063,66
    +2.170,34 (+1,99%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.124,82
    +1.345,95 (+3,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,74
    -0,60 (-1,32%)
     
  • OURO

    1.816,20
    +35,30 (+1,98%)
     
  • BTC-USD

    18.892,49
    -507,27 (-2,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    370,86
    -9,00 (-2,37%)
     
  • S&P500

    3.668,86
    +47,23 (+1,30%)
     
  • DOW JONES

    29.910,17
    +271,53 (+0,92%)
     
  • FTSE

    6.384,73
    +118,54 (+1,89%)
     
  • HANG SENG

    26.567,68
    +226,19 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.787,54
    +353,92 (+1,34%)
     
  • NASDAQ

    12.471,50
    +194,50 (+1,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3247
    -0,0365 (-0,57%)
     

5 filmes para conhecer o essencial Spike Lee

Laísa Trojaike
·6 minuto de leitura

Embora produza desde os anos 1970, Spike Lee passou a ser muito mais reconhecido pelos espectadores contemporâneos após Infiltrado na Klan e, agora, está na corrida pela indicação à próxima edição do Oscar com Destacamento Blood, uma das principais estreias recentes da Netflix. Após o caso George Floyd e a repercussão das manifestações Black Lives Matter, um filme mais antigo do diretor, que ocupa o primeiro lugar da lista abaixo, voltou a ser comentado justamente por conter um caso similar de violência policial.

Spike Lee, no entanto, não é uma figura livre de polêmicas e chegou a ter tretas com Quentin Tarantino na época de Django Livre, o que envolveu também declarações do ator Jamie Foxx em defesa do filme no qual interpretava o protagonista. Contra ou a favor do posicionamento de Lee, é fato que ele tem um papel importantíssimo não só em questões de representatividade, mas por ser um cineasta original e verdadeiramente autoral, com suas próprias marcas e uma filmografia que não passa despercebida na história do cinema.

É difícil elencar os filmes de Spike Lee por questões puramente técnicas, já que muitos deles dividem opiniões, como é o caso justamente de Destacamento Blood, acusado de não fazer uma boa representação dos vietnamitas, apesar do preciosismo técnico. A lista abaixo traz filmes que são essenciais para conhecer esse diretor que tem se tornado cada vez mais relevante no cenário atual e, se você optar por maratonar as sugestões, posso garantir uma coisa: bons ou ruins, são todos filmes com um poder incrível de conscientização.

5. Febre da Selva

Spike Lee é bastante exigente com o conceito dos pôsteres dos seus filmes. O de Febre da Selva, especificamente, é um dos mais icônicos e resume perfeitamente o conteúdo do filme: relacionamentos inter-raciais; dispensando, assim, qualquer sinopse.

Com um elenco de peso, como faz questão de mostrar o trailer acima, Febre da Selva é um romance que usa os bons sentimentos do gênero para falar de preconceito de uma forma mais descontraída que em outros filmes mais pesados do diretor. Mas não se deixe enganar: mesmo o que parece inocente ou até mesmo cômico geralmente tem o efeito de um tapa na cara da sociedade quando vem de Spike Lee.

4. Malcom X

Uma das maiores figuras da luta negra não foi somente o grande intelectual que conhecemos hoje. Malcom X teve um passado traumático, complexo, com passagem pelo crime, pela prisão e envolvimento com uma vertente corrupta do islamismo. Sua biografia pelas mãos de Spike Lee não é menos que épica.

Estrelado por Denzel Washington e Angela Bassett, o filme de 3 horas e 22 minutos não tem pressa alguma ao contar a história, e mesmo assim ainda deixa a sensação de que muito da trajetória do Sr. X ficou de fora. Claro que não é possível abarcar a vida de uma pessoa em um único filme e a solução de estender o tempo da produção dá a Spike Lee liberdade criativa dentro de uma biografia.

As atuações são excelentes e Lee parece muito cuidadoso ao escolher os momentos nos quais pode deixar seu estilo transbordar. Outro aspecto excelente do filme é a direção de arte e o figurino, que ganham destaque ao mostrar a evolução da cultura ao redor de Malcom X e sua interação com o mundo em constante mudança.

Malcom X está disponível nas para streaming na Amazon Prime Video e no Mubi.

3. Quatro Meninas

Imagem: HBO Documentary
Imagem: HBO Documentary

Por ser um gênero pouco popular, é menos conhecido o lado documentarista de Spike Lee, mas é justamente essa sua faceta que forma grande parte do seu estilo: os filmes do diretor sempre apresentam imagens reais ou a ficção mostrada de forma documental em alguns momentos. A título de curiosidade, para saber mais: ele também dirigiu o clipe They Don't Care About Us, de Michael Jackson, aqui no Brasil.

Para além das múltiplas habilidades de Spike Lee, o documentário Quatro Meninas é seu primeiro longa-metragem documental e lhe rendeu uma indicação ao Oscar. O tema, por si só, é um soco no estômago: as quatro meninas do título são as quatro meninas assinadas em 1963, quando a Ku Klux Klan explodiu uma bomba durante um culto em uma Igreja Batista que era um dos principais locais de encontro de líderes dos direitos civis, incluindo Martin Luther King, Jr.

Quatro Meninas pode ser assistido pelos assinantes da HBO GO.

2. Infiltrado na Klan

O sucesso de Infiltrado na Klan começa na premissa do filme: o primeiro policial negro de uma delegacia decide assumir uma missão de se infiltrar na Ku Klux Klan. O desenvolvimento da história traz o estilo de Spike Lee bastante polido, com doses de crítica e humor na medida certa.

O humor encontra pelo menos duas de suas formas em Infiltrado na Klan. O primeiro está nas atuações de John David Washington e de Adam Driver, através de diálogos e situações que os conduzem ao status de heróis por vias bastante complicadas. O segundo é um humor mais pobre e fácil, de ridicularização e caricaturização, mas que ganha uma riqueza tremenda ao ser aplicada justamente aos membros da KKK, que são apresentados como completos idiotas.

Infiltrado na Klan pode ser comprado na Play Store, no iTunes e no Looke.

1. Faça a Coisa Certa

Antes de Infiltrado na Klan, o filme mais icônico de Spike Lee era (e para muitos continua sendo) Faça a Coisa Certa. O tom às vezes documental, às vezes cômico conduz uma história simples a um desfecho inimaginável a partir dos eventos iniciais do filme.

Um dia quente em uma rua no Brooklyn, vários grupos e suas particularidades. De crianças a idosos, todos estão na rua procurando um jeito de lidar com o calor, enquanto alguns desses personagens passam a se destacar e, se você começou o filme rindo, prepara-se, porque o final não é engraçado, muito menos no cenário atual.

Faça a Coisa Certa está disponível para os assinantes do Telecine, além de poder ser comprado no Looke. O título ainda pode ser comprado ou alugado na Play Store e no iTunes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: