Mercado fechado

5 empresários de sucesso que largaram a faculdade

É unanimidade que ensino superior é essencial para qualquer currículo, mas algumas pessoas conseguiram sucesso na carreira mesmo tendo largado a faculdade. E não são poucos os empresários que ficaram famosos no mundo inteiro mesmo sem diploma de ensino superior.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

A maioria dos empresários na lista de "desistentes" se deram bem empreendendo no mercado norte-americano, mas eles concordam que suas histórias são exceção. Um estudo do IBGE de 2018 mostra que quem tem ensino superior no Brasil ganha mais que o dobro de quem tem só o ensino médio.

Leia também

Mesmo assim, se você ficou curioso, confira a seguir cinco empresários que, contrariando as estatísticas, fizeram sucesso mesmo sem terem completado a faculdade.

Michael Dell

Michael Dell. Foto: REUTERS/Brendan McDermid

O ano era 1984 e Michael Dell, então com 19 anos, estava no primeiro ano de estudos da Universidade do Texas, nos EUA. Nessa época, ele já empreendia e tinha um pequeno negócio de revenda de jornais e equipamentos eletrônicos. Após juntar US$ 200 mil, Dell largou a faculdade e, anos mais tarde, fundaria a Dell Technologies. Hoje ele possui uma fortuna avaliada em US$ 31,5 bilhões.

Steve Jobs

Steve Jobs em 2005. Foto: AP/Christophe Ena

A mãe biológica de Steve Jobs entregou o filho para uma família adotiva com a condição de que eles se comprometessem a mandá-lo para a faculdade quando chegasse a hora. Aos 17 anos, ele entrou no Reed College, em Portland, Oregon, mas largou a faculdade dois anos depois.

Anos mais tarde ele ficaria mundialmente famoso por fundar, junto com o amigo Steve Wozniak, a Apple. Jobs, porém, não recomendava a desistência e dizia que parte da linguagem de design dos produtos da empresa haviam sido inspirados em cursos de caligrafia que ele fez em Reed College.

Bill Gates

Bill Gates. Foto: AP/Michel Euler

O fundador da Microsoft também desistiu do ensino superior. Bill Gates largou Harvard após apenas dois anos de estudos, em 1975, para fundar a empresa criadora do sistema Windows e para se tornar o homem mais rico do mundo mais tarde. Em 2010, ele ganhou o título de "desistente de maior sucesso" da história de Harvard.

Mark Zuckerberg

Mark Zuckerberg. Foto: Mustafa Yalcin/Anadolu Agency/Getty Images

Mark Zuckerberg era apenas um estudante de ciência da computação em Harvard quando criou uma plataforma que conectava estudantes de diversas universidades dos Estados Unidos em um site da internet.

Nascia ali o Facebook, rede social que, nos anos seguintes, se tornaria uma das empresas mais valiosas do mundo e levaria o seu fundador, CEO e presidente do conselho a desistir da faculdade para ganhar dinheiro com sua criação.

Ralph Lauren

Ralph Lauren. Foto: Greg Allen/Invision/AP

Ralph Lauren nasceu em Nova York em 1939 e estudou por dois anos no Baruch College. Após desistir dos estudos, o jovem de família russa foi trabalhar numa loja de gravatas e, inspirado pelo ambiente, começou a desenhar as próprias peças. Ficou conhecido pela marca de roupas que leva o seu próprio nome e pela fortuna, avaliada em US$ 5,8 bilhões.