Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.963,14
    -5,53 (-0,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

5 dicas para encontrar o primeiro emprego em TI

Com a transformação digital, muitas empresas estão buscando profissionais de TI para montar equipes dedicadas. Dados de um levantamento do Indeed apontam que algumas das vagas mais difíceis de serem preenchidas no Brasil são da área tecnológica, devido à falta de pessoas qualificadas — abrindo oportunidade para quem tem interesse em iniciar uma carreira no setor.

Dentre as posições com mais dificuldade de encontrar profissionais está a de Engenheiro de Software Sênior. Os dados apontam que 50% das vagas dessa função ficam em aberto por 60 dias ou mais. Em seguida, aparecem as funções de Desenvolvedor back-end, Cientista de Dados e DevOps, com 43%, 41% e 38% das vagas abertas por 60 dias ou mais, respectivamente.

Invista em conhecimento, mas busque certificações (Imagem: Reprodução/Pexels)
Invista em conhecimento, mas busque certificações (Imagem: Reprodução/Pexels)

Para Felipe Calbucci, diretor de vendas do Indeed no Brasil, assim como em qualquer outro setor, ao iniciar a jornada é preciso começar pequeno para alcançar as posições mais avançadas: “Um trabalho de TI de nível básico requer pouca ou nenhuma experiência profissional. Com esses tipos de funções, você obterá a maioria das habilidades e conhecimentos necessários para o trabalho”..

Para auxiliar os entusiastas da área que desejam investir numa carreira promissora, o especialista separou 5 dicas para quem quer encontrar o seu primeiro emprego em TI, confira:

Invista em conhecimento, mas busque certificações: para buscar um emprego na área tecnológica sem ter experiência, o candidato deve apostar em aprendizado constante, investindo principalmente em certificações para agregar o seu currículo. Muitas instituições de ensino e grandes corporações oferecem cursos gratuitos com certificados de peso.

Criando um currículo: crie currículos específicos para cada vaga, destacando as habilidades e cursos específicos para essa oportunidade. Lembre-se de utilizar palavras-chave da descrição da vaga.

Foco no desenvolvimento de competências técnicas e comportamentais: apesar de uma vaga em TI exigir muitas habilidades técnicas, é fundamental que o candidato possua habilidades comportamentais. Dessa maneira, é preciso fazer uma autoavaliação para identificar os conhecimentos e habilidades já adquiridas e quais podem ser aprimoradas.

Dentre as habilidades técnicas mais comuns, estão: redação técnica, codificação, gerenciamento de mídia social, configuração de rede, implantação de hardware, conhecimento do sistema operacional e gerenciamento de banco de dados.

Já as habilidades comportamentais incluem: comunicação, organização, habilidades analíticas, criatividade, gerenciamento de projetos, resolução de problemas e desenvoltura.

Junte-se a grupos de networking e crie perfis profissionais: o candidato deve se inserir no ambiente digital em busca de criar conexões com outras pessoas do setor de TI: criar perfis nas redes profissionais e grupos relacionados a área que deseja ingressar, participar de eventos, etc. Os interessados também devem considerar pedir por recomendações de amigos ou conhecidos que já atuam na área, além de usar sites de oportunidades para buscar vagas de emprego.

Persistir e acompanhar o progresso: não perca o foco e não se deixe desanimar caso a oportunidade ideal demore a aparecer. Vale lembrar que todo e cada capítulo da jornada é um passo em direção ao cenário dos sonhos e para isso é preciso ser persistente. Dedique seu tempo aos estudos, acompanhe os processos e sempre busque por feedback.

Calbucci finaliza destacando a importância de criar oportunidades para demonstrar as suas habilidades que estão alinhadas aos objetivos da carreira: "Por exemplo, se a pessoa estiver interessada em programação, criar um programa de computador que automatize uma tarefa é uma boa ideia para demonstrar habilidade e engajamento com a indústria".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: