Mercado abrirá em 5 h 57 min

5 dicas para debulhar em um hackathon

Você sabe o que é um hackathon? Em tradução livre, significa “maratona de hacking”, que são eventos de inovação que buscam juntar profissionais das mais diferentes áreas da tecnologia, como programadores, designers e outros especialistas e entusiastas de outras áreas do desenvolvimento de software para resolver problemas de uma organização.

Existem, porém, alguns mitos relacionados aos hackathons, como que é preciso saber desenvolver para poder participar de um evento desse tipo. Na verdade, nem todos os integrantes de uma equipe precisam ser programadores ou desenvolvedores, e, embora o código seja a parte mais importante do projeto, outras áreas do conhecimento são importantes para o processo.

De acordo com Pedro Brocaldi, product owner e designer instrucional da Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia (EBAC), não existe nível mínimo de qualificação para estar em um hackathon. "As equipes chegam sem muita certeza do que esperar, mas apresentaram projetos incríveis”, diz Brocaldi. “O segredo do sucesso está na diversidade”, defende o professor.

Cinco dicas para se dar bem em um hackathon

O Pedro Brocaldi separou algumas dicas importantes para quem tem interesse em tecnologia, sejam elas desenvolvedoras ou entusiastas, confira.

1- Preparo prévio: na maior parte dos hackathon, as equipes vão desenvolver produtos sobre temas específicos, na maioria das vezes, que nunca tiveram contato antes. Nestes casos, uma boa opção é fazer um “pré-hackathon”, pensando em um problema, desenvolvendo uma solução e se preparando para vender a inovação e convencer a banca julgadora de sua viabilidade.

2- Lidar com a pressão: o hackathon é um evento que tem muito da cultura das startups, por isso, não é incomum que esses eventos virem a madrugada ou tenham vários dias de duração. Embora o formato varie bastante, é importante ter uma equipe diversa e preparada para muitas horas de trabalho.

3- Não foque apenas na programação: o programa em si é o mais importante do projeto, porém, não é o único aspecto do projeto. No fim das contas, o que a organizadora do hackathon quer é uma solução para o problema apresentado, portanto, o objetivo deve ser a resolução daquela questão sem uma fuga do tema proposto.

4- Se importe com as soft skills: para conseguir uma solução ideal, é necessário ter uma equipe diversa e saber trabalhar essa diversidade. É fundamental saber interagir com o time e saber organizar as entregas. A comunicação é uma habilidade primordial, principalmente para o representante do time que vai apresentar o projeto.

5- Capriche na apresentação: uma equipe ideal deve contar com profissionais de diferentes áreas, portanto, não tenha medo de usar experiências prévias de pessoas que estão começando na área da tecnologia. Além disso, todo o projeto é definido na hora da apresentação, o discurso precisa ser impactante e, acima disso, ter uma prova concreta de que a solução é funcional.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: