Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.532,65
    -107,22 (-0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

5 decisões de Jeff Bezos que definiram o sucesso do ‘império Amazon’

Marcus Couto
·3 minuto de leitura
Jeff Bezos, fundador da Amazon. (Foto: Pradeep Gaur/Mint via Getty Images)
Jeff Bezos, fundador da Amazon. (Foto: Pradeep Gaur/Mint via Getty Images)

Esta semana assistiu ao fim de uma era no mundo da tecnologia: o fundador da Amazon, Jeff Bezos, anunciou que deixará o posto de executivo-chefe (CEO) da empresa, a maior do mundo no setor do e-commerce.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Bezos será substituído por Andy Jassy, atual chefe da divisão AWS, responsável pelos negócios da Amazon em computação na nuvem. A partir de agora, Bezos ocupará o cargo de presidente executivo do conselho da Amazon e se dedicará, segundo ele, a “novos produtos e iniciativas”.

Leia também:

“Esta jornada começou 27 anos atrás”, escreveu Bezos em seu e-mail de despedida. “A Amazon era apenas uma ideia, sem nome. A pergunta que eu mais recebia era, ‘O que é a internet?’. Felizmente, eu não preciso explicar isso mais há muito tempo.”

Nesse período, a Amazon passou de um pequeno negócio a uma empresa multi bilionária. Tudo graças a uma série de decisões acertadas (e claro, muitos fracasso, como o próprio Bezos admite).

Neste texto, reunimos 5 das decisões que definiram o sucesso de Bezos e seu “império” do comércio eletrônico:

1 - Aproveitar o crescimento da internet

Bezos conta que foi na época em que ainda trabalhava para o mercado financeiro que ele teve acesso a um relatório que explicitava o crescimento meteórico da então nascente world wide web. Ele foi capaz de perceber que aquela era uma “bomba de dinheiro” pronta para explodir, com consequências econômicas e sociais que mudariam para sempre a forma como nos organizamos coletivamente.

2 - Investir primeiro na venda de livros

Com posse dos dados do crescimento da web, Bezos partiu para a criação de um modelo de negócios que se adequasse àquela oportunidade. Mas por qual produto começar sua loja digital? Bezos optou por livros, em uma lista de “cerca de 20 candidatos”, porque constatou que essa era a categoria de produtos com a maior quantidade de itens, “de longe” – o que encaixaria perfeitamente com um modelo voltado a vendas em massa para um público heterogêneo.

3 - Apostar na própria estrutura de logística

Hoje, principalmente após a pandemia do novo coronavírus, as empresas estão compreendendo a importância de uma logística eficiente: com a demanda aumentada pelas compras em maior volume em delivery. Mas a Amazon e Jeff Bezos já fizeram essa aposta muito antes, e desde o começo a Amazon contou com uma estrutura de armazenagem própria que se complexificou com o passar do tempo, garantindo um sistema de entregas rápido e eficiente.

4 - “Queimar” dinheiro nos primeiros anos

A Amazon ficou conhecida por ser pioneira de um modelo muito usado hoje em dia entre empresas de tecnologia, no Vale do Silício e além: “queimar dinheiro”; sacrificar o lucro no curto prazo, investindo pesado em expansão tecnológica e atração de talentos, para garantir retornos futuros. Bezos deixou claro desde o início o seu plano, como se vê em sua famosa carta para os acionistas de 1997. Nela, o empresário explicita sua visão de longo prazo: sacrificar o lucro imediato (a Amazon sempre reinvestiu seu dinheiro em novos produtos e frentes de atuação) para maximizar os ganhos no futuro.

Outro ponto que Bezos destaca nessa carta: a importância de gastar recursos para atrair os melhores talentos que garantirão o crescimento sustentável e a inovação em alta velocidade.

5 - Investir em tecnologia e inovação

Em seu e-mail de despedida da posição de CEO, Bezos deixou claro o que ele vê como o segredo do sucesso da Amazon ao longo dos anos:

“Como isso aconteceu? Invenção. A invenção é a raiz do nosso sucesso. Nós fizemos coisas loucas juntos. Fomos pioneiros em resenhas de consumidores, compras com um clique, recomendações personalizadas, entrega super rápida…”

“Se você acerta, anos depois de uma invenção surpreendente, a coisa nova se torna normal. As pessoas bocejam. E esse bocejo é a maior recompensa que um inventor pode receber.”

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube