Mercado abrirá em 6 h 5 min
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,55
    -0,86 (-0,96%)
     
  • OURO

    1.794,80
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    24.031,47
    -265,78 (-1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,81
    -20,95 (-3,55%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.714,38
    -326,48 (-1,63%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.655,75
    -25,50 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1789
    +0,0004 (+0,01%)
     

5 animais marinhos misteriosos que aparecem apenas à noite

A cada noite, alguns animais marinhos deixam as profundezas e migram para as camadas superiores dos oceanos, onde permanecem até que o amanhecer se aproxime. Essa jornada acontece para que as misteriosas criaturas possam se alimentar do material orgânico mais próximo da superfície da água sem que sejam comidos pelos predadores maiores que costumam nadar na região. Separamos algumas espécies adeptas desse comportamento inusitado.

Camarão-louva-a-deus-palhaço

O camarão-louva-a-deus-palhaço é um dos animais marinhos que aparecem apenas à noite (Imagem: nualaimages/envato)
O camarão-louva-a-deus-palhaço é um dos animais marinhos que aparecem apenas à noite (Imagem: nualaimages/envato)

Uma dessas espécies é o camarão-louva-a-deus-palhaço (Odontodactylus scyllarus), que costuma habitar a África Oriental e pode chegar a 18 cm. O animal se destaca por sua coloração verde, pelas pernas laranjas e pela carapaça com estampas, e vive em tocas que constrói nos fundos dos corais, ou através de buracos deixados por outros animais.

Outra característica marcante desse curioso animal marinho é que ele é capaz de desferir um dos mais rápidos e violentos golpes do reino animal, com uma velocidade de 80 km/h, o que possibilita quebrar até mesmo a carapaça de um caranguejo, por exemplo.

Anêmona-do-mar

Anêmona-do-mar (Imagem: DegrooteStock/Envato)
Anêmona-do-mar (Imagem: DegrooteStock/Envato)

A anêmona-do-mar pertence ao gênero Cerianthus e à família Cerianthidae, e é conhecida por utilizar seus tentáculos para capturar alimentos. Algumas possuem uma mistura de toxinas, incluindo neurotoxinas, que servem para paralisar a presa. A substância é altamente tóxica para peixes e crustáceos, suas presas naturais.

Água-viva-dedal

A água-viva dedal (Linuche unguiculata) é muito pequena e translúcida, quase invisível a olho nu quando está na água, o que a torna difícil de ser encontrada. A espécie costuma viver nas águas do México e do Caribe, mas suas larvas são levadas nas ondas para o litoral sudeste dos Estados Unidos.

Água-viva-caixa-australiana

A Água-viva-caixa-australiana (do grupo Cubozoa) é a criatura mais venenosa do mundo, e costuma viver nas regiões da Austrália e da Ásia. Seu veneno atinge o coração, o sistema nervoso e as células da pele, então a vítima entra em choque e acaba morrendo de parada cardíaca ou de afogamento mesmo antes de sair da água.

Borboleta-do-mar

Um dos animais marinhos que aparecem apenas à noite na superfície é a borboleta-do-mar (Thecosomata), conhecida por sua transparência e por sua bioluminescência, ou seja, uma capacidade natural de brilhar: a pequena "lâmpada incandescente" no centro de seu corpo é seu estômago. Seu principal predador é o anjo-do-mar (Gymnosomata).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos