Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.634,66
    +105,69 (+0,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,98
    -0,69 (-1,10%)
     
  • OURO

    1.794,20
    +15,80 (+0,89%)
     
  • BTC-USD

    55.908,94
    -261,28 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.282,11
    +19,14 (+1,52%)
     
  • S&P500

    4.148,23
    +13,29 (+0,32%)
     
  • DOW JONES

    33.968,57
    +147,27 (+0,44%)
     
  • FTSE

    6.906,37
    +46,50 (+0,68%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.785,25
    -9,00 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6903
    -0,0122 (-0,18%)
     

4º Prêmio Canaltech | A HP mostra força nas soluções de impressão corporativas

Redação
·7 minuto de leitura

Não é novidade que a pandemia da Covid-19 fez o trabalho sob regime de home office aumentar exponencialmente. E a demanda por computadores seguiu esse fluxo, interrompendo um fluxo de queda que já ocorria há tempos. Segundo a consultoria de mercado IDC, a venda de PCs disparou a partir do segundo trimestre do ano passado. De forma geral, elas chegaram a 302,6 milhões de unidades em 2020, um crescimento de 13,1% sobre 2019,

Mas se o home office puxou a venda de PCs para cima, o oposto ocorreu com outro setor complementar e de grande importância, principalmente nas empresas: o de soluções de impressão. Segundo dados também do IDC, apesar de 2020 ter começado de forma promissora no setor, com quase 660 mil equipamentos comercializados no primeiro trimestre no Brasil, a pandemia impactou as vendas no acumulado do ano. Segundo a consultoria, houve uma diminuição de 6,8% em relação a 2019, com 2.2 milhões de impressoras vendidas. E no mercado corporativo, o setor respondeu por 23,3% das vendas no primeiro semestre, caiu para 23% no segundo, 25% no terceiro e teve leve reação no quarto trimestre, com 34,9% das vendas.

Mas ainda assim, as perspectivas de recuperação são boas. Já no final do ano passado, com o regime de home office mais consolidado, as impressoras de segmento doméstico puxaram as vendas para cima, com modelos a laser de entrada e as de tanque de tinta mantendo a tendência de alta, ganhando espaço nos escritórios residenciais e para pequenos empreendedores.

E mesmo diante de um cenário mais desafiador, a HP soube adaptar sua estratégia, pensando, inclusive, nos profissionais que foram para o home office e que tendem a trabalhar mais nesse modelo. A empresa preparou equipamentos, logística e até mesmo sua equipe de vendas para atuar nesse "novo normal" junto às empresas e usuários.

E esforço valeu a pena. A HP venceu a 4ª edição do Prêmio Canaltech - a mais importante premiação do mercado de Tecnologia do Brasil - na categoria "Marca mais reconhecida de TI", voltada ao setor B2B, mais precisamente na modalidade de Printing Services. .

E a modalidade teve uma concorrência acirrada, com algumas das melhores empresas do setor, como Xerox, Canon, Lexmark e Samsung na disputa. Mas a HP mostrou a sua força e tradição nesse setor e faturou o prêmio pelo segundo consecutivo, com 38,51% dos votos.

E para explicar como a companhia se destacou no meio corporativo em 2020 - um ano tão atípico em nossas vidas - o Canaltech conversou com Marcelo Bonassi, Head of Home Printing Solutions da HP Brasil, que fala um pouco sobre a estratégia da empresa ao longo do ano passado e o que poderemos ver em 2021.

Marcelo Bonassi, Head of Home Printing Solutions da HP Brasil: 2020 desafiador e foco no home office (Imagem: HP / Divulgação)
Marcelo Bonassi, Head of Home Printing Solutions da HP Brasil: 2020 desafiador e foco no home office (Imagem: HP / Divulgação)

Confira como foi a conversa:

Canaltech - 2020 foi um ano atípico, principalmente por causa da pandemia, que causou um aumento exponencial do home office. Nesse cenário, houve alguma adaptação da estratégia da HP para o setor de Printing solutions no mercado corporativo?

A Pandemia acelerou a tendência do home office e também provocou um forte aumento das vendas online. Muitos consumidores que imprimiam nas suas empresas, passaram a ter que imprimir em casa. Portanto, ocorreu um movimento natural das páginas impressas nas empresas para dentro das casas.

A HP tomou vantagem deste cenário, porque estas duas tendências, home office e vendas online, fazem parte do nosso plano estratégico de alguns anos. Alta disponibilidade, excelentes produtos e preços competitivos estão fazendo parte da jornada que se apresenta para este momento e acreditamos que estas tendências não devem retroagir. Teremos ao final da pandemia, uma maior participação das vendas online e uma prática maior do home office.

A HP trabalha fortemente para atender a todos os tipos de demanda de impressão, onde ela se apresentar, portanto, temos um ecossistema preparado para atender a demanda do mercado doméstico e corporativo com excelência, com times de vendas dedicados a cada negócio e hoje estamos atendendo a todos de forma imediata.

CT - Que soluções da impressão da HP se destacaram ao longo de 2020, mesmo em um cenário atípico causado pela Covid-19? Como a empresa agiu junto às empresas?

A equipe da HP Brasil promoveu adaptações, sempre preservando a vida e segurança dos seus funcionários e clientes, com rígidos protocolos de segurança sanitária e prestando os serviços tradicionais com a mesma qualidade.

Sobre o atendimento para as pequenas e médias empresas que são atendidas principalmente pelo mercado varejista, com a mudança da loja física para o online, e também com a crise que estamos vivendo agora nos meses de Março e Abril de 2021, a HP já não pode mais contar com a presença dos seus consultores de vendas, que ficavam nos pontos de venda para orientar o consumidor em suas necessidades.

Desta forma adotamos o atendimento destes consultores de forma online, disponibilizando atendimento por chat e vídeo com consultores, para que o consumidor pudesse tirar suas dúvidas sobre impressoras e suprimentos de impressão virtualmente. Através do whatsapp 11 - 99320-2507, recomendo à todos que usem este serviço da HP para escolher a melhor impressora para a sua demanda.


CT - E para 2021, quando o home office tende a se consolidar, como a HP pretende se adaptar a este cenário, quando falamos de printing solutions corporativas? É possível levá-las para a casa das pessoas de alguma forma?

Com a adoção do Home Office, os produtos de impressão para casa, ganham relevância e podem, sim, oferecer o mesmo nível de serviço do que se pode ter nos escritórios corporativos. O mercado se divide entre pessoas que imprimem muito e outras que imprimem pouco, e a HP tem a impressora perfeita para ambos cenários, para quem imprime muito temos as nossas Ink Tanks e Smart Tanks, nossos “tanques de tinta” e também a linha HP NeverStop, nossas “tanques de toner” que usam tecnologia laser para quem precisa de velocidade e qualidade de impressão; e para os que imprimem pouco temos a linha de produtos Ink Advantage, produtos de baixo custo de aquisição para pequenos volumes de impressão.

Assim que a normalidade se reestabelecer, estaremos prontos para continuar atendendo nossos clientes com a marca de confiança a HP e exercendo nossa liderança neste segmento de mercado.

CT - E qual o futuro das soluções de impressão? Para onde caminha esse mercado, principalmente quando falamos de novas tecnologias?

O futuro é próspero, pois a explosão de conteúdo digital é uma grata realidade e parte deste conteúdo certamente vai ser impresso. Com a pandemia, novos consumidores de impressão, as crianças, estão agora tomando mais contato com as impressoras, e o mercado de impressão está em constante evolução.

Na HP, investimos em pesquisa e desenvolvimento para entregar produtos cada vez mais inovadores, seguros e com baixo custo aos consumidores. Isso nos levou a lançar uma nova categoria no mercado, a de impressoras com tanque de toner a laser, com a HP Neverstop. Ela tem a mesma qualidade das impressoras de toner tradicionais, porém sua recarga é feita por meio de um cilindro, semelhante a uma seringa, que armazena o toner no interior da impressora, de maneira simples e rápida, com custos menores dos que os toners tradicionais.

E a recarga de cada 2.500 páginas custa R$ 59,90 ou menos, pois temos também o kit de recarga duplo, que carrega 5.000 páginas por apenas R$ 109,90. Além de todas as aplicações de uma impressora e multifuncional, o maior diferencial da HP Neverstop fica por conta do custo baixíssimo de impressão por página (cerca de R$ 0,024 por página). Além disso, a sustentabilidade, que é hoje uma grande preocupação do consumidor, é tratada como prioridade pela HP, que trabalha há mais de 29 anos (desde 1991) com a reciclagem de cartuchos de tintas e toner, através do programa global HP Planet Partners.

No Brasil, são mais de 400 pontos de coleta, além do atendimento domiciliar que pode ser agendado no www.hp.com.br/reciclar, de forma totalmente gratuita para os clientes.

Leia também:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: