Mercado fechado

As 4 mudanças que seu trabalho deve ter no mundo pós-coronavírus

Ninguém sabe o que será o tão comentado “novo normal” quando voltarmos a sair plenamente de nossas casas, mas o certo é que nossa maneira de trabalhar - alterada pela necessidade de confinamento e distanciamento social - talvez nunca mais seja a mesma.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Home office, arquivos em nuvem, videochamadas e novos hábitos deixaram de ser uma alternativa e chegaram para ficar.

Leia também

Aqui estão quatro mudanças pelas quais seu trabalho deve passar nos próximos tempos.

1. Equipes mais alinhadas: Boa comunicação virou a chave da organização.

As formas de se comunicar com os colegas ou organizar seu dia mudaram e o alinhamento entre a equipe se tornará um foco ainda mais importante para as empresas. Em um ambiente de escritório, isso acontece passivamente. Você está alinhado (ou pelo menos pensa que está) simplesmente porque está "junto". Mas trabalhar remotamente faz perceber a importância de manter todos atualizados. Novas ferramentas, práticas e hábitos que promovam esse alinhamento estarão no centro das atenções nos próximos anos.

2. Softwares mais eficientes: Equipes no escritório precisam estar integradas com equipes remotas.

As empresas continuarão incentivando seus funcionários a ir ao escritório, mas a pandemia mostrou que o trabalho remoto não é apenas possível, como também realmente benéfico em alguns casos. Temos maior flexibilidade e possibilidade de avaliar nossa produtividade de maneira mais objetiva: não dá para “parecer ocupado” estando em casa, você conclui uma tarefa ou não. Softwares que permitam integrar equipes no escritório com equipes remotas estarão em alta no futuro próximo.

3. Trabalhadores mais incluídos: O foco será em sua saúde mental enquanto você está isolado.

Agora que todos nós já experimentamos trabalhar de casa e, com isso, os sentimentos de isolamento, distância, dependência de videochamadas para interação social etc., mais e mais chefes parecem atentos a esse problema. Isso estimulará as empresas a criar maneiras únicas e inovadoras de manter seus funcionários envolvidos, ainda que distribuídos, garantindo que nenhum funcionário se sinta desconectado do resto da equipe.

4. Menos e-mails e reuniões inúteis

Repare como seus colegas e chefes começaram a mandar menos e-mails. Por quê? E-mails encalham, enquanto mensagens nos Slack ou convites para uma videochamada promovem conversas mais rápidas e eficientes. Essa é uma tendência que vem aumentando há algum tempo, mas agora, com milhões de trabalhadores em home office, veremos a adoção de mais ferramentas de mensagens profissionais instantâneas.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.