Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.107,54
    +59,25 (+0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Meditação não é para todo mundo: conheça outros quatro modos de relaxar

Redação Vida e Estilo
·3 minuto de leitura
Close up african serene woman closed eyes putting hands behind head resting leaned on comfortable couch enjoy fresh cool air at hot summer day in living room at home, no stress lazy weekend concept
Maneiras para relaxar. Foto: Getty Images

A prática tradicional de meditação – sentado, olhos fechados, foco na respiração – não atrai todo mundo. Algumas pessoas podem não ter paciência, outras podem não ter a concentração necessária. Mas os benefícios da meditação para a saúde são muito importantes, principalmente durante a pandemia de coronavírus, marcada por ansiedade e incerteza generalizadas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A Dra. Shefali Tsabary, psicóloga clínica e escritora, diz ao Yahoo Vida e Estilo: "A meditação traz a mente de volta ao agora, faz com que vejamos a abundância do momento presente e imediatamente diminui a frequência cardíaca e o nível de cortisol, além de aumentar a dopamina".

Leia também

Mas para quem não gosta de meditar, existem maneiras de usar práticas de mindfulness e de meditação em outras atividades e conseguir o mesmo efeito.

1. Respirar o ar livre

Como as medidas de isolamento qualquer período (em segurança) ao ar livre pode ser revigorante. Se você estiver procurando uma maneira de relaxar, Tsabary recomenda sair para caminhar, mesmo que seja por 10 minutos. Mas não tenha pressa, "fique em silêncio ouvindo os sons dos pássaros e das árvores", ela diz.

Estar em meio à natureza pode ser um lembrete bom e saudável de um futuro melhor. "A natureza é muito poderosa como agente de cura, porque imediatamente percebemos que existe vida, que as coisas estão bem e que continuam", ela diz.

Fazer uma caminhada curta em silêncio e com foco pode ter um efeito calmante.

2. Música e leitura

De certa forma, todo mundo lê e escuta música. Mas você tem relido a mesma frase três vezes? Está colocando música para tocar para ser apenas um som de fundo? Tsabary diz para começarmos a fazer as duas coisas com mais atenção

"Preste atenção à música, leia a letra com entusiasmo. Reserve alguns instantes para reconhecer o momento presente", ela diz.

3. Escrever

Pode ser bom fazer um diário para lembrar desse período sem precedentes na história. Mas se você não gostar da ideia, tente usar a escrita como uma maneira de aliviar o estresse. Colocar as emoções e sentimentos no papel todos os dias pode ter um efeito libertador.

"Escreva por cinco minutos o que vier à sua cabeça. Encontre a ponte para seu mundo interior e construa uma estrutura interna robusta, para que quando o lado de fora parecer estranho, tudo fique bem."

4. Valorizar pequenos gestos

Até mesmo os gestos mais simples e corriqueiros podem ter benefícios meditativos se forem feitos com mais propósito. Desfrutar de cada momento, como amarrar os sapatos, falar com uma pessoa próxima ou tocar o rosto do seu filho, proporciona uma sensação maior de normalidade, principalmente em meio ao caos que o mundo está vivendo.

"Se pudéssemos ver isso como um portal para a gratidão, tudo nos surpreenderia e seria um portal para a abundância. Vamos usar esse momento importante como uma oportunidade de despertar e ser muito gratos", diz Tsabary.