Mercado abrirá em 6 h 5 min
  • BOVESPA

    106.858,87
    +1.789,18 (+1,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.605,56
    +8,27 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,40
    +0,91 (+1,31%)
     
  • OURO

    1.780,00
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    51.046,61
    +2.199,27 (+4,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.318,47
    +58,31 (+4,63%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.782,33
    +432,95 (+1,85%)
     
  • NIKKEI

    28.520,19
    +592,82 (+2,12%)
     
  • NASDAQ

    15.938,75
    +96,00 (+0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4270
    +0,0034 (+0,05%)
     

4 dicas para quem quer fazer compras na Black Friday

·2 min de leitura
4 dicas para quem quer fazer compras na Black Friday

O Yahoo Vida e Estilo busca encontrar os melhores produtos, com os melhores preços, para você. Os produtos indicados são vendidos por parceiros comerciais. Poderemos ser remunerados se a compra for efetivada. Os preços correspondem àqueles verificados na data deste artigo. Preços e disponibilidade sujeitos a variação.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), somente no Brasil, a categoria de eletrônicos teve um crescimento em 68% em comparação com 2019, elevando a participação do e-commerce no faturamento total do varejo, que passou de 5% no final de 2019 para um patamar acima de 10% em alguns meses do ano passado. Então, com certeza na Black Friday desse ano não será diferente, já que promete movimentar cerca de R﹩110 bilhões de reais este ano no comércio eletrônico no país, segundo uma pesquisa da E-bit/Nielsien.

Por isso Rafael Borsato, coordenador do curso de Direito da Faculdade Anhanguera, ressalta pontos importantes para o consumidor estar atento durante as compras online.

Leia também

1- USE O SAC

Verifique se o site possui regras de políticas claras sobre devolução e troca de produtos e um canal de atendimento, o famoso SAC: "Algumas medidas podem ser tomadas a fim de assegurar o sucesso de um negócio, tais como verificar se a empresa possui um canal de comunicação efetiva com os clientes, se disponibiliza a política de troca e devolução observando a legislação vigente. O art. 49 do Código de Defesa do Consumidor garante ao cliente o direito de desistir de uma compra em até sete dias do recebimento. Também é importante observar se o site descreve em detalhes as características dos produtos que estão sendo vendidos", explica. 

2- ATENÇÃO NA TROCA/DEVOLUÇÃO 

Veja quanto tempo de troca/devolução é oferecido: "Essa modalidade é denominada "direito de arrependimento" e não precisar ter uma razão: o consumidor pode devolver o produto simplesmente porque não atendeu às suas expectativas, sem que lhe sejam cobradas taxas de devolução", afirma.

3- QUAIS SÃO OS DADOS DA LOJA?

Confira se há dados oficiais da loja descritos na página principal: De acordo com Borsato, dados como telefone e CNPJ devem estar no topo e/ou rodapé da loja. "Entre as práticas do e-commerce, a lei exige clareza de informações do produto e obrigatoriedade de divulgação de informações". 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

4- QUAL É A REPUTAÇÃO DO SITE?

Pesquise a reputação do site: "É importante que, antes de efetivar a compra pela internet, o consumidor observe se o site apresenta as seguintes informações: se a loja online tem CNPJ, SAC e endereço da empresa no site; verifique a reputação em sites referência ao consumidor; ao receber propagandas pelo WhatsApp, redes sociais e e-mail veja se a fonte é confiá​vel e leia atentamente as políticas de troca e devolução da loja on-line. Estes são detalhes que podem fazer diferença em casos de irregulares nas compras" conclui. 

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos