Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.599,80
    +14,29 (+0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

40% dos jovens não conseguem ficar mais de um dia sem o celular

Jovens têm dificuldade de ficar longe das telas do celular
Jovens têm dificuldade de ficar longe das telas do celular (Getty Image)
  • Nube divulgou uma pesquisa realizada com jovens de 15 a 29 anos

  • Levantamento aponta que essa faixa etária tem dificuldade de se desconectar por muito tempo

  • Uma parcela dos entrevistados só conseguem ficar meia hora longe dos aparelhos

Não percebemos o quão dependente somos do celular até ele cair no chão e quebrar. Apenas algumas horas longe de um aparelho pode causar uma sensação de mal estar e a impressão de que estamos perdendo alguma coisa.

Uma pesquisa feita pelo Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) com 28.466 jovens de 15 a 29 anos aponta que mais de 40% dos jovens brasileiros não conseguem ficar mais de um dia sem usar o celular.

Entre os participantes do levantamento, 27,13% conseguem ficar sem celular por no máximo 24h. Já 10,58% conseguem ficar sem celular por no máximo 6h e 3,16% conseguem ficar sem celular por no máximo 30 minutos.

"Muito do nosso cotidiano está vinculado ao celular, pois ele descomplicou diversas frentes e necessidades com inúmeros aplicativos gratuitos. Hoje, viver sem se tornou um grande desafio, pois a ferramenta auxilia o usuário em vários momentos", explicou Gabriel Siqueira, facilitador de Treinamento do Nube, ao portal IG.

Dos entrevistados, 27,7% afirmaram ser tranquilo ficar sem o celular, dizendo que poderiam até parar de utilizar o dispositivo sem sentir falta, enquanto para 31,43%, a ausência do aparelho só é suportável por, no máximo, um final de semana prolongado.

Ou seja, em uma viagem longa para lugares sem sinal ou no caso do aparelho quebrar, essas pessoas teriam que arrumar alguma forma de estarem conectadas. Ou precisarão aprender a viver apenas no mundo fora das telas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos