Mercado fechado

3 garotos da base do São Paulo que o torcedor quer ver em breve no profissional

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

A temporada 2020 vem provando a muitos gigantes que a solução para determinadas situações pode estar muito mais perto do que se imagina.

Através de Fernando Diniz, o São Paulo encontrou a resposta para as carências de seu elenco em Cotia, uma das bases mais vencedoras e bem sucedidas do futebol brasileiro nos últimos anos.

De Diego Costa à Brenner, o atual plantel conta com jovens talentos em praticamente todos os setores. Mas quais são as promessas para um futuro próximo?

A seguir, apontamos 3 garotos que atualmente estão na base tricolor, mas que o torcedor quer ver logo no profissional:

Antonio Galeano

Atacante paraguaio é muito talentoso | Jhony Pinho/Agif/Gazeta Press
Atacante paraguaio é muito talentoso | Jhony Pinho/Agif/Gazeta Press

Começamos essa lista com um nome que não foi formado na base tricolor, mas que vem se destacando no Sub-20 como um dos 'achados' do departamento de scout. Emprestado ao São Paulo pelo modesto Rubio Ñu (PAR), o centroavante paraguaio de 20 anos foi o artilheiro do time na Copinha de 2020 com cinco gols.

Forte e oportunista, chama atenção pela frieza nas finalizações. As boas atuações devem garantir sua manutenção por parte do Tricolor, que precisará pagar algo em torno de R$ 3,2 milhões por seus direitos. Um valor baixo perto do potencial de Galeano.

Wellington

Lateral tem longo tempo de casa e grande currículo | MIGUEL SCHINCARIOL/Gazeta Press
Lateral tem longo tempo de casa e grande currículo | MIGUEL SCHINCARIOL/Gazeta Press

Conheça o futuro da lateral esquerda do São Paulo. Atleta do clube do Morumbi desde os 13 anos de idade, Wellington tem um longo currículo nas categorias de base tricolores, com inúmeros títulos conquistados, incluindo a Copinha de 2019.

Forte fisicamente e de boa estatura, é uma das referências e um dos líderes do atual time Sub-20, se destacando principalmente pelo aspecto defensivo.

Anilson

Lateral já está no radar de clubes europeus | MIGUEL SCHINCARIOL/Gazeta Press
Lateral já está no radar de clubes europeus | MIGUEL SCHINCARIOL/Gazeta Press

Geração 2001, o lateral-direito de apenas 19 anos se destaca pelo enorme potencial ofensivo, não à toa anotou três gols na Copinha 2020. Infelizmente, uma lesão séria interrompeu sua sequência na equipe Sub-20, mas o futuro para o garoto não é nada menos promissor por isso.

Uma das provas de seu talento é a sua valorização no mercado: além de procurado pelo Flamengo, seu nome já é monitorado por clubes europeus.