Mercado fechado

21% dos brasileiros usam apps para bloquear chamadas anônimas

·1 minuto de leitura
Metade dos entrevistados não sabem que a Anatel oferece este serviço. Foto: Getty Images.
Metade dos entrevistados não sabem que a Anatel oferece este serviço. Foto: Getty Images.
  • Aplicativos são usados para evitar ligações de telemarketing ou cobranças

  • 30% mudariam de operadora se o recurso não fosse oferecido

  • Metade dos entrevistados não sabem que a Anatel oferece este serviço

Uma pesquisa revelou que 21% dos brasileiros usam aplicativos que bloqueiam a entrada de chamadas de números desconhecidos. A medida serve para evitar o contato com propaganda por telemarketing, cobranças indevidas ou apenas números que não estão salvos entre os contatos. Usuários têm o costume de buscar os recursos em lojas como Apple Store ou Google Play, seja em versões gratuitas ou pagas.

Por outro lado, 30% dos consultados relataram usar aparelhos que já vem com o serviço de bloqueio de chamadas disponível, sem que seja necessário buscar um novo aplicativo. Além disso, quase 60% afirmaram que considerariam mudar de operadora caso não lhes fosse oferecido um recurso eficaz de bloqueio de chamadas.

Leia também:

O estudo também investigou se os consumidores estão familiarizados com o serviço “Não Me Perturbe”. Criado em parceria entre a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e as operadoras brasileiras, o recurso é conhecido por apenas 49% dos entrevistados. Destes, 21% cadastraram-se para utilizá-lo. Ao fazer a inscrição, o usuário fica imune às chamadas indesejadas de telemarketing e instituições financeiras. 75% dos usuários se mostraram com a ferramenta oferecida pela Anatel.

De acordo com o levantamento, metade dos consultados evitam atender chamadas de números desconhecidos. Outro dado encontrado é que o grupo vitimado por fraudes e golpes são os jovens de 16 a 29 anos.

A pesquisa foi realizada em junho pela First Orion e consultou mais de 2 mil brasileiros a partir de 16 anos.

As informações são do Tecmundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos