Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,25
    +0,35 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.833,90
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    58.065,73
    -799,66 (-1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.729,75
    +20,00 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3689
    +0,0023 (+0,04%)
     

206 mil entram em novo lote do auxílio emergencial

LUCA CASTILHO
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (27) que pagará o auxílio emergencial 2021 para 206 mil novos beneficiários que tiveram seus cadastros aprovados.

Os depósitos do benefício para os novos aprovados começam a ser feitos no Caixa Tem em 16 de maio, no caso dos nascidos em janeiro, e vão até 16 de junho, para os aniversariantes de dezembro. Neste período, serão depositadas duas parcelas para o público do novo lote. Os depósitos são feitos primeiro no Caixa Tem, para pagamento de contas e para fazer compras.

Os saques e as transferências bancárias para esse público serão liberados de 8 de junho a 8 de julho, de acordo com o mês de aniversário. As datas são as mesmas do calendário de pagamentos da segunda parcela para beneficiários que já estão recebendo o auxílio desde o início das liberações.

A partir da terceira parcela, todos seguem o calendário normal de repasses.

Os novos aprovados já podem consultar os pagamentos por meio da central telefônica 111 ou pelo site: auxilio.caixa.gov.br. No campo "Acompanhe seu benefício", é possível verificar a situação do pedido e se o pagamento foi liberado. Para fazer a consulta, é preciso informar nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe. A Caixa informa que não é necessário o cidadão se dirigir às agências do banco para tirar dúvidas.

Vale relembrar que o auxílio emergencial 2021 é limitado a uma pessoa por família e só será pago ao trabalhador que tinha o direito reconhecido em dezembro do ano passado e se encaixa nas regras deste ano.

O benefício básico terá quatro parcelas mensais de R$ 250, mas mulheres chefes de família monoparental (que criam os filhos sozinhas) têm direito a R$ 375. Indivíduos que moram sozinhos podem receber R$ 150 por mês.