2013 chegará com mudança no PIS e na Cofins, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, prometeu nesta quarta-feira, a ampliação do processo de redução da carga tributária no País. Segundo ele, a redução dos tributos no Brasil está apenas começando. O ministro informou, durante café da manhã com a imprensa, que o governo vai começar já em 2013 com o processo de reforma do PIS e da Cofins.

Ele antecipou que, entre esta semana e a próxima, o governo vai apresentar uma Medida Provisória para mudar o PIS e a Cofins. Nessa proposta, o governo aumentará o aproveitamento de crédito desses dois tributos. Ele disse que essa é uma parte importante da reforma tributária, mas ponderou que é preciso prazo de noventena para que a medida entre em vigor.

Mantega destacou ainda que vai encaminhar ao presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), senador Delcídio do Amaral (PT-MS), proposta de mudança no ICMS. Ele se mostrou confiante na aprovação pelo Congresso das mudanças no ICMS. "Acho que vamos aprovar, há grande chance".

O ministro informou também que a previsão das desonerações tributárias em 2013 é de R$ 40 bilhões. Para este ano, o ministro estimou que o governo desonerou R$ 45 bilhões. Ele destacou que tudo que o governo deixar de pagar com os juros, vai compensar diminuindo tributos. "Só podemos fazer grandes desonerações, porque o custo financeiro caiu", disse.

Carregando...