Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.590,83
    -57,16 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.643,27
    -155,11 (-0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,42
    +0,14 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.765,50
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    61.316,33
    +722,02 (+1,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.431,18
    -20,45 (-1,41%)
     
  • S&P500

    4.483,21
    +11,84 (+0,26%)
     
  • DOW JONES

    35.233,52
    -61,24 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.270,25
    +135,75 (+0,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4086
    +0,0048 (+0,07%)
     

2 astronautas da NASA que voariam com a Boeing serão levados à ISS pela SpaceX

·2 minuto de leitura

A NASA anunciou nesta quarta-feira (6) a transferência dos astronautas Nicole Mann e Josh Cassada para a futura missão Crew-5, em parceria com a SpaceX, prevista para ser lançada antes do outono norte-americano de 2022 rumo a Estação Espacial Internacional (ISS). Tanto Mann quanto Cassada estavam escalados para o voo Orbital Flight Test (OFT-2), desenvolvida entre a agência espacial estadunidense e a Boeing, que atualmente enfrenta problemas técnicos com a nave Starliner.

A NASA decidiu por essa alteração para que os astronautas pudessem já adquirir experiências em voos espaciais para as futuras missões da agência, enquanto a Boeing ganha mais tempo para resolver os problemas com sua nave Starliner. Nicole Mann e Josh Cassada atuarão, respectivamente, como comandante e piloto na missão Crew-5. O objetivo é que eles decolem antes de setembro de 2022, a bordo da nave Crew Dragon, lançada pelo foguete Falcon 9 — ambos da SpaceX.

Nicole Mann (Imagem: Reprodução/Nicole Mann)
Nicole Mann (Imagem: Reprodução/Nicole Mann)

Eles se juntarão aos tripulantes da ISS para uma longa temporada e, ali, conduzirão uma série de pesquisas cientificas que podem beneficiar tanto a humanidade quanto as futuras missões tripuladas. Os nomes adicionais da Crew-5 ainda serão revelados.

Os astronautas da NASA, Butch Wilmore, Mike Fincke e Suni Williams continuarão a trabalhar nos testes de voo da Boeing enquanto a OFT-2 é reparada. Nicole Mann é coronel do Corpo de Fuzileiros Navais e é engenheira química pela Academia Naval dos EUA, além de possuir mestrado em engenharia mecânica e especialização em fluidos. Ela foi selecionada pela agência norte-americana em 2013 e atua como piloto de testes, acumulando mais de 2.500 horas de experiência em mais de 25 aeronaves.

Josh Cassada (Imagem: Reprodução/NASA)
Josh Cassada (Imagem: Reprodução/NASA)

O astronauta Josh Cassada é físico e piloto de testes da Marinha dos EUA e possui doutorado pela Fermi National Accelerator Laboratory. Ele possui mais de 4.000 horas de voo em mais de 45 modelos de aeronaves. Assim como Mann, ele foi selecionado pela NASA em 2013 — será o primeiro voo espacial de ambos.

mais de 20 anos a NASA trabalha com seus astronautas a bordo da ISS para avançar no conhecimento científico e também em novas tecnologias para as futuras missões tripuladas, bem como para uso aqui na Terra. Até agora, 242 pessoas de 19 nacionalidades tiveram a chance de hospedar o laboratório orbital, o qual já recebeu mais de 3.000 investigações e estudos educacionais para 108 países.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos