Mercado abrirá em 1 h 24 min
  • BOVESPA

    110.140,64
    -1.932,91 (-1,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,68
    -0,20 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.924,10
    -6,70 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    23.397,89
    -416,74 (-1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,17
    -11,14 (-2,04%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.834,89
    +14,73 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.641,00
    -205,75 (-1,60%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4993
    +0,0096 (+0,17%)
     

13 carros usados pelos presidentes do Brasil

Os presidentes do Brasil têm diversas responsabilidades e também algumas honrarias. Uma delas é o direito de se locomover em carros luxuosos e imponentes. O primeiro que vem à mente quando este é o assunto normalmente é o Rolls-Royce Silver Wraith, utilizado nas cerimônias de posse. O modelo britânico, porém, não é o único a ser utilizado pelo chefe de Estado.

O Canaltech embarcou em uma jornada histórica e voltou até 1907, ano em que Affonso Pena, que assumiu o cargo em novembro do ano anterior, se tornou o primeiro presidente da República do Brasil a adotar um carro como meio de transporte oficial, abandonando, assim, as tradicionais carruagens.

Desde então, foram muitos os modelos - 13, para ser exato - de carros usados pelos presidentes do Brasil. Vamos relembrar todos eles nessa viagem pelo tempo?

Rolls-Royce utilizado na cerimônia de posse não é o único carro presidencial (Imagem: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)
Rolls-Royce utilizado na cerimônia de posse não é o único carro presidencial (Imagem: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

1. C.G.V.

A fabricante Charron, Girardot & Voigt (C.G.V.) foi a responsável por mandar ao País, em abril de 1907, o primeiro dos 13 carros usados pelos presidentes do Brasil ao longo da história.

O C.G.V era dotado de um motor movido a gasolina de 4 cilindros e 24 cavalos, silencioso o suficiente para ser confundido com um carro elétrico (sim, eles já haviam sido inventados naquela época). Ele também foi utilizado pelo marechal Hermes da Fonseca, que ocupou a presidência entre 1910 e 1914.

2. Renault Type CB

O segundo entre os 13 carros usados pelos presidentes do Brasil é um francês, o Renault Type CB Town Car, igualzinho ao que afundou junto com o navio Titanic. O luxuoso sedan 4 portas foi comercializado pela Renault entre 1912 e 1933 e foi o meio de transporte oficial de Wenceslau Braz durante seu mandato como chefe do Executivo.

Renault que afundou com o Titanic também fez parte dos carros usados por presidentes do Brasil (Imagem: Mariegriffiths/Wikimedia Commons/CC)
Renault que afundou com o Titanic também fez parte dos carros usados por presidentes do Brasil (Imagem: Mariegriffiths/Wikimedia Commons/CC)

3. Packard 1919

O Packard 1919 não foi o mais luxuoso e imponente carro utilizado por um presidente do Brasil, mas ficou marcado na história por um motivo. O modelo foi o primeiro a fazer parte de uma posse presidencial, na cerimônia de Artur da Silva Bernardes, em 1922.

Packard 1919 foi o primeiro carro a conduzir um presidente durante a cerimônia de posse (Imagem: Arquivo/Packard Co)
Packard 1919 foi o primeiro carro a conduzir um presidente durante a cerimônia de posse (Imagem: Arquivo/Packard Co)

4. Lincoln KB Conversível

Antes de deixar o cargo, em 1926, Artur Bernardes teve o privilégio de experimentar o quarto entre os 13 carros usados pelos presidentes do Brasil. Naquela época, a frota já estava em poder de diferentes modelos Lincoln, novinhos em folha, até então os mais imponentes entre todos os que já haviam passado pelos chefes de Estado.

O KB Conversível, mais marcante deles, também teve capítulos especiais como carro presidencial durante os governos de Washington Luís e Getúlio Vargas. O carro tinha sob o capô um potente motor V12 e ficou marcado por ser usado também na posse do presidente Eurico Gaspar Dutra, o Marechal Dutra, em 1946.

Lincoln KB conversível teve bons momentos junto aos presidentes do Brasil (Imagem: Rmhermen/Wikipedia/CC)
Lincoln KB conversível teve bons momentos junto aos presidentes do Brasil (Imagem: Rmhermen/Wikipedia/CC)

5. Cadillac Derham

O Cadillac, embora seja um dos carros de luxo mais badalados e cobiçados do mundo, teve um breve e não muito feliz capítulo na vida dos presidentes do Brasil.

A história conta que o modelo conversível e equipado com câmbio automático apresentou falhas ao tentar subir a rampa do Palácio Tiradentes, durante a posse de Getúlio Vargas, em 1951, e foi descartado na sequência.

6. Rolls-Royce Silver Wraith

O sexto entre os 13 carros usados pelos presidentes do Brasil é o modelo que, até hoje, faz parte da cerimônia de posse. Estamos falando do Rolls-Royce Silver Wraith, que superou a concorrência da GM e da Ford para, em 1952, passar a integrar a frota presidencial oficial.

O governo brasileiro importou duas unidades do Silver Wraith, ambas na cor preta e com estribos reforçados para carregar os seguranças do presidente. Uma no estilo limusine, totalmente fechada, e outra conversível. O modelo é tão suntuoso que foi utilizado até pela Rainha Elizabeth II em uma visita ao Brasil.

Rolls-Royce Silver Wraith segue utilizado nas cerimônias de posse (Imagem: Thiago Melo/Blog do Planalto)
Rolls-Royce Silver Wraith segue utilizado nas cerimônias de posse (Imagem: Thiago Melo/Blog do Planalto)

7. Willys Itamaraty Executivo

Escolhido pelo presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, o Willys Itamaraty Executivo levou à frota uma nova tendência de luxo e sofisticação, com a inserção de acessórios como bancos em couro e ar-condicionado.

Foi ele, também, o primeiro carro nacional a transportar presidentes da República e utilizado nas posses de Costa e Silva, Médici e Ernesto Geisel.

Presidente Castello Branco era fã do Willys Itamaraty Executivo (Imagem: Renzo Maia/Wikipedia/CC)
Presidente Castello Branco era fã do Willys Itamaraty Executivo (Imagem: Renzo Maia/Wikipedia/CC)

8. Ford Landau / Galaxie

A era dos carros nacionais teve sequência com dois modelos Ford bastante similares e que, por isso, integram a seleção do Canaltech em um mesmo item: o Landau e o Galaxie. A dupla fez parte da trajetória dos presidentes João Batista Figueiredo e José Sarney.

Os sedans tinham como principais atrativos, além do possante motor, o câmbio automático de 3 velocidades, comandos internos nos retrovisores e, claro, muito luxo nos acabamentos internos.

9. Lincoln Town Car

O nono entre os 13 carros usados por presidentes do Brasil foi o Lincoln Town Car. Ele foi emprestado pela Ford quando Fernando Collor assumiu o posto, já que ele se referia aos carros nacionais como “carroças” e, portanto, não os utilizaria em sua frota.

O Town Car emprestado pela Ford ao governo para uso do presidente da República era equipado com injeção eletrônica, freios ABS e sensores que ligavam automaticamente os faróis ao escurecer - recurso comum atualmente, mas que era um avanço tecnológico para a época.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

10. Chevrolet Opala Diplomata

Depois do impeachment de Collor, Itamar Franco assumiu a presidência e, com ele, voltaram à cena os carros nacionais. O chefe de Estado costumava realizar seus passeios a bordo de um Chevrolet Opala Diplomata SE, que tinha sob o capô um motor 3.8 de 6 cilindros.

Chevrolet Diplomata era utilizado por Itamar Franco na presidência (Imagem: Divulgação/Chevrolet)
Chevrolet Diplomata era utilizado por Itamar Franco na presidência (Imagem: Divulgação/Chevrolet)

11. Chevrolet Omega

A General Motors continuou como montadora escolhida pelos presidentes quando Fernando Henrique Cardoso deu início ao primeiro de seus dois mandatos, em 1994. O carro escolhido foi um Omega de fabricação nacional, posteriormente trocado pelos australianos produzidos pela Holden.

O modelo contava com algumas modificações em relação ao original de fábrica - suporte para as bandeiras nos para-lamas, blindagem e radiocomunicador para contato com os outros veículos da comitiva.

Omega em versão holandesa acompanhou o presidente FHC (Imagem: John Vergari/Divulgação, Presidência da República)
Omega em versão holandesa acompanhou o presidente FHC (Imagem: John Vergari/Divulgação, Presidência da República)

12. Ford Edge

O penúltimo em nossa lista de 13 carros usados pelos presidentes do Brasil é o Ford Edge. O SUV foi o escolhido pela presidente Dilma Rousseff para uso pessoal e também de seu comboio.

No total, eram 12 veículos do modelo, 10 deles blindados. O Ford Edge foi fabricado no Canadá e contava com um motor 3.5 V6 movido a gasolina.

Frota da presidente Dilma contava com 12 Ford Edge, 10 deles blindados (Imagem: Divulgação/Ford)
Frota da presidente Dilma contava com 12 Ford Edge, 10 deles blindados (Imagem: Divulgação/Ford)

13. Ford Fusion e Ford Fusion Hybrid

Vamos fechar a relação dos carros presidenciais com mais um representante da montadora de origem estadunidense. Ou melhor: dois. O Ford Fusion fez parte da frota presidencial em duas versões durante o governo Lula, uma tradicional, a combustão, e outra mais “verde”, com motorização híbrida.

Além disso, o carro acompanhou o presidente Jair Bolsonaro durante o governo iniciado em 2018, logicamente com um modelo 0 quilômetro cedido pela marca. O mandatário, que se despediu do cargo dia 1º de janeiro de 2023, rodou com a versão Hybrid Titanium, que combinava um motor elétrico com um propulsor a combustão.

Ford Fusion acompanhou Lula em 2008 e Bolsonaro em seu mandato (Imagem: Marcos Correa/Divulgação, Presidência da República)
Ford Fusion acompanhou Lula em 2008 e Bolsonaro em seu mandato (Imagem: Marcos Correa/Divulgação, Presidência da República)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: