Mercado abrirá em 5 h 41 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,89
    +0,45 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.777,50
    +11,80 (+0,67%)
     
  • BTC-USD

    62.286,36
    -56,33 (-0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.454,36
    +2,72 (+0,19%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.719,32
    +309,57 (+1,22%)
     
  • NIKKEI

    29.222,48
    +197,02 (+0,68%)
     
  • NASDAQ

    15.311,75
    +21,25 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4135
    +0,0220 (+0,34%)
     

11 perguntas para fazer antes de aceitar um job remoto

·4 minuto de leitura

Começar um trabalho remoto é difícil. Com todo mundo atrás das telas dos computadores, não fica claro quem é quem, quem está trabalhando com o quê, onde ficam armazenados os arquivos importantes, como as coisas costumam funcionar e, o mais importante, o que se espera dos novos funcionários. Essa falta de clareza pode ser um desafio sim, mas como aprendi ao entrevistar mais de 500 profissionais, ela também pode se tornar uma oportunidade.

Esse território desconhecido, com expectativas ainda não definidas, dá aos novos funcionários uma chance de se destacar e de mostrar como estão ávidos pelo sucesso. Para ajudá-los a ter êxito em seu novo trabalho, esbocei algumas perguntas que novos funcionários podem fazer aos seus chefes. Depois de esclarecer cada uma, você compreenderá melhor seu novo local de trabalho.

1.“O que significa ter sucesso na minha função? Pelo que sou responsável?”

Fazer essa pergunta significa que você está atento e que fará o que os outros esperam que você faça.

2.“O que esperam que eu seja capaz de fazer no final do primeiro mês, dos três primeiros meses e dos seis primeiros meses?”

Mesmo que seu chefe não diga, ele tem uma expectativa do quão rápido ele quer que você entre no ritmo. Saber o que ele espera te ajuda a se manter acima das expectativas.

3.“A quem devo me reportar diariamente?”

Se você tiver vários chefes, pergunte: “Como devo distribuir meu tempo entre você e o outro superior?”. Isso evita que algum colega presuma que você está trabalhando exclusivamente com ele — e te sobrecarregue.

4.“Como deve ser a nossa colaboração diária e semanal?”

Chefes diferentes têm expectativas diferentes. Em caso de dúvida, tente perguntar: “Seria útil fazermos algum tipo de reunião periódica?” seguido por “O que é mais conveniente semanalmente? E quinzenalmente?”

5.“O que seus melhores funcionários fazem que você sugeriria que eu também fizesse para facilitar as coisas?”

Essa pergunta pode ajudá-lo não apenas a entender o estilo de trabalho do seu gerente, mas também a mostrar que você está ansioso para aprender — e ansioso para fazer

6.“Quem trabalhou neste projeto antes de mim? Você pode me apresentar a ele(s)?”

É estressante herdar o trabalho de alguém e não conhecer seus métodos e práticas. Um bate-papo de 30 minutos com seu antecessor (se ele ainda estiver por perto) pode te poupar 30 horas de dor de cabeça.

7.“A quais pastas devo ter acesso — e quais arquivos/templates devo revisar e usar?”

Conhecer as pastas às quais você deve prestar atenção e os templates que você deve usar para o seu trabalho pode, mais uma vez, poupar horas de dor de cabeça.

8.“Seria possível compartilhar a agenda das próximas reuniões das quais eu deveria participar?”

É importante ser visto e ouvido quando você é novo — e você só pode ser visto e ouvido se estiver presente. Se você não perguntar, pode ser esquecido e perder reuniões em que as pessoas esperam que você esteja.

9.“Existem prazos ou eventos futuros dos quais devo estar ciente ou nos quais posso ajudar?”

Você pode ter prazos antes mesmo de começar a trabalhar, especialmente se estiver substituindo outra pessoa. Saber quais são pode ajudá-lo a evitar confusão no último minuto ou perder algum prazo.

10.“Existe um organograma atualizado ou lista dos funcionários atuantes que eu possa consultar?”

Saber quem se reporta a quem – e quem faz o quê – pode ajudá-lo a se ajustar melhor à política do seu novo trabalho, bem como a descobrir mais efetivamente a quem recorrer e para quê.

11.“Como é o processo habitual de determinada coisa?”

Cada equipe tem sua própria maneira de fazer as coisas. Mostrar interesse em como as coisas são feitas já desde o começo da sua atuação pode lhe render o capital político necessário para mudá-las mais tarde.

Bons chefes, apesar das melhores intenções de prepará-lo para o sucesso, podem agir com indiferença quando seu próprio superior os convoca para uma reunião em cima da hora. Nesses casos, seu local de trabalho favorece aqueles que são proativos. Portanto, se você não encontrar ninguém que possa ajudá-lo, assuma o controle da situação e seja você mesmo a sua própria ajuda.

O post 11 perguntas para fazer antes de aceitar um job remoto apareceu primeiro em Fast Company Brasil | O Futuro dos Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos