Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,34
    +0,19 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.812,00
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    39.799,30
    +1.357,82 (+3,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    981,48
    +54,71 (+5,90%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.529,71
    +103,16 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    27.631,03
    +46,95 (+0,17%)
     
  • NASDAQ

    15.096,50
    +23,00 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1451
    +0,0268 (+0,44%)
     

10 problemas que podem surgir se você não dormir bem

·4 minuto de leitura

Já sabemos que uma boa noite de sono é de suma importância. Mas você sabe o que acontece com o seu corpo quando você dorme mal? Pesquisadores ao redor do mundo já se dedicaram a responder essa pergunta.

10 - Danos na pele

Especialistas já chegaram a fazer um estudo com um grupo de pessoas entre 30 e 50 anos, avaliando seus hábitos de sono e o reflexo disso nas condições de sua pele. Os resultados da análise revelaram que os participantes que dormiram pouco tinham mais linhas finas, rugas, cor de pele irregular e flacidez acentuada da pele. Os participantes que não conseguiam dormir bem também estavam mais insatisfeitos com sua aparência do que aqueles que conseguiram descansar bem.

9 - Risco de acidentes

Enquanto isso, a National Sleep Foundation constatou que as pessoas têm três vezes mais probabilidade de se envolver em um acidente de carro se dormirem 6 horas ou menos horas por noite. Segundo essa análise, os mais suscetíveis ​​são trabalhadores em turnos, motoristas comerciais, viajantes a negócios e qualquer outra pessoa que trabalhe em horas extras ou em horários diferenciados. O estudo ainda orienta a pensar duas vezes antes de tomar o volante, se não estiver dormindo o suficiente.

8 - Esquecimento

(Imagem: Fakurian Design/Unsplash)
(Imagem: Fakurian Design/Unsplash)

De acordo com os especialistas, o sono é fundamental para o processo de consolidação das coisas que aprendemos no cérebro. Isso quer dizer que precisamos de descanso adequado para armazenar novas informações na memória. De acordo com alguns estudos, a falta de sono pode torná-lo mais esquecido. Além disso, há um número crescente de pesquisas indicando que o sono tem um impacto no aprendizado e na memória.

7 - Aumento de peso

Segundo um estudo hospedado na plataforma SpringerLink, a falta de sono pode causar perda de peso. Esse estudo examinou a relação entre sono e peso em 21.469 participantes com mais de 20 anos de idade. As pessoas que dormiam menos de 5 horas por noite durante o período de três anos do estudo eram mais propensas a ganhar peso e eventualmente se tornar obesas. Aqueles que dormiram entre 7 e 8 horas se saíram melhor na escala.

6 - Diminuição da libido

Já um estudo publicado no JAMA Network aponta que não dormir o suficiente pode reduzir seu desejo sexual. A análise aponta que os jovens que perderam o sono durante o período de uma semana mostraram uma diminuição nos níveis de testosterona. Dormir 5 ou menos horas reduziu os níveis de hormônio sexual em cerca de 10% a 15%. Os homens também relataram que seu humor geral e vigor diminuíam a cada noite consecutiva de descanso interrompido.

5 - Risco de diabetes

Outro risco relacionado com o sono é o de desenvolver diabetes. Pesquisadores examinaram dez estudos e concluíram que as pessoas que não dormem o suficiente aumentam o risco de desenvolver a doença em questão na idade adulta. Segundo essa pesquisa, o período de descanso ideal para evitar problemas de insulina que podem levar ao diabetes é de 7 a 8 horas.

4 - Problemas cognitivos

Outro alerta é que perder noites de sono pode levar a alguns problemas importantes de cognição. Em um estudo publicado pela Experimental Brain Research, um grupo de 18 homens recebeu uma tarefa para ser concluída. A primeira tarefa foi concluída após uma noite inteira de sono. A próxima tarefa foi concluída após pular uma noite de sono. As funções cerebrais, incluindo memória, decisões, raciocínio e resolução de problemas pioraram, junto com o tempo de reação e o estado de alerta.

3 - Risco de câncer

Segundo a American Academy of Sleep Medicine (AASM), o sono de curta duração está associado a taxas mais altas de câncer de mama, câncer colorretal e câncer de próstata. Por outro lado, homens e mulheres que dormiram 7 ou mais horas por noite tiveram as melhores taxas de mortalidade do grupo de participantes analisados pela academia.

2 - Problemas no coração

(Imagem: Alexandru Acea/Unsplash)
(Imagem: Alexandru Acea/Unsplash)

De acordo com um estudo publicado no European Heart Journal, os sonos de curta duração (menos de 5 horas por noite) mostraram ter um impacto negativo na saúde do coração. O estudo levanta alerta para um risco maior de doença arterial coronariana (DAC), resultado da obstrução das artérias coronárias, ou seja, os vasos sanguíneos que irrigam o músculo do coração.

1 - Incapacidade de deter doenças

Por fim, perder o sono pode prejudicar a capacidade que o seu corpo tem de lutar contra doenças, o que abre as portas de entrada para doenças diversas. Os pesquisadores chegaram a apontar uma relação recíproca entre o sono e o sistema imunológico.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos