Mercado fechado

10 melhores séries de investigação no Globoplay

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Poucas coisas são tão divertidas quanto uma boa história policial. É por isso que existem tantas séries de investigação de investigação por aí e boa parte delas bem longevas. Desvendar um crime, elucidar um mistério ou simplesmente capturar aquele criminoso perigoso que está à solta por aí é a fórmula que manteve a TV por muito tempo — e que a gente adora.

Se você é fã desse estilo de trama, a boa notícia é que o Globoplay traz uma infinidade de produções do gênero. Das clássicas histórias de Dick Wolf, criador da franquia Law & Order, aos novos seriados que tentam dar novas abordagens a esse universo policial, não faltam opções para quem quer bancar o detetive.

10. Psych: Agentes Especiais

Começamos nossa lista por um nome bem mais leve e que mistura essa pegada policial com um pouco de comédia. Isso porque Psych: Agentes Especiais traz um consultor que ajuda a polícia tão na base da lábia e do charlatanismo que todo mundo acha que ele tem algum tipo de habilidade psíquica ou sobrenatural que o ajuda a desvendar os crimes que ninguém mais consegue.

É uma dinâmica bem diferente das demais séries que vamos ver ainda nesta lista e que, por isso mesmo, chama mais a atenção. Só que o bom humor não deixa de lado o bom mistério e aquele senso de urgência de que é preciso descobrir o que está acontecendo antes que o criminoso escape impune.

9. Magnum P.I.

Tudo bem que o remake não chega perto do charme de Tom Selleck e seu bigode da versão original de 1980, mas a adaptação moderna da história também funciona muito bem, principalmente ao inserir o icônico personagem no contexto atual. Assim, temos Thomas Magnum sendo retratado como um ex-oficial da Marinha que, depois de voltar do Afeganistão, usa o conhecimento adquirido no campo de batalha para trabalhar como investigador particular no Havaí.

O interessante aqui está no modo como a trama costura esse passado do personagem ligado à guerra com casos mais cotidianos, trabalhando bem as marcas que um conflito dessas proporções deixa nas pessoas. Tanto que alguns dos mistérios que ele precisa resolver dialogam bem com essa sua experiência em combate, assim como as próprias histórias paralelas dos episódios.

8. Rookie Blue

Você vai reparar que, em todas essas séries policiais, tudo gira em torno de policiais veteranos e com uma enorme bagagem de combate ao crime. Mas como funciona esse trabalho para quem está começando agora na vida policial? É o que Rookie Blue apresenta.

A série foca em um grupo de agentes recém-saídos da Academia de Polícia de Toronto e que tentam provar seu valor nas ruas. Nem sempre conseguem e até arruinam grandes operações que estão em andamento, mas a graça é ver todo o crescimento deles até se tornarem os grandes heróis que a gente conhece bem. É mais ou menos o Grey's Anatomy na delegacia.

7. Chicago P.D.: Distrito 21

Chicago P.D. é uma daquelas séries bem tradicionais dentro desse universo de histórias investigativas. Criada pelo mesmo Dick Wolf que definiu o gênero com Law & Order, ela mostra o dia a dia dentro de uma delegacia e o trabalho dos detetives para combater o crime organizado, tráfico de drogas, assassinatos e outros crimes.

E embora pareça ser uma descrição um tanto quanto genérica, é aí que está o grande segredo de Wolf na hora de construir suas histórias. Assim como em outras de suas produções, o charme do seriado é a relação entre os policiais, seus dramas pessoais e como esses casos vão impactar a pessoa por trás do distintivo. É simples, mas muito viciante.

6. FBI: Internacional

Outra produção de Dick Wolf. Desta vez, ele foca sua atenção em uma divisão do FBI dedicada apenas a investigações internacionais em missões para proteger (e, às vezes, prender) americanos espalhados pelo mundo. E é isso que difere FBI: Internacional de outras séries policiais que vemos aqui, pois foge da lógica do crime do dia.

A grande tensão de cada episódio é apresentar grandes casos que mereçam a atenção da agência ao mesmo tempo em que cria um roteiro que explora bem as particularidade de cada país envolvido, o que cria situações bem particulares e que foge bastante do padrão das delegacias comuns. De grandes roubos de criptomoedas a tramas políticas no Leste Europeu, o seriado traz novos ares para o gênero, ainda que com um DNA bem conhecido.

5. S.W.A.T. – Força de Intervenção

Se o FBI está mais focado em investigações e grandes operações, a S.W.A.T. é pé na porta e “mãos ao alto, pessoal”. E Força de Intervenção trabalha bem essa lógica ao mostrar o dia a dia da força de elite da polícia americana atuando na gigantesca e sempre complicada Los Angeles.

E o grande ponto de tensão dessa história está quando o tenente Dan Harrelson (Shemar Moore) é escolhido para comandar a unidade de combate ao crime justamente na comunidade em que cresceu. Assim, ele precisa se dividir entre as suas próprias origens nas ruas e a lealdade ao seu esquadrão para fazer o que é certo.

4. The Equalizer: A Protetora

Como já vimos em algumas das séries citadas nessa lista, uma fórmula bastante comum em séries de investigação é o ex-agente que usa seu conjunto muito particular de habilidades para se tornar policial ou investigador particular. E com The Equalizer: A Protetora não é muito diferente, mas com um único porém: ela faz isso tudo por conta própria.

Robin McCall (Queen Latifah) é uma ex-agente da CIA que volta para sua vizinhança e passa a ajudar os moradores graças a essa experiência que ela carrega — o que a torna uma espécie de super-heroína do mundo real. Assim, ela passa a ajudar mães em busca de filhos desaparecidos ou a provar a inocência de algum adolescente acusado de assassinato.

3. FBI

Citamos FBI: Internacional, mas a série é apenas um spin-off dentro desse universo policial muito mais amplo criado por Dick Wolf. E antes de os agentes irem correr o mundo atrás de criminosos, eles precisam resolver problemas dentro dos próprios Estados Unidos — e é isso que a FBI original aborda.

E, nesse caso, não há mistério. O FBI já é uma entidade no imaginário da cultura pop como o grande responsável por grandes investigações federais e a série se apoia muito bem nisso para apresentar grandes e mirabolantes casos que somente essa equipe altamente treinada é capaz de resolver. De corrupção a crimes de ódio, passando por terrorismo e ataques de serial killer, é a série policial em sua melhor forma e em grande escala.

2. NCIS

NCIS é uma daquelas séries que dispensam apresentação. Afinal, se a gente está consumindo histórias policiais até hoje, é porque ela foi uma das responsáveis por renovar o gênero no início dos anos 2000. Tanto que deu origem a uma série de spin-offs e outras séries derivadas que seguiam a mesma fórmula de “equipe usando tecnologia de ponta para resolver crimes impossíveis”.

O mais curioso de tudo é que, ao contrário de CSI, NCIS parte de uma premissa muito específica: investigar crimes relacionados à marinha. A proposta inicial é resolver assassinato de militares e ameaças a bases navais e, mesmo assim, conseguiu fazer um sucesso estrondoso a ponto de garantir mais de 20 temporadas.

1. Law & Order: Special Victims Unit

Só que não dá para falar de série de investigação e longevidade sem citar Law & Order. A franquia como um todo é a obra máxima de Dick Wolf e, com Special Victims Unit, ele parece ter refinado a fórmula ao seu melhor. Afinal, são 23 anos no ar e sempre rendendo boas histórias.

O foco aqui é a Unidade de Vítimas Especiais (SVU, na sigla em inglês), focada em atender ocorrências de crimes hediondos, principalmente de natureza sexual. Isso faz com que as histórias sejam muito pesadas, ainda que a história saiba trabalhar esses temas de forma bastante responsável e mostrando como cada história impacta e envolve cada um dos agentes.

Mais uma vez, o foco aqui são os policiais e o dia a dia dentro da unidade, trabalhando seus dramas e explorando suas personalidades a partir de cada uma das investigações. E por mais indigesto que alguns casos possam ser, nada é gratuito ou apelativo. Acima de tudo, é uma grande história.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos