Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    18.942,94
    +48,42 (+0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

10 melhores produtos gamers para a Black Friday

Felipe Demartini
·10 minuto de leitura

A Black Friday 2020 chega com uma antecipação ainda maior do que o normal. Afinal de contas, quem não gosta de descontos? Mas com a chegada de uma nova geração de vídeo games, bem como as altas nos preços de produtos eletrônicos desde o começo da pandemia, a temporada de descontos ganhou uma importância e expectativa adicionais, podendo, muito bem, representar a oportunidade para quem está querendo dar uma melhorada no setup desde o começo do ano.

Além do PlayStation 5 e do Xbox Series X | S, porém, temos também uma nova geração de placas de vídeo chegando ao mercado. O altíssimo poder de processamento oferecido pela nova leva da Nvidia acaba servindo para os entusiastas que buscam o melhor e, também, esperam baixas nos preços de modelos mais básicos.

Tem para todo mundo e nossa tarefa, aqui, é ajudar. Por isso, confira 10 indicações de produtos gamers interessantes para ficar de olho e comprar na Black Friday de 2020. Oficialmente, ela acontece no dia 27 de novembro, mas como sabemos bem, as ofertas podem começar semanas antes.

10. Xbox Series X | S

O console mais poderoso da nova geração chega ao Brasil na mesma data de seu lançamento nos Estados Unidos e outros países do mundo. Em 10 de novembro, nosso país recebe a plataforma da Microsoft, que chega apoiada na força de seu amplo catálogo de retrocompatibilidade, rodando games das três eras passadas de consoles, juntamente com o Game Pass, serviço que sempre definimos como a Netflix dos games, já que oferece centenas de jogos a partir de um único pagamento de assinatura.

O valor oficial para o Brasil é de R$ 4.599, mas ele pode apresentar pequenas reduções durante a Black Friday 2020, já que esse movimento aconteceu antes mesmo disso, durante a pré-venda do console. Cashbacks, ofertas à vista ou no boleto podem ajudar aqueles que querem investir no aparelho neste lançamento, com a temporada de ofertas podendo ser uma boa oportunidade.

Aqueles com bolsos menos fundos ou menor disposição para gastar podem optar também pelo Xbox Series S, a opção de entrada, que custa R$ 2.799. A diferença, aqui, está no poder de processamento menor e na ausência do drive de mídia física. O console, também, pode estar sujeito às pequenas quedas de preço da Black Friday 2020, por isso, é uma boa ficar de olho nos grandes varejistas nacionais.

9. PlayStation 5

Do outro lado da moeda da nova geração está a Sony, com duas opções de consoles mais parecidas entre si. O PlayStation 5 chega ao Brasil em 19 de novembro custando R$ 4.999 pela versão integral ou R$ 4.499 pela edição digital, que deixa de lado o drive de disco, mas traz exatamente o mesmo hardware e recursos do irmão maior.

Com exclusivos como o remake de Demon’s Souls e Sackboy: A Big Adventure, além de retrocompatibilidade com a maior parte dos jogos do PS4, o novo console da Sony segue o mesmo caminho do rival, podendo ter reduções pequenas, mas significativas, na forma de descontos para pagamento à vista e cashbacks. Vale a pena ficar de olho e ser rápido no clique para garantir boas ofertas quando elas aparecerem.

8. Placas de vídeo RTX (ou opções mais modestas)

<em>A RTX 3080 é uma das GPUs de topo de linha da NVIDIA, ditando as tecnologias da nova geração de games (Imagem: Divulgação/NVIDIA)</em>
A RTX 3080 é uma das GPUs de topo de linha da NVIDIA, ditando as tecnologias da nova geração de games (Imagem: Divulgação/NVIDIA)

A nova geração de consoles é, também, uma nova era de games que aproveitam tecnologias de iluminação e processamento de imagens que transformarão os gráficos daqui em diante. Nomes como Ray Tracing, por exemplo, passarão a fazer parte do vocabulário de quem joga daqui em diante, e tudo isso também pode ser aproveitado no PC.

A chegada das GPUs da série RTX 3000, da Nvidia, representando o topo de linha atual da marca, deve movimentar o mercado nacional, com valores entre R$ 6 mil e R$ 8,5 mil. E para a Black Friday, isso significa possíveis reduções em modelos da família anterior, a 20, que saem de R$ 3 mil a R$ 4 mil e também trazem os elementos de iluminação e processamento avançado que a nova era de jogos eletrônicos deve proporcionar.

Além disso, a popularidade de versões menores, como a GeForce GTX 1060, deve continuar sendo um foco de atenção. A placa ainda é a mais utilizada da Steam, o que faz com que os desenvolvedores ainda desejem dar amplo suporte a ela, que é mais barata e, com descontos, pode se tornar uma opção interessante para quem quer jogar ou montar uma máquina sem gastar tanto. Dependendo da fabricante, dá para encontrar a GPU por cerca de R$ 1 mil, e quem sabe, aproveitar alguns descontos na Black Friday.

7. Mouses e teclados

<em>Teclados mecânicos e mouses gamers podem melhorar a performande dos jogadores nos títulos competitivos (Imagem: Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Teclados mecânicos e mouses gamers podem melhorar a performande dos jogadores nos títulos competitivos (Imagem: Felipe Demartini/Canaltech)

Quando se fala da jogatina nos PCs, é difícil não se lembrar do cenário competitivo próspero dessa plataforma. Afinal de contas, nenhuma das celebridades dos eSports chegou lá jogando em teclados e mouses genéricos, mas sim, com a ajuda da precisão e controle dos acessórios de marcas como Razer e HyperX, por exemplo.

Acessórios costumam ter grandes reduções de preço na Black Friday, mas encontrar a oportunidade exige atenção. Vale a pena ficar de olho, também, nos modelos populares como o teclado Redragon Kumara, cujo preço varia entre R$ 250 e R$ 350, ou o mouse Pulsefire Surge, da HyperX, que sai por carca de R$ 300, que podem servir como opções para quem procura acessórios intermediários.

6. TVs e monitores para aproveitar tudo isso

<em>O AOC G2260VWQ6 pode ser uma boa opção de monitor de entrada para quem não quer gastar tanto, mas procura uma taxa de atualização mais rápida (Imagem: Divulgação/AOC)</em>
O AOC G2260VWQ6 pode ser uma boa opção de monitor de entrada para quem não quer gastar tanto, mas procura uma taxa de atualização mais rápida (Imagem: Divulgação/AOC)

Aproveitar o potencial da nova geração de consoles e jogos não se resume, apenas a adquirir tais plataformas. Com as fabricantes falando em resoluções de até 8K e taxas de atualização de 120 quadros por segundos, telas que possam aproveitar tudo isso também se tornam essenciais. É claro, sua antiga TV 1080p vai funcionar, mas se você quiser mais, pode ser o momento de pensar em uma atualização.

Modelos de peso como a televisão LG 55CX, por exemplo, são opções para o ponto de destaque da sala, entregando a qualidade de imagem adequada para quem quer aproveitar o máximo dos consoles por um valor que gira em torno dos R$ 5,5 mil. Nos PCs, opções mais modestas como o AOC G2260VWQ6 podem ser alternativas para quem não deseja gastar tanto, mas também não quer abrir mão da qualidade. O preço médio é de R$ 800.

5. Entrando ao vivo

<em>Webcams da Logitech oferecem imagens em 1080p e microfone integrado, sendo uma opção barata e completa para criadores de conteúdo (Imagem: Divulgação/Logitech)</em>
Webcams da Logitech oferecem imagens em 1080p e microfone integrado, sendo uma opção barata e completa para criadores de conteúdo (Imagem: Divulgação/Logitech)

Quem gosta de games, normalmente, curte conteúdo sobre jogos. E muitos desejam fazer o salto para o outro lado da produção, ainda mais durante a quarentena, em que as lives se tornaram uma grande fonte de entretenimento para muita gente, na busca por um substituto para shows e interações ao vivo.

Com um console de nova geração, já dá para transmitir suas jogatinas ao vivo, mas quem deseja dar uma incrementada pode fazer isso do PC, com direito a facecam e demais recursos que estão disponíveis apenas nestas plataformas. Os valores de câmeras e acessórios aumentaram na onda do home office, mas fique de olho em modelos da Logitech, como a C922 (cerca de R$ 650) ou a C920 (aproximadamente R$ 500), que também possuem microfones integrados para que sejam o único equipamento extra que você vai precisar.

4. Falando com clareza

<em>O Quadcast, da HyperX, tem botões físicos para diferentes formatos de captação e regulagem de ganho de acordo com os ruídos do ambiente (Imagem: Wagner Wakka/Canaltech)</em>
O Quadcast, da HyperX, tem botões físicos para diferentes formatos de captação e regulagem de ganho de acordo com os ruídos do ambiente (Imagem: Wagner Wakka/Canaltech)

Aqueles que quiserem ir ainda mais além, porém, podem investir em um microfone de qualidade e, no mercado atual, poucas opções são tão versáteis para o criador de conteúdo quanto o Quadcast, da HyperX. O preço é salgado, variando na casa dos R$ 1.400 com aquele incremento trazido pela pandemia, mas a qualidade e as opções compensam.

A ideia do microfone é atender tanto a quem grava podcasts quanto aqueles que fazem transmissões ao vivo de diferentes tipos, seja com games ou ASMR, por exemplo. O acessório tem seletores físicos para diferentes tipos de captação sonora e também um controle de ganho na parte debaixo, que permite ajustar o nível de sensibilidade de acordo com o nível de ruído do ambiente. A versão mais recente do produto, o Quadcast S, ainda trocou a tradicional luz vermelha por uma versão RGB, que também pode ser apagada caso a iluminação esteja quebrando o clima.

3. Ouvidos atentos

<em>O headset sem fio Pulse 3D, da Sony, chega ao Brasil junto com o lançamento do PlayStation 5 no país (Imagem: Divulgação/Sony)</em>
O headset sem fio Pulse 3D, da Sony, chega ao Brasil junto com o lançamento do PlayStation 5 no país (Imagem: Divulgação/Sony)

Ainda no campo dos acessórios sonoros, precisamos falar sobre os headsets, também fundamentais em qualquer setup gamer que se preze. As opções com cabo USB ou P2 funcionam no PS4, Xbox One e Switch, além do PC e também serão compatíveis com os consoles de nova geração, permitindo que os usuários falem e escutem o áudio dos games com clareza e qualidade melhor que os alto-falantes de uma televisão, por exemplo.

No campo dos que se preocupam com o custo, são opções para se ficar de olho o HyperX Cloud Alpha, em diferentes opções de cores de acordo com plataformas e edições especiais lançadas, com valores em torno dos R$ 700, ou ir direto para as cabeças com o Sony Pulse 3D. O modelo wireless que custa R$ 599 e está sendo lançado no Brasil junto com o PS5 tem áudio tridimensional e dois microfones com cancelamento de ruído, além de tecnologias voltadas especificamente para os jogos eletrônicos.

2. Ergonomia e conforto

<em>Cadeiras gamer de entrada já possuem o suporte lombar e a ergonomia necessárias para as longas horas de jogatina (Imagem: Divulgação/CT)</em>
Cadeiras gamer de entrada já possuem o suporte lombar e a ergonomia necessárias para as longas horas de jogatina (Imagem: Divulgação/CT)

Os bons assentos desse segmento são essenciais para as longas horas que passaremos à frente de nossos consoles e PCs. Garantir uma posição correta anatomicamente é essencial para preservar as costas e a lombar, com os modelos da categoria indo além de, apenas, oferecerem cores e designs diferentes.

Por isso, vamos repetir aqui a dica do ano passado e citar a Tank, da DXRacer, como uma boa opção na faixa dos R$ 3 mil. Ela aparece entre os modelos mais caros da categoria, mas tem vários ajustes de inclinação e rodinhas resistentes, garantindo durabilidade. Quem preferir um modelo de entrada pode procurar as opções oferecidas pela OEX ou DPX, mais baratas e provavelmente não tão duráveis, mas também adequadas e confortáveis para os momentos de jogo. Elas variam de R$ 600 a R$ 900.

1. Recarregando as baterias

<em>Xbox Series X | S chega com nova versão do Charge and Play Kit, a bateria recarregável para o controle do console (Imagem: Divulgação/Microsoft)</em>
Xbox Series X | S chega com nova versão do Charge and Play Kit, a bateria recarregável para o controle do console (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Ninguém quer começar a jogar e ser surpreendido com a notícia de que o joystick está descarregado. Tanto os consoles da atual geração quanto os da próxima vêm com diferentes opções de energia e autonomia para os controles, com a ideia, sempre, sendo garantir que os acessórios estejam prontos no momento em que o usuário também estiver.

No Xbox Series X e S, vale a pena investir no Charge and Play Kit, a bateria recarregável extra que é vendida separadamente pela Microsoft. O modelo da nova geração ainda não foi anunciado oficialmente no Brasil, mas os do Xbox One também funcionam no novo console e custam cerca de R$ 250 – fique atento, porém, já que os acessórios têm entrada micro-USB, enquanto o joystick da nova plataforma é USB-c. Isso significa que você precisará de um cabo extra compatível para recarregar a bateria nele, ou então, recorrer a um controle anterior para fazer isso.

No PS5 e Switch, bases de recarga são boas opções para manter Joy-cons e DualSenses carregados para a hora da jogatina. A HyperX, por exemplo, oferece boas opções que variam em torno dos R$ 150 e deve manter a carga na nova era de plataformas.

Quer mais promoções? Conheça o Canaltech Ofertas

Cansado de gastar várias horas para encontrar preços baixos na internet? Então chegou a hora de conhecer o Canaltech Ofertas, nosso serviço que seleciona apenas as melhores promoções das lojas online. Pronto para economizar? Você pode acompanhar os descontos no grupo de WhatsApp ou no site oficial:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: