Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.717,94
    -517,82 (-0,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.445,22
    +637,01 (+1,33%)
     
  • PETROLEO CRU

    94,25
    +2,32 (+2,52%)
     
  • OURO

    1.803,40
    -10,30 (-0,57%)
     
  • BTC-USD

    24.113,78
    +426,21 (+1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    571,42
    -3,33 (-0,58%)
     
  • S&P500

    4.207,27
    -2,97 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    33.336,67
    +27,16 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.465,91
    -41,20 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    20.082,43
    +471,59 (+2,40%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.334,50
    -57,50 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3238
    +0,0774 (+1,48%)
     

10 melhores lugares para "visitar" debaixo d'água usando o Google Maps

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Google Maps permite a você "viajar" para os lugares mais inóspitos da Terra sem sair de casa, mas com ele você também pode visitar lugares embaixo d'água. Estas imagens não só mostram lugares de difícil acesso pessoalmente, mas destacam os ecossistemas marinhos, mostrando a importância de se proteger a vida marinha.

Confira os 10 lugares mais legais debaixo d'água no Google Maps:

10. Baleias-jubarte, Ilhas Cook

Durante a estação de migração que ocorre entres os meses de julho e outubro, as baleias-jubarte costumam ir para as Ilhas Cook — que contam com águas mais quentes — para acasalar, descansar e dar à luz os seus filhotes. Nesta localização é possível explorar o mar das Ilhas Cook e ver as baleias bem de perto.

Baleias-jubarte, Ilhas Cook (Captura de tela: Munique Shih)
Baleias-jubarte, Ilhas Cook (Captura de tela: Munique Shih)

9. Vida marinha, Pedras Secas

Pedras Secas é uma região localizada próxima à ilha de Fernando de Noronha que conta com uma paisagem formada por cardumes de peixes, tubarões, tartarugas, moreias, lagostas, esponjas e recifes de corais.

Vida marinha, Pedras Secas (Captura de tela: Munique Shih)
Vida marinha, Pedras Secas (Captura de tela: Munique Shih)

8. Parrot Cay, Ilhas Turcas e Caicos

A ilha de Parrot Cay faz parte das Ilhas Turcas e Caicos formada por um arquipélago de 40 ilhas baixas de corais no Oceano Atlântico, um território transoceânico britânico a sudeste das Bahamas.

Parrot Cay, Ilhas Turcas e Caicos (Captura de tela: Munique Shih)
Parrot Cay, Ilhas Turcas e Caicos (Captura de tela: Munique Shih)

7. Parque Jacques Cousteau, Ilhas Guadalupe

A reserva submarina de Jaques Cousteau está localizada no coração do Mar do Caribe, onde a temperatura média é em torno de 26 °C e consiste em mais de 1 mil hectares de fundo do mar. O parque conta com recifes de corais, peixes tropicais, tartarugas-verdes, lagostas, moréias, cavalos-marinhos e golfinhos.

Parque Jacques Cousteau, Ilhas Guadalupe (Captura de tela: Munique Shih)
Parque Jacques Cousteau, Ilhas Guadalupe (Captura de tela: Munique Shih)

6. Arraias, Ilha de Komodo

A Ilha de Komodo fica localizada na Indonésia e é famosa por ser o habitat do temido dragão-de-comodo. A região tem cerca de 390 km² de área e cerca de dois mil habitantes.

Arraias, Ilha de Komodo (Captura de tela: Munique Shih)
Arraias, Ilha de Komodo (Captura de tela: Munique Shih)

5. Ilha Wilson

A Ilha Wilson fica próxima a Austrália e é considerada um santuário importante de tartarugas e pássaros. O espaço é cercado por um coral de areias brancas e coberto por uma floresta de pisônias.

Ilhas Wilson (Captura de tela: Munique Shih)
Ilhas Wilson (Captura de tela: Munique Shih)

4. Leões-marinhos, Ilhas Galápagos

O leão-marinho de Galápagos é uma espécie encontrada nas águas das Ilhas Galápagos, no Equador. Ele é muito sociável e uma das espécies mais numerosas do arquipélago. As Ilhas Galápagos são consideradas um dos destinos mais procurados do mundo para observação de vida selvagem.

Leões Marinhos, Ilhas Galápagos (Captura de tela: Munique Shih)
Leões Marinhos, Ilhas Galápagos (Captura de tela: Munique Shih)

3. Cratera Molokini, Havaí

A Cratera Molokini é o resultado de uma erupção vulcânica ocorrida há cerca de 230.000 anos. Desde então, Molokini virou um atol (pequena ilha) bastante conhecido em forma de lua crescente. A Cratera Molokini tem servido como um lugar rico em vida marinha, aves e um destino turístico.

Cratera Molokini, Havaí (Captura de tela: Munique Shih)
Cratera Molokini, Havaí (Captura de tela: Munique Shih)

2. Ilhas Maldivas

As Ilhas Maldivas são uma nação tropical no Oceano Índico, ao sul da Ásia e ao sudoeste do Sri Lanka e da Índia. O espaço é formado por 26 atóis em formato de anel e compostos por mais de mil ilhas de coral. As Maldivas são conhecidas por ser o país com a altitude mais baixa de todas nações do globo, com 2,3 metros acima do mar nas áreas mais altas (que respondem a 1% do território), enquanto a média fica em torno de 1,5 metros.

Ilhas Maldivas (Captura de tela: Munique Shih)
Ilhas Maldivas (Captura de tela: Munique Shih)

1. Tubarões-Lixa, Magic Point de Sydney, Austrália

Magic Point é um acidente geográfico em Maroubra, na Austrália. O local fica a cerca de 10 km ao sul do distrito comercial central de Sydney, além de ser conhecido como uma região para observação de aves marinhas e um popular local de mergulho e importante para a proteção dos tubarões-lixa.

Tubarões-Lixa, Magic Point de Sydney, Austrália (Captura de tela: Munique Shih)
Tubarões-Lixa, Magic Point de Sydney, Austrália (Captura de tela: Munique Shih)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos