Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.376,08
    +148,48 (+0,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

10 filmes e séries de roubo a banco para assistir na Netflix

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·8 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os filmes de assalto sempre foram um dos queridinhos do cinema. A ideia de um grupo de foras da lei é algo que fascina desde os primórdios da Sétima Arte, quando acompanhávamos história de ladrões em seus cavalos tentando saquear um trem pagador. Os métodos mudaram, os alvos também, mas o espírito contestador dessas histórias permanece o mesmo.

Afinal, existe algo catártico nesse tipo de trama. Quem nunca quis dar o troco ao banco depois de tanto tempo sendo sacaneado por ele? E se isso é impensável no mundo real, os filmes e séries servem como uma ótima válvula de escape para a gente se divertir com essa possibilidade.

Até porque os heist movies, como são chamados os filmes de roubo a banco, costumam ser muito inventivos, com planos mirabolantes, personagens carismáticos e muitas reviravoltas. É uma fórmula tão versátil que é fácil entender por que vem sendo usada há tanto tempo. E, para a nossa sorte, a Netflix tem um bom número de tramas assim.

Conheça alguns dos melhores filmes e séries de roubo a banco que você precisa assistir na Netflix.

10. Army of the Dead: Invasão em Las Vegas

Pode não parecer, mas Army of the Dead é um filme de assalto que segue a fórmula clássica à risca: temos um grupo improvável de bandidos com habilidades bem específicas, um plano ousado e beirando à loucura e uma corrida contra o tempo para conseguir colocar a mão em milhões de dólares. A grande diferença é que, ao invés da polícia, do FBI ou de qualquer outra ameaça que possa arruinar o plano, o filme de Zack Snyder traz zumbis como esse perigo iminente aos heróis.

E essa pequena mudança é o suficiente para trazer novos ares e deixar o frenesi e a loucura do plano ainda mais intensos, já que qualquer erro é literalmente fatal. De quebra, temos diversos personagens carismáticos que fazem com que acompanhar cada etapa do assalto seja mais divertido que o anterior.

9. O Maior Assalto

Série colombiana recria o assalto ocorrido no país em 1994 (Imagem: Divulgação/Netflix)
Série colombiana recria o assalto ocorrido no país em 1994 (Imagem: Divulgação/Netflix)

O sucesso de La Casa de Papel reacendeu o interesse das pessoas por histórias de assalto e também dos estúdios no mundo todo, que perceberam que esse tipo de trama é universal e que funciona muito bem em qualquer idioma. E O Maior Assalto é fruto dessa popularização, trazendo o roubo a banco para a América Latina.

A grande diferença é que, enquanto a maior parte dessas histórias são ficcionais, a minissérie colombiana se apoia em um caso real. Em 1994, um grupo invadiu o Banco Central da Colômbia e conduziu o assalto que chegou a ficar conhecido pela maior quantia já roubada no mundo, levando o equivalente a mais de US$ 33 milhões de dólares na época.

Com apenas seis episódios, a trama se concentra mais na ação do que nos dramas e no vai e vem do plano, mas é uma ótima amostra de que aquilo que os gringos chamam de fantasia é só mais uma terã-feira aqui no nosso canto do globo.

8. 211: O Grande Assalto

Vamos combinar que os heist movies recentes não se empenharam muito em ter nomes criativos e 211: O Grande Assalto não foge a essa regra. Porém, estamos falando de um filme estrelado por Nicholas Cage e isso é sempre motivo de atenção, para o bem ou para o mal.

Brincadeiras à parte, O Grande Assalto chama a atenção por mudar a perspectiva dentro desse gênero tão tradicional. Ao invés de mostrar mais uma vez o grupo tentando executar o plano, temos outro clássico narrativo sendo explorado: o policial prestes a se aposentar que precisa encarar uma última missão que pode custar a sua vida.

No caso, Cage vive esse policial veterano que precisa parar um grupo de ex-agentes que decidiram roubar um banco. Assim, ele precisa impedi-los ao mesmo tempo em que tenta manter todo mundo que está preso na linha de tiro a salvo.

7. Exército de Ladrões: Invasão da Europa

Depois do sucesso de Army of the Dead, era óbvio que Zack Snyder e a Netflix iriam explorar a fórmula e os personagens de outras formas. E foi assim que nasceu Exército de Ladrões: Invasão da Europa, um misto de spin-off com prequel do longa de zumbis focado no personagem Ludwig (Matthias Schweighöfer), o arrombador de cofres do longa original.

E a estrutura aqui é basicamente a mesma de Army of the Dead: o rapaz é um nerd aficionado por cofres e, por isso, é chamado para ingressar um grupo improvável de ladrões que querem realizar uma série de assaltos em bancos da Europa e vencer a segurança de cofres considerados lendários.

O que difere Exército de Ladrões do filme de zumbis e até de outras produções do gênero é a excentricidade de seu protagonista. Ludwig é quase um personagem de desenho animado, o que traz uma leveza à trama e que faz com que acompanhar o plano todo seja muito mais divertido.

6. 3 Tonelada$: Assalto ao Banco Central

Mais uma vez, o Brasil mostra que a ficção dos gringos é a nossa realidade. Não por acaso, em meio a vários filmes e séries que imaginam como seria um assalto ao Banco Central de um país, 3 Tonelada$: Assalto ao Banco Central é um documentário que relata como isso realmente aconteceu por aqui.

A narrativa é centrada em reconstruir o grande assalto que fez com que, em 2005, um grupo de ladrões conseguisse roubar nada menos do que R$ 160 milhões de uma unidade do Banco Central em Fortaleza, no Ceará. Para isso, não precisaram de disfarces, planos mirabolantes e nem nada do tipo. Eles fizeram isso à moda antiga: cavando um buraco.

É tão absurdo que parece um filme ruim, mas aconteceu bem aqui e conferir relatos de pessoas que participaram das investigações é fascinante justamente por mostrar que o brasileiro não está para brincadeira mesmo.

5. Drive

Estrelado por Ryan Gosling, Drive dá o holofote para um personagem que é fundamental em qualquer grande assalto a banco e que é quase sempre negligenciado nesses filmes: o piloto de fuga.

O personagem de Gosling é um motorista que divide a vida entre dublê de cinema e motorista de criminosos. Só que as coisas obviamente dão muito errado quando o coração fala mais alto que a razão e ele decide ajudar o marido da vizinha a fazer um último roubo para quitar suas dívidas com criminosos e o assalto a banco dá errado, colocando todo mundo à sua volta em perigo.

4. O Plano Perfeito

Como você pode ter percebido até aqui, os filmes de assalto geralmente se apoiam em um dos lados da trama, seja dos bandidos ou da polícia. E o que torna O Plano Perfeito tão icônico dentro do estilo é o fato de equilibrar a narrativa entre essas duas forças.

Tudo começa quando quatro homens vestidos de pintores invadem um banco no centro de Manhattan e fazem todos de reféns. Ao mesmo tempo, dois detetives chegam ao local para tentar controlar a situação e negociar com os criminosos — e é a partir da tensão em torno da negociação que a coisa se desenrola.

O grande charme do filme é a dinâmica do criminoso Russel (Clive Owen) com o detetive Frazier (Denzel Washington). Embora o policial seja muito capaz e sempre com um bom plano em mente, o bandido parece estar sempre um passo à frente. E esse intenso jogo de gato e rato é posto em xeque quando uma terceira figura entra em cena.

3. La Casa de Papel

Mas não tem como falarmos de histórias de assalto a banco sem citar o grande responsável por trazer o gênero de volta ao estrelato. A espanhola La Casa de Papel chegou à Netflix e pegou todo mundo de surpresa com um ritmo acelerado, uma trama envolvente e personagens para lá de carismáticos.

Adicione a essa equação o ótimo plano e as reviravoltas que a história toma, misturando justamente esse carisma cativante e diversas traições, fazendo com que seja difícil até mesmo escolher um lado para torcer — afinal, se tem uma coisa que o cinema e a TV nos ensinou é que não existe honra entre ladrões.

2. Baby Driver - Em Ritmo de Fuga

Mais um filme que dá destaque para o piloto de fuga de assaltos a banco. A diferença é que Baby Driver: Em Ritmo de Fuga conta com todo o charme da direção de Edgar Wright, que mistura o tom frenético dessas perseguições com uma trilha sonora incrível — e tudo milimetricamente sincronizado para deixar cada curva mais empolgante.

E a história também é muito boa, trazendo a tentativa desse piloto de tentar deixar a vida de crime após encontrar a mulher da sua vida e sendo confrontado com o fato de que, uma vez que você entra para esse mundo perigoso, não há como sair dele.

1. A Qualquer Custo

Lembra quando falamos que um dos segredos do heist movie é a catarse de ver alguém sacaneando o banco? Pois é justamente esse sentimento de vingança que norteia A Qualquer Custo, longa indicado a quatro Oscars e que é uma mistura de filme de assalto com um faroeste moderno.

E a premissa não poderia ser mais incrível: dois irmãos passam a fazer uma série de assaltos a banco no oeste dos Estados Unidos. Só que eles miram em uma única instituição, que é justamente aquela que está ameaçando tomar as suas terras por causa de uma dívida. Então a ideia é saquear suas agências pelo país para “devolver” o dinheiro e quitar aquilo que eles devem. É ou não é catártico?

É claro que as coisas não se limitam a isso e o longa ainda explora muito bem a relação entre os dois irmãos, seus demônios e as consequências de embarcarem nesse plano louco.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos