Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.046,54
    -272,23 (-1,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

1° carro da Sony deve gerar faturamento com filmes e games

Vision-S 02 e Visio-S são os carros conceito da Sony (Foto: Sony | Divulgação)
Vision-S 02 e Visio-S são os carros conceito da Sony (Foto: Sony | Divulgação)
  • Empresa decidiu investir no mercado de veículos elétricos

  • Produtos podem ser integrados com serviços de assinatura

  • Condução autônoma poderia permitir o consumo de filmes e games no trânsito

A Sony quer revolucionar o setor automobilístico para atrair as novas gerações. O primeiro carro da marca apostará em filmes e videogames para chamar a atenção do público.

Kenichiro Yoshida, presidente-executivo da empresa, disse que o o mercado de carros mudará cada vez mais para um modelo de serviço em que os clientes pagam regularmente por downloads de software e entretenimento.

Para justificar a escolha da fabricante, o executivo apontou o exemplo da Tesla, que cobra US$ 10 por mês por melhor conectividade em seus veículos e pelo menos US$ 99 mensalmente pela direção autônoma.

Ele explicou que “está mudando para EVs e, ao mesmo tempo, eles serão conectados a uma rede, então eles estão sendo transformados em um produto de tecnologia”.

Para explicar como funcionaria, o presidente-executivo fez uma analogia com o negócio PlayStation da Sony. Além de vender o hardware PlayStation 5, tem um produto de assinatura com serviços multijogador e jogos para download. No primeiro trimestre deste ano, a plataforma tinha 47,4 milhões de assinantes.

Essa pode ser uma forma de chamar a atenção na área dos carros elétricos, que ganha cada vez mais concorrentes, como o Mercedes-Benz Group e o Lucid Group Inc.

No momento, a capacidade dos motoristas consumirem a produtos audiovisuais, como filmes e games, ainda é limitada pela necessidade de manter os olhos no trânsito.

Contudo, com a esperança da criação de uma direção completamente autônoma, é esperado que os condutores possam usar o momento de locomoção para consumir conteúdos e se distrair com games.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos