Mercado fechará em 4 h 47 min
  • BOVESPA

    109.350,11
    -2.189,69 (-1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.009,69
    +327,50 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,79
    +1,04 (+1,74%)
     
  • OURO

    1.709,00
    -24,60 (-1,42%)
     
  • BTC-USD

    50.945,33
    +1.733,81 (+3,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.018,15
    +30,05 (+3,04%)
     
  • S&P500

    3.843,41
    -26,88 (-0,69%)
     
  • DOW JONES

    31.358,03
    -33,49 (-0,11%)
     
  • FTSE

    6.633,30
    +19,55 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.896,00
    -159,25 (-1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9179
    +0,0558 (+0,81%)
     

1,4 milhão de pessoas não movimentaram os recursos do auxílio emergencial

LUCA CASTILHO
·2 minuto de leitura
RECIFE, PE, 02.02.2020 - AUXÍLIO-EMERGÊNCIAL - Ministério da Economia estuda nova fase de implementação do auxílio emergencial. O foco é liberar uma nova fase de pagamentos do beneficio somente para quem necessita entre os trabalhadores informais. (Foto: Lidianne Andrade/MyPhoto Press/Folhapress)
RECIFE, PE, 02.02.2020 - AUXÍLIO-EMERGÊNCIAL - Ministério da Economia estuda nova fase de implementação do auxílio emergencial. O foco é liberar uma nova fase de pagamentos do beneficio somente para quem necessita entre os trabalhadores informais. (Foto: Lidianne Andrade/MyPhoto Press/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O calendário de saques auxílio emergencial chegou ao fim no último dia 27, mas, segundo o Ministério da Cidadania, 1,4 milhão de pessoas não movimentaram os recursos do benefício dentro do prazo de validade definido no decreto nº 10.316/2020. Foram devolvidos aos cofres da União recursos da ordem de R$ 1,3 bilhão, informa o órgão.

O decreto estabelece que o período de validade da parcela do auxílio emergencial é de 90 dias, contados a partir da liberação da verba, segundo o calendário de pagamentos do benefício. Já para quem faz parte do programa Bolsa Família e tem direito ao auxílio extensão, esse prazo é de 270 dias. Caso o beneficiário não mexa na conta nesse intervalo , o dinheiro já pode ser devolvido pelo banco aos cofres da União.

Para verificação da movimentação dos recursos, o prazo é considerado a partir da data do crédito de cada parcela na conta poupança social digital aberta em nome do trabalhador. O beneficiário deve fazer alguma movimentação financeira de qualquer valor dentro do prazo definido, ou seja, não é necessário utilizar todo o valor do benefício creditado.

Criado para combater os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus, o auxílio emergencial foi sendo creditado antes na poupança digital, aberta sem tarifa na Caixa Econômica Federal, cuja movimentação é feita pelo aplicativo Caixa Tem. Em todas as etapas, os saques em dinheiro foram sendo liberados somente após o recurso ficar disponível para transações no aplicativo.

É possível pagar boletos e realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, nas maquininhas débito. Também dá para pagar contas de água, luz, telefone e gás pelo aplicativo ou nas lotéricas, com a opção "Pagar na Lotérica", do Caixa Tem.

Ainda é possível ir até o banco retirar os valores ou fazer o saque nas lotéricas, além dos correspondentes bancários Caixa Aqui. É liberado também realizar transferência para outros bancos e sacar o dinheiro direto do caixa eletrônico de sua instituição bancária, sem precisar ir até uma agência da Caixa.