Mercado abrirá em 53 mins
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,97
    -0,34 (-0,64%)
     
  • OURO

    1.870,20
    +3,70 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    32.670,59
    -831,51 (-2,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    647,22
    -53,40 (-7,62%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.747,11
    +6,72 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.352,50
    +58,25 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4219
    +0,0139 (+0,22%)
     

Ônibus de Curitiba aceitarão pagamento por aproximação e terão biometria facial

Felipe Autran
·2 minuto de leitura

A cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná, deu início ao processo de instalação de novos validadores de passagens nos ônibus e estações-tubo do munícipio. Com a mudança, será possível pagar pelos bilhetes de transporte público com cartão de crédito ou até mesmo usando o celular, através da tecnologia NFC.

O pagamento funcionará por aproximação, assim como acontece na maioria das maquininhas presentes em estabelecimentos físicos, não sendo necessário digitar a senha para completar a transação. Qualquer objeto ou dispositivo compatível com o NFC deve funcionar com o novo sistema, incluindo cartões de débito e crédito, relógios inteligentes e celulares. No caso dos smartphones, o pagamento pode ser feito através dos aplicativos Samsung Pay, Android Pay ou Apple Pay.

A mudança segue uma tendência vista em outras capitais brasileiras, como São Paulo, que implementaram soluções parecidas. Uma vantagem desse sistema é que ele facilita a implementação da integração temporal — quando o usuário desce de um ônibus e sobe em outro para continuar o trajeto sem pagar nada a mais por isso, desde que essa mudança seja feita em um intervalo de tempo definido pela administração local.

Foto: Luiz Costa/SMCS
Foto: Luiz Costa/SMCS

Biometria facial

Outra novidade é a implementação de biometria facial nos validadores para identificar passageiros com direito à gratuidade. Segundo a URBS, autarquia municipal responsável pelo sistema de transporte da cidade, a máquina vai tirar três fotos da pessoa que passar um cartão que dá direito à passagem gratuita. Essas imagens serão processadas e comparadas com as fotos disponíveis no sistema para confirmar se é realmente o dono do cartão que está tentando usar o benefício. Em Curitiba, a isenção vale para idosos e para pessoas com deficiência ou outras patologias crônicas.

De acordo com a URBS, a expectativa é que as novidades estejam disponíveis em 120 dias, quando mais de 2 mil equipamentos terão sido instalados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: