Mercado fechado

Ômicron testa programa da Tailândia que dispensa quarentena

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- O programa da Tailândia que dispensa a quarentena para turistas vacinados de mais de 60 jurisdições é observado de perto depois que o governo registrou dezenas de casos da ômicron importados.

Most Read from Bloomberg

O ministro da Saúde, Anutin Charnvirakul, disse na segunda-feira que o ministério pode propor um retorno ao sistema anterior de exigir uma a duas semanas de quarentena para turistas depois que o governo identificou 63 casos da ômicron e mais 20 aguardam resultados. Todos, exceto um, são casos importados.

“Podemos precisar a usar a Sandbox (programa de reabertura do governo) e medidas alternativas de quarentena novamente e cancelar o ‘teste e siga em frente’ por enquanto”, disse Anutin em entrevista na TV. O primeiro-ministro Prayuth Chan-Ocha instruiu o Ministério da Saúde a intensificar a triagem, mas disse que quaisquer medidas para evitar um surto da ômicron não devem afetar as metas de turismo em 2022.

Uma suspensão ou cancelamento da entrada sem quarentena para viajantes vacinados ameaçaria a recuperação preliminar da Tailândia, que depende do turismo, onde o governo prevê que até 15 milhões de turistas em 2022 podem gerar receitas de até 1,8 trilhão de bahts (US$ 53,8 bilhões). Na semana passada, o Banco Mundial alertou que a reimposição das restrições a viagens poderia levar a uma retração econômica de 0,3% no próximo ano, em vez do crescimento projetado de 3,9%.

Na segunda-feira, o número de casos de coronavírus no país caiu para o menor nível em seis meses, com a delta ainda como cepa dominante.

“Mesmo se exigirmos testes RT-PCR tanto nas partidas quanto nas chegadas, a nova variante ainda pode entrar”, disse Anutin. “Precisamos usar medidas preventivas. Não podemos deixar a situação continuar assim, caso contrário, a variante pode se espalhar.”

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos