Mercado abrirá em 5 h 33 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,94
    -0,17 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.775,90
    -0,80 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    23.391,88
    -935,15 (-3,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    555,96
    -16,85 (-2,94%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.503,61
    -12,14 (-0,16%)
     
  • HANG SENG

    19.700,97
    -221,48 (-1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.435,50
    -57,75 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2473
    -0,0119 (-0,23%)
     

Ômicron: subvariante BA.5 causa mais reinfecções, aponta estudo

As subvariantes da Ômicron vêm causando preocupação entre os especialistas, principalmente a BA.5, recentemente associada a um número maior de reinfecções, conforme aponta um estudo publicado na plataforma MedRxiv. Com isso, mais pessoas estão pegando Covid-19 pela segunda ou até terceira vez.

Segundo o estudo, realizado no Catar, pacientes infectados por Covid-19 antes da chegada da variante Ômicron tinham apenas 15% de proteção contra uma reinfecção que causava sintomas durante a onda BA.5. No entanto, a proteção contra uma infecção passada por uma variante Omicron foi cerca de 76%.

Em paralelo, uma empresa de sequenciamento genético chamada Helix apontou que a BA.5 é responsável por cerca de 80% das novas infecções por Covid-19 nos EUA. Segundo um relatório da empresa, a parcela de reinfecções quase dobrou de 3,6% durante a onda BA.2 em maio para 6,4% durante a onda BA.5, em julho.

O relatório também estima que o intervalo entre a infecção e a reinfecção não diminuíram com o avançar da subvariante. Embora isso não signifique que não haja casos recentes em que as pessoas tiveram novos surtos de covid-19 com apenas algumas semanas de intervalo, esses casos não representam a maior parte do cenário.

Ômicron: subvariante BA.5 causa mais reinfecções, aponta estudo (Imagem: Abdelrahman_El-masry/Envato)
Ômicron: subvariante BA.5 causa mais reinfecções, aponta estudo (Imagem: Abdelrahman_El-masry/Envato)

De qualquer forma, os autores do estudo comentam que, estatisticamente falando, é mais provável que um paciente seja reinfectado quanto mais tempo se passar desde sua última infecção.

Já o estudo do Catar sugere que aueles que foram infectados com uma variante pré-Omicron agora têm proteção realmente limitada contra a infecção de BA.4 ou BA.5, então não podem realmente contar com a imunidade natural para protegê-los. Aqueles que foram infectados mais recentemente com uma variante Ômicron têm uma imunidade boa, mas não imunidade total, contra a reinfecção.

Recentemente, estudos do Beth Israel Deaconess Medical Center, da Harvard Medical School, e da Columbia University, respectivamente, apontaram que as subvariantes da Ômicron BA.4 e BA.5 conseguem escapar melhor dos anticorpos de pessoas vacinadas, incluindo as doses de reforço.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos