Mercado abrirá em 6 h 4 min
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,54
    -0,81 (-0,93%)
     
  • OURO

    1.812,10
    -17,60 (-0,96%)
     
  • BTC-USD

    36.009,46
    -1.756,02 (-4,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    819,94
    -35,88 (-4,19%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    23.670,63
    -619,27 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    26.203,05
    -808,28 (-2,99%)
     
  • NASDAQ

    13.934,00
    -224,50 (-1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0937
    -0,0127 (-0,21%)
     

Ômicron se dissemina 70 vezes mais rápido que Delta, segundo secretário do Rio

·1 min de leitura

Os especialistas já imaginavam que a Ômicron pode ser o vírus de mais rápida propagação da história, e nesta segunda-feira (10) o secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, reforçou a teoria ao afirmar que a variante recém-descoberta se dissemina 70 vezes mais rápido que a Delta.

"A gente está com uma nova variante, o que muda completamente o cenário epidemiológico da cidade. A gente sabe que a Ômicron se dissemina 70 vezes mais rápido que a Delta, mas o comportamento dela é diferente nas pessoas que se vacinaram e nas pessoas que não se vacinaram", ponderou o secretário, diante da perspectiva do carnaval de 2022.

Segundo Soranz, no último domingo (9), aconteceu a internação de 13 pacientes: 11 que não tomaram nenhuma dose da vacina contra a covid-19 e dois que tomaram apenas a primeira dose. O secretário refletiu sobre a baixa quantidade de pessoas completamente vacinadas que acabam precisando de hospitalização.

Ômicron dissemina 70 vezes mais rápido que a Delta, segundo secretário do Rio (Imagem: photocreo/Envato)
Ômicron dissemina 70 vezes mais rápido que a Delta, segundo secretário do Rio (Imagem: photocreo/Envato)

A estratégia do secretário municipal de saúde é vacinar um grupo cada vez maior. "Temos uma preocupação muito grande de como essa variante vai se comportar na nossa população. Nossa principal estratégia agora é ampliar a cobertura vacinal. Precisamos ampliar a dose de reforço e a vacinação em quem não tomou nenhuma dose ou em quem ainda está com o esquema vacinal incompleto", informou.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos