Mercado fechará em 4 h 54 min
  • BOVESPA

    111.828,78
    +1.625,01 (+1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.104,39
    +213,80 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,89
    +1,29 (+1,51%)
     
  • OURO

    1.843,30
    -9,20 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    38.309,63
    +1.860,50 (+5,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    880,47
    +59,88 (+7,30%)
     
  • S&P500

    4.356,45
    -53,68 (-1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.297,73
    -66,77 (-0,19%)
     
  • FTSE

    7.509,56
    +138,10 (+1,87%)
     
  • HANG SENG

    24.289,90
    +46,29 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    27.011,33
    -120,01 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    14.443,25
    +302,50 (+2,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1282
    -0,0239 (-0,39%)
     

Ômicron avança no Brasil e já integra 31% dos casos de covid

·2 min de leitura

Faz pouco mais de um mês que a Anvisa confirmou os primeiros casos da variante Ômicron no Brasil. Nesse tempo, como os especialistas já alertavam, a cepa se alastrou, de modo que atualmente representa cerca de 31,7% dos casos de covid-19 no país, de acordo com um monitoramento divulgado pelo Instituto Todos pela Saúde (ITpS) na última quarta (29).

O ITpS afirma que, dos 16 estados que enviaram amostras, 8 tiveram casos confirmados da variante no período entre 1º e 25 de dezembro. A pesquisa se baseia em 30,4 mil resultados de amostras enviados pelos laboratórios DB Molecular e Dasa. Dentre as amostras estudadas, 640 deram positivo para covid-19. Dessas, 203 envolvem a Ômicron.

Segundo o artigo, o índice de resultados positivos para a doença foi considerado baixo (2,1%), o que pode ser visto com um olhar otimista, no que diz respeito à situação da covid-19 no país. Mas esse otimismo não se aplica ao cenário quando colocamos a Ômicron na mesa, levando em consideração a alteração na prevalência da variante.

Por enquanto, conforme observam os especialistas, a média ainda pode ser considerada aceitável, mas não foi sempre assim: a variante já atingiu 40% em alguns dias, e o caso mais preocupante foi em 25 de dezembro, quando chegou a 70%.

Ômicron avança no Brasil e já integra 31% dos casos de covid do país (Imagem: kjpargeter/Freepik)
Ômicron avança no Brasil e já integra 31% dos casos de covid do país (Imagem: kjpargeter/Freepik)

"Os dados que apresentamos aqui foram obtidos por meio de um teste RT-PCR especial (Thermo Fisher), disponível principalmente na rede privada. Apesar dos vieses inerentes à amostragem, a crescente detecção de casos prováveis de Ômicron nos serve de alerta", escreve o Instituto em sua conta do Twitter.

"Por ser uma variante muito transmissível e com grande potencial de escape imunológico, enquanto ainda entendemos o impacto que a Ômicron poderá gerar no Brasil, em especial em meio a uma epidemia de gripe, monitorar a disseminação desses vírus por meio de testagem é essencial", acrescenta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos