Mercado abrirá em 5 h 15 min
  • BOVESPA

    108.651,05
    +248,77 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.241,81
    -113,05 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,73
    -0,77 (-0,85%)
     
  • OURO

    1.806,50
    -5,80 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    22.995,02
    -855,86 (-3,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,26
    -23,09 (-4,14%)
     
  • S&P500

    4.122,47
    -17,59 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    32.774,41
    -58,13 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.483,49
    -4,66 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    19.562,41
    -441,03 (-2,20%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.025,25
    -6,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2525
    +0,0198 (+0,38%)
     

Órigo Energia recebe aporte de R$460 mi da gestora norte-americana Augment

Painéis solares

SÃO PAULO (Reuters) - A Órigo Energia, empresa que atua em geração compartilhada de energia solar no Brasil, anunciou nesta sexta-feira que recebeu um aporte de 460 milhões de reais da gestora norte-americana Augment Infrastructure.

Com o investimento, a Augment se tornou um dos principais acionistas da Órigo, que já tem investidores relevantes, como o fundo TPG ART, a MOV Investimentos e a Mitsui.

Os recursos permitirão à empresa acelerar a construção de fazendas de energia solar, investir em tecnologia e expandir o serviço para novas geografias, disse em nota o CEO da Órigo Energia, Surya Mendonça.

O modelo de negócios da "energytech" envolve a oferta de energia solar por assinatura. Consumidores podem adquirir cotas de energia gerada em fazendas solares, dispensando a necessidade de aquisição ou instalação de painéis solares próprios.

As fazendas solares da Órigo se enquadram na modalidade de geração distribuída compartilhada, com potência de até 5 megawatts (MW).

Atualmente, a empresa tem mais de 150 MWp em projetos solares operacionais em Minas Gerais, Pernambuco e São Paulo, atendendo mais de 50 mil clientes. A previsão é chegar ao final de 2022 com 250 MWp em capacidade instalada e dobrar sua base de clientes.

Até 2024, a Órigo projeta investimentos de 4 bilhões de reais em fazendas solares, chegando a uma potência instalada de 1 gigawatt pico (GWp), para fornecimento de energia a mais de 500 mil clientes das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

(Por Letícia Fucuchima. Edição de Flávia Marreiro.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos