Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    48.735,15
    -688,44 (-1,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,21 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,17 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Órgão de consumidores dos EUA cobra que empresas de tecnologia entreguem dados sobre pagamentos

·1 min de leitura

Por Michelle Price e Katanga Johnson

WASHINGTON (Reuters) - O órgão de vigilância do consumidor dos Estados Unidos disse nesta quinta-feira que exigiu informações de Amazon, Apple, Facebook, Google, PayPal e Square sobre como eles coletam e usam dados de pagamento dos usuários, em uma ação para proteger os consumidores de violações de privacidade, fraude e comportamento anticompetitivo.

O Bureau de Proteção Financeira dos Consumidores (CFPB, na sigla em inglês) disse que também vai estudar as práticas do sistema de pagamento dos gigantes chineses da tecnologia, incluindo Alipay e WeChat Pay. O pedido é o primeiro grande movimento de Rohit Chopra, que assumiu a direção do CFPB este mês.

O CFPB quer informações sobre como as empresas de tecnologia colhem e monetizam os dados de pagamento, incluindo se usam os dados para direcionar comportamentos específicos do consumidor; se as empresas operam quaisquer políticas que restrinjam os comerciantes ou terceiros que os consumidores podem usar; e como os consumidores são protegidos contra violações de privacidade, fraude e outros erros.

Amazon, Apple, Facebook, Google, PayPal, Square e Alipay comentaram o assunto.

Jodie Kelley, presidente-executiva da Electronic Transactions Association, que representa as grandes empresas de tecnologia e outras empresas, disse em um comunicado que a indústria faz de tudo para proteger os dados dos consumidores.

“A indústria de transações digitais tem uma boa história para contar sobre seus esforços para proteger os dados dos consumidores. Esperamos trabalhar com o diretor Chopra e o CFPB neste importante esforço", acrescentou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos