Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.563,21
    -2,47 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,80
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

Índices de Wall Street têm recuperação com impulso de varejo e energia

Operadores trabalham na Bolsa de Nova York, EUA

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos Estados Unidos subiram nesta terça-feira em pregão de volume de negociação reduzido, depois que uma previsão de vendas da varejista norte-americana Best Buy reduziu preocupações de que a inflação elevada levará a uma temporada fraca de compras de fim de ano, enquanto um salto nos preços do petróleo ajudou a elevar as ações de energia.

A Best Buy Co disparou como o nome de melhor desempenho no índice S&P 500, depois que a varejista previu uma queda menor nas vendas anuais do que o anunciado anteriormente e expressou confiança de que um aumento nas promoções e descontos irá atrair mais clientes.

Os ganhos da Best Buy ajudaram a impulsionar o índice de varejo do S&P 500.

Segundo dados preliminares, o S&P 500 ganhou 1,36%, para 4.003,66 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,36%, para 11.174,34 pontos. O Dow Jones subiu 1,18%, para 34.096,22 pontos.

O setor de energia também forneceu apoio e subiu após duas sessões de baixas, depois que a Arábia Saudita disse que a Opep+ manterá os cortes na produção, o que contraria uma reportagem de segunda-feira que dizia que a aliança considerava expandir a produção, que fez com que os preços do petróleo recuassem acentuadamente.

Enquanto investidores continuam tentando avaliar a trajetória das altas dos custos dos empréstimos do Federal Reserve, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, reiterou nesta terça-feira que a redução da inflação continua a ser um ponto crítico para o banco central, um dia depois de apoiar um incremento menor dos juros em dezembro.

A presidente do Fed de Kansas City, Esther George, disse que um mercado de trabalho "mais calmo", com menos rotatividade, poderia reduzir as pressões inflacionárias.