Mercado fechado

Índices da China fecham estáveis com expectativas de mais medidas

XANGAI (Reuters) - Os principais índices acionários da China terminaram praticamente estáveis nesta quinta-feira, com os investidores aguardando mais sinais de estímulo antes de importante reunião do Partido Comunista na próxima semana.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, perdeu 0,01%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,02%.

O Partido Comunista da China vai realizar importante reunião de sua liderança na próxima semana, após um longo atraso incomum desde a última, disse a mídia estatal, no momento em que o país enfrenta questões que vão desde a desaceleração econômica até turbulências em Hong Kong.

No mais recente esforço para conter uma desaceleração econômica mais acentuada, a China disse na quarta-feira que vai implementar novas regras que busca facilitar os negócios.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,55%, a 22.750 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,87%, a 26.797 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,02%, a 2.940 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,01%, a 3.870 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,24%, a 2.085 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,72%, a 11.320 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,78%, a 3.168 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,31%, a 6.693 pontos.


(Reportagem de Luoyan Liu e Andrew Galbraith)